BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 1 de março de 2010

CONFITEOR


Sou Poeta da agonia
Meu canto não canta a Vida
Meu verso só abrir-me-ia
As minhas próprias feridas !

Foi-se o poeta por este mundo a afora,
foi contente mas como era triste vê-lo
tecendo nos corações cheios de aurora
a escuridao de seus versos lisonjeiros.

Pela estética encantada das meninas
expurgou sua bela e pura inspiração
e o céu da poesia quedou-se em finas
orvalhadas pela perda de um irmão

Por que trocar seu dom de artista ser
em busca de tão tresloucada fama
por meio destes versos que te profanam ?

Responde-me a mente um pouco incerta:
- é o meu cantar à beleza tão aberta ...
Mas é a desventura do nada ser!

Nelson Antônio Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO