BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

O ESPIRITISMO E O CODIFICADOR




O Espiritismo é uma religião “Revelada” pelos Espíritos Superiores comandados pelo Espírito de Verdade previsto como o Consolador (Paráclito) no evangelho de João caps 14, 16 e17. O primeiro livro básico da Doutrina foi psicografado por crianças-médiuns de 9 a 11 anos de idade, orientadas por Allan Kardec.
È uma religião centrada nos Evangelhos de Jesus, cuja moral é a moral cristã. A base religiosa, entretanto, é a caridade, as encarnações sucessivas como forma de evolução e a comunicação permanente dos espíritos, nas diversas especialidades mediúnicas, como psicografia, pictografia, psicofonia, cura mediúnica, etc.
Os Evangelhos são interpretados pelos espíritas de forma lógica através do raciocínio, uma vez que Deus nos fez inteligentes exatamente para que o conhecimento seja da Fé Raciocinada. Como diz o professor Kardec: “ Fé inabalável é aquela que pode encarar a razão, face a face, em todas as épocas da humanidade”.
Assim, no Espiritismo, não cabem dogmas, pois tudo é centrado na lógica do raciocínio. É a doutrina do Pensamento que é capaz de por si só executar trabalho. Na Doutrina Espírita não existem pastores pois entendemos que o único Pastor é Jesus, nosso Mestre, Espírito muitíssimo evoluído, governador de parte do universo onde se encontra o nosso sistema solar. O Espiritismo se organiza em grupos de estudo, para estudar os evangelhos de Jesus e outras obras da imensa biblioteca espírita.
O codificador do Espiritismo foi Allan Kardec, um cientista, professor e astrofísico francês, nascido na cidade de Lion, sul da França. Homem de invejável inteligência, poliglota que falava cinco idiomas fluentemente desde os seus oito anos de idade. Amigo de outros cientistas, como o também astrofísico Flamarion e amigo do metapsíquico Aksakof um dos iniciadores da parapsicologia. Instruído na Suíça pelo grande pedagogo Pestalozzi, tornou-se Professor Emérito na Universidade de Paris.
Allan Kardec era de um rigor científico significativo, para sua época, e se interessou nos fenômenos das “ mesas girantes e cadeiras falantes “ que , á sua época se tornaram moda nas rodas sociais de Paris.
Ele não ficou só na curiosidade, como todos os outros, passou a estudar essas manifestações e descobriu que tinha que haver uma inteligência por detrás dos fenômenos.
Se deslocou para uma pequena cidade dos Estados Unidos, chamada de Hydesville, para estudar duas crianças que faziam “fenômenos” chamadas Katy e Margareth Fox, de nove e onze anos, filhas de um pastor metodista, e que eram semi-analfabetas. Essas meninas estavam “provocando” o fenômeno das mesas girantes. Kardec passou a estuda-las, e criou um código para “conversar” com as mesas comandadas pelas irmãs Fox. Ele fazia perguntas através do código, obtinha repostas para questões complexas, impossíveis de serem inventadas ou fraudadas por qualquer habitante daquela cidade simples e atrasada.
Nos seus estudos Kardec descobriu que por trás das mesas girante de Hydesville existia uma inteligência. Mais tarde um espírito que se revelou, se autodenominando de Charles Rosna, outrora caixeiro viajante, afirmou que seu corpo estava enterrado naquela casa, havia anos, em um dos cômodos da família Fox. Após escavações, seu esqueleto foi encontrado, junto com seus pertences, que o identificaram, confirmando o seu nome e profissão.
Allan Kardec volta para Paris e na França escolhe, após criteriosa seleção, cinco crianças- médiuns de oito a doze anos, com as quais começa a trabalhar. Uma criança não sabia da existência da outra, moravam em cidades diferentes e eram crianças de famílias simples. Kardec, no seu rigor científico, fazia perguntas iguais para todas e coletava as respostas que coincidiam. Assim foram escritos os cincos livros básicos do Espiritismo sendo o primeiro deles “O Livro dos Espíritos” que versa sobre a doutrina.
Depois surgem, na seqüência, Livro dos Médiuns, sobre a mediunidade; Evangelho Segundo o Espiritismo, que é uma análise clara, objetiva e sem misticismo dos Evangelhos feito pelos Espíritos Superiores; Depois publica o livro Gênesi que é uma apoteose da formação do nosso sistema solar e do nosso planeta; Céu e Inferno é a quarta publicação que remonta leis do Plano Espiritual e finalmente Obras Póstumas, que completa os estudos da nova doutrina. Assim foi codificada a Doutrina Espírita que hoje é considerada a boa nova das religiões cristãs.

Iran Rego
*Médico Cardiologista - espírita

SEGREDOS DA VIDA


Dizem que na vida quem perde o telhado ganha as estrelas. É assim mesmo. Às vezes, você perde o que não queria, mas conquista o que nunca imaginou. Nem tudo depende de um tempo, mas sim de uma atitude. O tempo é como um rio, você jamais tocará na mesma água duas vezes. Aproveite cada minuto de sua vida, não procure pessoas perfeitas, mas sim aquelas que saibam o seu verdadeiro valor. Tenham 4 amores: Deus, a vida, a família e os amigos. Deus porque é o dono da vida, a vida porque é curta, a família porque é única e os amigos porque são raros!

do site Gotas de Paz

PENSAMENTO DE HOJE


Toda união entre as criaturas é essencialmente um reencontro consigo mesmo, uma fusão com aquele do qual nos separamos. 
É uma descoberta de si mesmo nos outros. 

Sri Aurobindo

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A TEMPESTADE DA VIDA


A tempestade não dura a vida inteira.
A dor não lateja o tempo todo.
O sofrimento não tem permissão para nos afligir sem pausa.
Há sempre o intervalo de refrigério.
Os montes estão ao lado dos vales.
Há conforto na dor.
Há consolo no sofrimento.
Há esperança nas lágrimas.
Há refrigério na aflição.
Depois do choro vem a alegria.
Depois da tempestade vem a bonança.
Depois da cruz vem a coroa!
Não se renda ao desespero. Essa tempestade vai passar! O sol vai voltar a brilhar e um Tempo Novo de refrigério virá, da parte de Deus, sobre sua vida.


do site Gotas de Paz

DEUS, SUA INFINITA BONDADE E NOSSA FELICIDADE



Se Deus nos criou com uma sede insaciável de felicidade, é porque o nosso destino, a trancos e barrancos, deve ser mesmo de salvação, a qual, porém, deverá ser num futuro distante, com a evolução do espírito através das reencarnações.
Os líderes religiosos não espíritas detestam a reencarnação, porque eles pregam a nossa salvação ou libertação, mas com a condição de termos que passar por eles, quando essa doutrina nos mostra que a salvação é conseguida por nós mesmos pela nossa evolução espiritual e moral. Quando eles ensinam a verdade, até que eles podem orientar as pessoas para se salvarem. Mas a profissão deles é realmente prejudicada pelo fenômeno da reencarnação.
A nossa evolução moral e espiritual é real, pois até Jesus evoluiu. “Tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos que lhe obedecem” (Hebreus 5: 9). “Até que todos nós cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo” (Efésios 4: 13).
Temos realmente que reencarnar muitas vezes, até chegarmos à estatura moral do nível de aperfeiçoamento de Jesus Cristo. “Diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua dará louvores a Deus.” Isso vai acontecer no futuro com a evolução dos espíritos humanos. “Somos transformados de glória em glória” (2 Coríntios 3:3). “Mesmo que nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia” (2 Coríntios 4: 16). E Jesus fala também na regeneração no futuro. (Mateus 19: 28).
Os teólogos apegam-se muito ao lado material do homem, que veio do pó e ao pó retornará (Eclesiastes 12: 7), deixando em segundo plano o homem espiritual, interior e imortal. E, assim, pregam a ressurreição do espírito, mas para eles, ela tem que ser junto com o corpo, quando a Bíblia diz que a ressurreição é só do espírito (1 Coríntios 15: 44). “Carne e sangue não podem herdar o reino de Deus” (1 Coríntios 15: 50). “Os ressuscitados são como os anjos.” (Mateus 22: 30).
Anjos são espíritos humanos de alto nível de evolução e significam enviados de Deus ou do mundo espiritual para nós, justamente porque são muito evoluídos.
Todos os corpos vêm do pó e para o pó retornam. E a Bíblia não diz que, depois que eles voltam para o pó, eles retornam à vida, pois voltam ao seu pó em definitivo. “Tu és pó e ao pó retornarás” (Gênesis 3: 19). Esse é o destino do homem exterior.
Para os teólogos católicos, enquanto estamos aqui na Terra, nós podemos nos salvar por nós mesmos e por Deus. Morrendo o corpo e indo a alma para o Purgatório, só Deus nos pode ajudar a sairmos de lá. Daí a importância das preces para as almas. Isso é uma exaltação da matéria, da carne, pois só enquanto temos corpo, poderíamos fazer algo para a nossa libertação. No entanto, Jesus disse: “O espírito é o que vivifica; carne e sangue para nada aproveita” (João 6: 63).
Se Deus nos deu capacidade e liberdade para pecarmos; se Deus não é prejudicado com os pecados; se é o espírito que ressuscita; se Deus nos ama com amor infinito; se a misericórdia divina não termina jamais, pois é também infinita; se a nossa evolução espiritual é uma realidade pelas reencarnações; se temos sempre uma sede insaciável de uma felicidade perene e para sempre; se Deus não quer que nenhum de nós se perca (Mateus 18: 14), não vão ser suficientemente tão poderosos os teólogos e os “diabos” para porem em dúvida a nossa salvação!

Iran Rego
Médico Cardiologista – Espírita
Fonte: A Bíblia e o Espiritismo de Reis Chaves

PENSAMENTO DE HOJE


"O tesouro do corpo é mais valioso que o tesouro guardado no cofre, 
e o tesouro acumulado no coração é mais valioso do que o do corpo. 
Portanto, dedique-se em acumular o tesouro do coração." 

Nitiren Daishonin

domingo, 10 de dezembro de 2017

O PODER DA ORAÇÃO


O poder da oração é tão grande e se as pessoas soubessem jamais deixariam de orar. Muitos se alimentam pelo dia todo, ou no mínimo beliscando algo para enganar a sua fome. Para isto se tem tempo suficiente, e se não tem criam.
Alimentar o corpo físico é importante e fundamental para mantermos nossa estrutura ósseo. Mas não podemos negligenciar que precisamos também alimentar a alma. Alguns talvez se perguntam como é possível alimentar a alma?
A resposta é muito simples: Se alimenta a alma pela prece, que é o principal elo de ligação com Deus. Quando tivermos consciência do poder da prece, talvez achamos mais tempo para orar.


do site Gotas de Paz

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO