BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

A LIÇÃO DO SOFRIMENTO


A LIÇÃO DO SOFRIMENTO


O que nos ensina o sofrimento? Como nos comportamos diante das tempestades que nos atingem, os males que nos afligem, as perdas que nos ferem, as doenças que nos limitam? Aceitamos, com resignação, aquilo que não podemos mudar, crescemos em espiritualidade, fortalecemos a nossa fé, ou, pelo contrário, nos revoltamos, nos desesperamos, nos amarguramos e nos tornamos céticos?

A vida nos ensina que o sofrimento é faca de dois gumes: alguns, quanto mais sofrem, como um diamante sendo burilado, crescem em humanidade. Tornam-se mais bondosos, compassivos, tolerantes, solidários. Outros desenvolvem uma revolta surda, silenciosa, que vai minando o seu ser, gangrenando-o.

Não há como evitar o sofrimento. Por mais que sejamos privilegiados em fortuna, em saúde, em inteligência, em beleza, em afeto, em qualquer curva da estrada, ele nos espera. Há até um verso de um poeta brasileiro, cujo nome me falta, no momento, que diz: ”Quem passou pela vida e não sofreu, passou pela vida, não viveu.” Sofrimento é, pois, contingência humana.

Alguns sofrem mais, outros menos. A razão dessa diferença está, talvez, nos planos de Deus para nós. Como os desconhecemos, o sofrimento se torna, tantas vezes, um mistério para nós.

Mas, não é isso o que importa. O importante é como aproveitamos o sofrimento para o nosso crescimento espiritual. Sem a espiritualidade, o que nos resta? Somos apenas um grão de poeira perdido no cosmo ou um pequeno verme, arrastando-se no chão. Sem o desenvolvimento espiritual, só podemos nos entregar aos soluços e gemidos.

Se não permanecemos fundados e firmes na fé em nosso Amado Mestre e inabaláveis na esperança, como podemos levar adiante a vida, cumprindo os compromissos do dia-a-dia e suportando a rotina e a dor? Dentro de nós mora a Força que haverá sempre de nos sustentar. Lembrem-se: “Tudo posso n’Aquele que me fortalece”.

Jamais pensemos, pois, em sofrimento como castigo,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO