BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 9 de junho de 2010

EDUCAÇÃO DA SENSIBILIDADE





Sócratres já usava na sua práxis pedagógica dois métodos que, hoje, mais do que nunca, se mostram verdadeiros e funcionais: a busca do autoconhecimento e a maiêutica, ou seja, o ato de levar a parir. Nesse caso, as potencialidades.
Nós estamos nascendo e morrendo a cada dia porque para crescer e frutificar é necessário que a semente morra. Isto significa que somos um projeto inacabado e de potencial infinito. Assim, é necessário que morram o autoritarismo e a pura masturbação intelectual para que venha à luz tudo que o homem tem de bom em seu inconsciente coletivo.
Estamos, portanto, num vir-a-ser constante, em sinergia com todo o universo, cuja única lei da qual temos certeza absoluta é a da eterna mudança.
Tudo que não muda morre, cristaliza-se e, depois, sua energia se transforma em algo novo e diferente.
Não acredito que aquilo que mais caracteriza o homem seja o seu raciocínio, a sua capacidade de pensar de forma abstrata, hipotética e dedutivamente. Para mim, a característica principal do ser humano reside na sua capacidade de amar, que implica saber cuidar, acolher, perdoar, compadecer-se, ter empatia, ternura, compartilhar, inter-agir, cooperar.
É da sua sensibilidade que nascem as mais belas criações, em qualquer área.
Diz Krishnamurti que: “Para ser inteligente necessitas de extraordinária sensibilidade. Só pode haver sensibilidade quando o corpo é sensível – a maneira de observar, de ver, de sentir.” (1999, p.27).

(trecho de minha obra: Pedagogia da Transgressão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO