BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

MINHA HISTÓरिया COM JESUS


(Quando o Sol de Amor me Encontrou)

Texto de Wagner Borges

Amigo, como falar d’Ele?
Como descrever a paz celeste
na imensidão de um olhar?
Como falar da doçura
de um amor incondicional,
que se revestiu de homem,
para viver entre os homens?
Não, meu amigo.
Só me calo e curvo minha cabeça
e viajo para dentro do coração,
que sente e compreende melhor
aquilo que a mente não sabe.


Contudo, posso falar de como
Ele me encontrou,
no meu momento mais difícil.
Sempre ouvira falar d’Ele
pela boca dos pregadores religiosos,
aos quais eu não suportava,
por não sentir neles a flama espiritual
que aquece o coração
e arrebata o espírito.


Mas eu sempre O respeitei e
procurei aplicar Seus ensinamentos
em minha vida, por minha conta mesmo.
Interpretei suas palavras
pelo que o meu coração sentia
e procurei agir de acordo.
Nem sempre consegui,
mas me esforcei em ser justo e digno
e fiz o melhor possível dentro das condições
que se apresentavam em minha vida.


Vivi muitas dificuldades e injustiças,
mas sempre prezei a integridade de caráter
e jamais traí meu espírito.
E foi exatamente por isso
que um certo grupo
conspirou contra minha vida,
pois eu não concordava
com certas interesses escusos.


Meu amigo, a história dos homens
está cheia de tramóias
e interesses mesquinhos.
Por meio de um estratagema sórdido,
fui atraído para uma cilada
e esfaqueado numa viela escura
e cheia de lixo.


Depois, os meus agressores
atiraram meu corpo
nas águas barrentas de um rio.
Não senti dor na hora,
mas fui tomado de grande decepção
comigo mesmo,
por ter caído nas garras deles.


No momento da estocada fatal,
perdi a consciência e fiquei
num estado de perturbação mental,
como se estivesse suspenso
entre a mente e o mundo.
Vi toda minha vida passar
mentalmente em segundos,
diante de minha surpresa e confusão.
Sabia o que tinha acontecido,
mas fiquei num estado de torpor mental.


Só retomei minha lucidez
quando jogaram meu corpo na água.
Mergulhei atrás dele,
enlouquecido e decepcionado,
mas não consegui chegar nele,
que foi fortemente arrastado
para as profundezas
daquelas águas geladas
e barrentas de um rio da velha Europa.


Quando subi a tona,
vi uma mão estendida para mim.
Segurei-a e tomei impulso para sair da água.
Foi quando me dei conta de que era Ele
o dono daquela mão firme e generosa.
Ele me olhou nos olhos e eu fui preenchido de luz.
Fiquei lúcido, mas do que nunca estivera antes
e sentia ondas de amor viajando dentro do meu ser.


Amigo, renasci naquele momento.
Num átimo, compreendi tudo e aceitei o acontecido.
Então, Ele me disse: “Vem comigo, meu amigo.
É hora de voltar para casa. Não tema!”
E Ele me abraçou, como se abraça o ser mais querido.
E eu mergulhei na luz com Ele, de volta para casa.
Pois foi assim, meu amigo, que conheci Jesus.


Desde então, Ele é a minha inspiração para tudo.
Ele me encontrou, e eu me encontrei!
E é assim que quero deixar registrado entre os homens.
Ele é o grande amigo, que abraça a todos,
sem que os homens o vejam.
Ele é o doce Jesus, meu amigo.


Segura na mão d’Ele e segue...”


(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo,
19 de dezembro de 2007).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO