BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 30 de abril de 2011

PENSAMENTO DO DIA


O pensar e o sentir não podem ser antagônicos, sendo necessário trabalhar com o coração, numa tessitura que exige um exercício de vivência junto às pessoas".

Miguel Araújo

sexta-feira, 29 de abril de 2011

RESPEITE O SEU CORPO


O corpo é o templo do Espírito. Por isso, devemos ter com ele cuidado e carinho. Além deste fator, devemos lembrar-nos de que é também o nosso instrumento de trabalho no plano material. Resolvi, então, fazer aqui um breve resumo de alimentos que nos fazem mal.
A nutricionista Michelle Schoffro Cook listou os dez piores alimentos de todos os tempos. São eles:

Sorvete :

Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.

Salgadinho de milho :

De acordo com Michelle, desde o surgimento dos alimentos transgênicos a maior parte do milho que comemos é um “Frankenfood”, ou “comida Frankenstein”. Ela aponta que esse alimento por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita.

Pizza:

Michelle destaca que nem todas as pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas com farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

Batata frita:

Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans, que já foram relacionadas a uma longa lista de doenças, como também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

Salgadinhos de batata:

Além de causarem todos os danos das batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional, esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é cancerígena.

Bacon:
Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao coração, danificando o órgão.

Cachorro-quente

Michelle cita um estudo da Universidade do Havaí, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebês. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncercolorretal.
Donuts (Rosquinhas)

Entre 35% e 40% da composição dos donuts é de gorduras trans, “o pior tipo de gordura que você pode ingerir”, alerta a nutricionista. Essa substância está relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares, e contém, em média, 300 calorias cada.

Refrigerante:

Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, “uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos”. “Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes”, diz a nutricionista.
Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.


Refrigerante Diet:

“Refrigerante Diet é a minha escolha para o Pior Alimento de Todos os Tempos”, diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.
“Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior Alimento de Todos os Tempos”, conclui.

Além de tudo isso, devemos nos lembrar que outros elementos ainda podem causar uma série de doenças, como o medo, a raiva, a mágoa, a avareza, a gula, o ciúme, a inveja, etc.
O melhor de tudo é ser sóbrio em qualquer circunstância.

Maria Luiza

quinta-feira, 28 de abril de 2011

A DOR DO FIM...


No silêncio da noite,
Como o piar solitário
De um pássaro perdido,
Chora um'alma sentida
A saudade que, como açoite,
Fere-lhe o peito doído.
Que ladrão é este
A que chamam de tempo,
Nos roubando entes queridos
E, além disso, a mocidade?...
Ah, dias de intensa alegria,
Ah, momentos de suprema felicidade!...
Dentro e fora de mim,
Somente as trevas da solidão
A chicotear meu coração.
Minh’alma caminha vadia
Pelos dias de outrora...
Nossos pais, dois enamorados,
Fortes e belos
Por caminhos dourados
Nos enchiam de paz e alegria!
Nosso lar iluminado
Pelo amor dos dois
Era o próprio paraíso,
Verdadeiro prenúncio da aurora
De uma vida feliz e realizada.
Hoje, no entardecer,
Que a noite anuncia,
Choro sobre a tumba triste
Este inexorável fim,
Punhal cravado em meu ser...

Maria Luiza

REMÉDIO EXTRAORDINÁRIO


Para todos os momentos difíceis...
Para todos os momentos de dor...
Para todos os momentos de dúvida...
Para todos os momentos de angústia...
Para todos os momentos de desespero...
Lembre-se de Deus!
Entregue-se a Deus!
Espere em Deus!
E vença com Deus!

(autor desconhecido - adaptação livre pela autora do blog)
Maria Luiza

quarta-feira, 27 de abril de 2011

PEMSAMENTO DO DIA


A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos.”


Pablo Neruda

terça-feira, 26 de abril de 2011

PENSAMENTO DO DIA


"Nossa orientação interior nos vem primeiro através de nossos sentimentos e sabedoria corporal - não através do nosso conhecimento intelectual. O intelecto trabalha melhor a serviço da nossa intuição, nossa orientação interior, alma, Deus ou poder supremo - qualquer que seja o termo que escolhamos para a energia espiritual que anima a vida."

Christiane Northrup

ETERNAS CHAMAS


Que não chores e não gemas
Alma triste, desolada e ansiosa!
De poesias, amorosas e serenas
Da doçura, arrebatada, gloriosa!


Do amor, e de celestes paisagens
De emoções, de encantos e beijos!
Onde nasce em fúlgidas imagens
A tua graça e os místicos desejos!

Há em tu’alma uma centelha viva!
Há um fogo ardente dentro d’alma,
Vivo e flamejante, dentro do coração...

Há cortejos dos séquitos alados
Que com os arcanjos e alaridos,
Vem trazer a paz, e findar a solidão...

As Eternas Chamas
E os espíritos das Chamas velam por ti!
É fogo puro, são “O que não sei descrever”...
As chamas estão acesas diante de um altar,
Iluminando teus caminhos...
Ao entrares e ao saíres, e por onde for,
Elas estarão te observando!
Esse é meu desejo ardente
Do que sinto por ti!
Das chamas da sarça que não queimam,
Que não se apagam,
Do Amor que arde em mim...

( DO AUTOR DO BLOG "VOZES DE MINHA ALMA" )

domingo, 24 de abril de 2011

TEMPO DE VIVER



"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já tem a forma dos nossos corpos e esquecer os nossos caminhos, que sempre levam aos mesmos lugares.É o tempo da travessia e se não ousarmos fazê-la,teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos."

(Fernando Pessoa)

MENINO PASSARINHO

A PAZ QUE TRAGO EM MEU PEITO

O SILÊNCIO


Convivência entre o poeta e o leitor, só no silêncio da leitura a sós. A sós, os dois. Isto é, livro e leitor. Este não quer saber de terceiros, não quer que interpretem, que cantem, que dancem um poema. O verdadeiro amador de poemas ama em silêncio...


Mario Quintana

sábado, 23 de abril de 2011

FAÇA DA FELICIDADE UM CRITÉRIO



Uma pessoa que vive por intermédio da intuição é sempre bem-sucedida? Não, mas ela é sempre feliz, seja ou não bem-sucedida. E uma pessoa que não vive intuitivamente está sempre infeliz, seja ou não bem-sucedida.

Ser bem-sucedido não é o critério, porque o sucesso depende de muitas coisas. A felicidade é o critério, porque a felicidade depende apenas de você.

Você pode não ser bem-sucedido porque os outros são seus adversários. Mesmo se estiver agindo intuitivamente, os outros poderão ser mais astuciosos, mais espertos, mais interesseiros, mais violentos, mais imorais. Portanto, ser bem-sucedido depende de muitas outras coisas; o sucesso é um fenômeno social. Você pode não ser bem-sucedido.

Quem pode dizer que Jesus foi bem-sucedido? A crucificação não é um sinal de sucesso, é o maior fracasso. Um homem crucificado aos trinta e três anos de idade — que tipo de sucesso é esse? Ninguém o conhecia. Apenas alguns aldeões, pessoas incultas, eram os seus discípulos. Ele não tinha posição, nem prestígio, nem poder. Que tipo de sucesso é esse? A crucificação não pode ser considerada um sucesso.

Mas ele estava contente. Ele estava totalmente feliz — até mesmo ao ser crucificado. E aqueles que o estavam crucificando viveriam por muitos anos, mas continuariam sendo infelizes. Então, na verdade, quem estava sendo crucificado? Essa é a questão. Aqueles que crucificaram Jesus foram crucificados ou foi Jesus quem foi crucificado? Ele estava feliz — como se pode crucificar a felicidade? Ele estava em êxtase — como se pode crucificar o êxtase?

Você pode matar o corpo, mas não pode matar a alma. Aqueles que o crucificaram continuaram vivendo, mas a sua vida não passou de uma longa e lenta crucificação — infelicidade, infelicidade, infelicidade.

Portanto, a primeira coisa que eu não digo é que, seguindo o guia interior da sua intuição, você será sempre bem-sucedido, talvez não no sentido que o mundo reconhece como sucesso.

Mas, no sentido que um Buda ou um Jesus reconhecem como sucesso, você será bem-sucedido. E esse sucesso é medido pela sua alegria, pela sua felicidade — o que quer que aconteça, é irrelevante, você estará feliz.

Não importa que o mundo diga que você foi um fracasso ou que o mundo o torne uma estrela de sucesso, isso não fará nenhuma diferença. Você será feliz qualquer que seja o caso; você estará contente.

Felicidade é sucesso para mim. Se você puder entender que a felicidade é sucesso, então eu lhe digo que você vai ser bem-sucedido sempre.


Osho, em "Intuição: O Saber Além da Lógica"
(do site www.palavrasdeosho.com)

REFLEXÕES E INTERROGAÇÕES


O mar e o céu estrelado me fascinam, desde criança. Eles me levam como, provavelmente, levaram todos os filósofos, à reflexão profunda. Os dois, entretanto, além de me colocarem em estado de deslumbramento e me levarem a pensar, também me trazem medo. A profundidade de um e a infinitude do outro me assustam.
Por mais que conheçamos o céu, através das descobertas da Ciência, ele continua a ser um mistério. O que serão os buracos negros? Seremos um dia engolidos por eles?
E o mar é, muitas vezes, traiçoeiro. É uma beleza ouvir o som de suas ondas, que se quebram contra os rochedos e o grito calmante das gaivotas. Entretanto, ele muda com os ventos e tempestades e, de repente, uma onda inesperada parece tragar-nos.
Por duas vezes, morei em cidades praieiras: no Rio de Janeiro e em Salvador. A maneira de acalmar-me e livrar-me do estresse era caminhar pelos calçadões ou apenas parar para olhar o mar. Ficaria horas em contemplação, pensando na grandiosidade e beleza de Deus, que nos ofereceu tudo isso de graça.
Todos que me conhecem sabem que sou uma mulher de muita fé. No entanto, pessoas íntimas, como uma comadre que tenho, se perguntam qual é a minha religião. Porque, na verdade, apesar de cristã, não gosto de ligar-me às religiões que, com seus dogmas e fundamentos, nos tiram a liberdade de pensar.
Juntamente com outros teólogos (e eu não o sou...) escrevemos quatro livros, interpretando a Bíblia. Os teólogos eram católicos e protestantes e eu uma humilde cristã. Mas, os organizadores das obras achavam que meu conhecimento do assunto era suficiente para encarar a empreitada. E tive a grata oportunidade de ouvir minhas interpretações serem lidas em Missas e Rádios.
Minhas raízes são católicas. E raízes tão fortes e profundas que, por duas vezes em minha vida, quis ser freira.
Emociono-me com a Missa e, tantas vezes, choro de emoção. Sinto falta da Eucaristia e, pela permissão de quem foi por muito tempo meu confessor, quando quero, ainda comungo e sinto-me tomada do mesmo sentimento que tive em minha primeira comunhão.
Mas, foi também um padre que me afastou, durante anos, do Catolicismo.
Certa vez, porém, estando doente e internada, pedi que me chamassem um padre. Era jovem, de cabeça aberta, e já tinha ouvido uma palestra minha, sem que eu o soubesse.
Comecei a confissão em prantos e lhe disse que já sabia que ele não me daria a absolvição por causa de minhas idéias. Foram três horas de conversa. Ele me ouvindo, com toda paciência e amor. Ao final, ele me deu a absolvição e a comunhão. Fiquei perplexa! Perguntei-lhe, então, como ele poderia ter me absolvido se eu não acreditava em vários dogmas da Igreja e tinhas idéias contrárias à Doutrina. Ele me respondeu que eu era uma mulher de fé profunda e uma verdadeira cristã e isto bastava. Terminou contando-me que conhecia meus livros e já estudara em alguns e ouvira uma palestra minha. Disse-me que, nesta palestra, o que mais o fascinou foi a maneira como eu conciliava tão bem a Ciência e a Fé.
Questionei-o ainda sobre a questão dos dogmas e ele me disse que eu era filósofa, pessoa estudiosa, de conhecimento profundo e uma inteligência privilegiada. Como poderia ele impedir-me de pensar? Fiquei mais perplexa ainda!
Se eu fosse enumerar as coisas que condeno e não aceito na Igreja Católica, teria que fazer uma lista e refletir profundamente sobre estas questões. Pretendo fazê-lo um dia em um livro...
Creio na Reencarnação e, por isso, muitos me vêem como espírita. Entretanto, na verdade, sou universalista. O Amor é minha religião.
Não acredito que Jesus se propôs a criar uma Instituição que, com o tempo, mais se distanciaria de tudo que pregou. Ele veio para mostrar-nos o Caminho. Para mim este é o princípio básico de minha existência: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.
Sei que muitos outros Espíritos Iluminados vieram à Terra, sempre para lembrar-nos do Bem. Eles merecem todo o meu respeito. Mas, creio que Jesus foi o maior de todos, o único homem, de carne e osso, que jamais pecou. Sei que ele me ama como eu o amo e amo o Pai. Sei, também, que, em sua época, a reencarnação era uma crença comum e ele jamais a contestou. Sei que foram os interesses da Igreja, como entidade política, que, na Idade Média, afastou da Igreja esta crença que foi, inclusive, a de grandes filósofos como Platão e Sócrates.
Não quero, absolutamente, entrar em discussões religiosas. Nem sei por que estou a falar sobre tudo isso. Quando me sentei ao computador, não tinha a menor idéia sobre o que escreveria...
Quero voltar à questão do início: diante da grandeza do Universo, sinto-me pequena e ignorante. Tenho minhas “noites da alma”, quando duvido de tudo que penso e creio. Nestes instantes, suplico a Deus, como Inácio Larragñaga: “Senhor, mostra-me o Teu Rosto”!
Mas, parece que Seu Rosto está exatamente no Universo com todas as suas belezas e mistérios.
Sinto que meu coração pulsa no mesmo ritmo das ondas do mar: sístole, diástole, sístole, diástole... Tenho a impressão que todo o ritmo do Universo é a Respiração Divina. E que tudo me leva a Ele, embora não consiga me encaixar em nenhuma religião institucionalizada.

Maria Luiza

sexta-feira, 22 de abril de 2011

IMAGINE

PÁSCOA


Para mim, hoje é um dia de recolhimento, reflexão e oração. Aliás, todos os dias deveriam sê-lo. Entretanto, de maneira especial, na sexta-feira Santa, prefiro recolher-me para compartilhar com Jesus de sua dor...
Mas, depois do sofrimento, vem o dia da celebração!
Vivemos em uma sociedade caracterizada pelo materialismo, pelo consumismo, por um capitalismo cruel. Nesta sociedade, antigos valores, que têm norteado e sustentado a vida de muitos povos, de muitas culturas, ao longo dos séculos, vão se perdendo. E o sentido verdadeiro de muitas datas também vai se deturpando. Natal se tornou época de comilança, presentes, bebedeira. E papai noel tomou o lugar de Jesus. Assim, a Páscoa é vista como a época de chocolate e coelhinhos.
O que significa Páscoa? Por que Jesus dirigiu-se a Jerusalém e reuniu-se com os discípulos para comemorá-la? Porque Pasceh é a festa de celebração dos judeus pela liberdade. Foi o dia em que se livraram da escravidão dos egípcios. Páscoa, pois, significa Passagem, passagem para a liberdade, passagem para uma nova vida.
Para nós cristãos, ela é muito mais do que isso, pois nos lembra a lição do Mestre de que a morte não existe. Ele venceu a morte e nós viveremos para sempre, em seu amor libertador.
A Páscoa, pois, é uma renovação interior. É a transição de um estado em que estamos "dormindo" para um novo despertar. Despertar para a Luz, para o Amor, para o Perdão, para a Compreensão.
Não podemos passar pela Páscoa sem uma séria reflexão sobre o mal que possamos ter cometido ou o bem que deixamos de fazer. Páscoa é a celebração da Vida, da vida verdadeira, que não se resume nas coisas efêmeras. Páscoa é alegria, a alegria da vitória da Vida sobre a Morte, da Liberdade sobre a escravidão, do renascimento a que todos nós devemos nos propor.
Páscoa significa que, depois do sofrimento, da noite da alma, sempre há de vir a aurora radiante. Terminou a quaresma. Podemos agora sorrir e celebrar.
Faliz Renascimento para todos os meus leitores e amigos, no Amor de Jesus Cristo.

Maria Luiza

SE MINHAS MÃOS PUDESSEM DESFOLHAR...


Eu pronuncio teu nome
nas noites escuras,
quando vêm os astros
beber na lua
e dormem nas ramagens
das frondes ocultas.
E eu me sinto oco
de paixão e de música.
Louco relógio que canta
mortas horas antigas.

Eu pronuncio teu nome,
nesta noite escura,
e teu nome me soa
mais distante que nunca.
Mais distante que todas as estrelas
e mais dolente que a mansa chuva.

Amar-te-ei como então alguma vez?
Que culpa tem meu coração?
Se a névoa se esfuma,
que outra paixão me espera?
Será tranqüila e pura?
Se meus dedos pudessem
desfolhar a lua!!


Garcia Lorca

A CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA



A Consciência Planetária é um dos temas mais importantes. Mas é também um dos temas sobre o qual ainda temos poucos detalhes.
Sendo assim, ontem fiz uma meditação sobre a Consciência Planetária. Como resultado, tive condições de redigir um texto, que me elucidou bastante.
O texto reflete a minha percepção, mas gostaria de compartilhá-lo com vocês. Possivelmente venha a ser útil para quem busque mais compreensão sobre esse tema tão importante.
Vicente – 26/03/2005

A CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA é a unidade da espécie humana no Planeta.

Unidade da espécie humana significa o reconhecimento pelos Seres Humanos habitantes do Planeta de que são todos uma só Unidade.

Uma só Unidade significa o reconhecimento de que são todos um só povo, com uma só origem e com os mesmos interesses.

Uma só origem significa o reconhecimento de que são todos irmãos, filhos de um só PAE, acima de raças e outras divisões sem sentido.

Os mesmos interesses significa o reconhecimento de que o que é bom ou ruim para um grupo, um povo, é também bom ou ruim para todos, acima de excessos de bens para uns e muito pouco ou nada para outros.

Um Planeta em evolução rumo à Unidade com o Todo passa do Estágio Inconsciente para o Estágio Consciente assim como ocorre com o Ser Humano individualmente.

No Estágio Consciente, a Humanidade que habita o Planeta também se torna consciente porque tem as mesmas moléculas físicas, astrais e espirituais do Planeta.

No Estágio Consciente há vários níveis de Consciência. Outros níveis, ou Estágios, de Consciência implicam que o Planeta alcançará a Consciência Interplanetária, a Consciência Galáctica, a Consciência Cósmica e a Consciência Macrocósmica.

A Consciência Planetária é o primeiro estágio do Planeta na Quarta Dimensão.
Algumas das características do Planeta no Estágio da Consciência Planetária são as seguintes:
• Ausência de guerras
• Estabelecimento da Paz Autêntica
• Inexistência de exércitos voltados para a agressão, porém treinados e equipados para defender a população em casos de emergências (acidentes, intempéries, doenças).
• Liberdade de migração entre países
• Eliminação de fronteiras
• Eliminação de tributos de fronteira (gestão econômica entre os países como se todos fossem estados de um só país)
• Respeito às culturas locais, porém reconhecimento de que uma cultura única está em formação, rica, diversa, criativa
• Esforços para adoção de um só idioma
• Aceitação plena da vida em outros Planetas
• Prioridades políticas voltadas para o bem-estar social
• Foco na preservação do Planeta
• Redução e possível eliminação de desperdícios de recursos naturais diversos
• Educação voltada para a conscientização do cidadão acerca da Consciência Planetária

Outras, muitas outras características. Todas revelando um alto nível de Consciência Planetária.

Até chegar à Consciência Planetária o Planeta normalmente passa por muitos revezes, resultado do processo de equilíbrio com base na Força da PAZ, na Força do AMOR.

A elevação da qualidade de vida em um Planeta no nível de Consciência Planetária é marcante. Ainda assim é apenas um vislumbre da qualidade de vida que caracteriza Planetas em níveis mais elevados de Consciência.

Nem sempre é necessário reduzir a população de um Planeta quando ele passa para a Quarta Dimensão, alcança a Consciência Planetária.

Muitos Planetas até mesmo aumentam o número de habitantes.

A Terra possivelmente sofrerá uma redução no número de habitantes. O Planeta já está exaurido. Os seus recursos naturais já quase não dão conta do sustento da população atual. Embora o Planeta se esforce imensamente, a sua regeneração é lenta. A não ser que a população diminua significativamente o uso dos recursos naturais ou, então, passe a cuidar do Planeta muito bem. Se cuidar muito bem, sem consumir em excesso, sem poluir, a recuperação será mais rápida.

Mas cabe a pergunta: a Humanidade está Consciente o bastante para cuidar do Planeta muito bem com toda urgência?

A resposta chocante e triste é não. A Humanidade pouco fará para cuidar muito bem do Planeta.

Finalizando, a Consciência Planetária será uma fase longa de muitos séculos. Será uma fase de Ventura, de Paz, de Amor. A Terra será um local ótimo para se viver. Ótimo para todos.

Fazer a Missão Opus é a maior contribuição que se pode dar ao Planeta em sua viagem rumo à Consciência Planetária.

A Consciência Planetária é Luz!


Reformatado por Catarina Kino em 25/9/2006.

ORAÇÃO A JESUS CRUCIFICADO


Eis-me aqui, ó bom e dulcíssimo Jesus! De joelhos me prostro em vossa presença e vos peço e suplico, com todo fervor de minha alma, que vos digneis gravar no meu coração os mais vivos sentimentos de fé, esperança e caridade, verdadeiro arrependimento de meus pecados e firme propósito de emenda, enquanto por mim próprio considero e em espírito contemplo com grande afeto e dor as vossas cinco chagas, tendo presentes as palavras que já o profeta Davi punha em vossa boca, ó bom Jesus: "Transpassaram minhas mãos e meus pés; contaram todos os meus ossos".

(Desconheço a autoria. Tirado do livro "Encontro diário com Deus", da Editora Vozes)

PENSAMENTO DO DIA


Onde encontrar reposuso tranquilo e firme segurança para os fracos, a não ser nas chagas do Salvador?

São Bernardo

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A SANTA CEIA E AS ÚLTIMAS LIÇÕES DO MESTRE


O que representa o dia de hoje? Rememoramos a última Ceia de Jesus com seus discípulos e o fato de ele ter lavado os pés de cada um.
Para mim, a Ceia significa celebração. Mas, celebração de quê se logo depois se seguiria a sua tortura, crucificação e morte?
Eu penso que ele queria deixar aos discípulos e a nós uma de suas últimas lições: em primeiro lugar, despedida e chegada se confundem no mistério da vida; e, na despedida, queremos estar com aqueles que mais amamos. Em segundo lugar, morte e vida são a mesma coisa porque a vida é eterna. E vida deve ser sempre celebração, apesar do sofrimento do qual ninguém pode fugir.
Já a lavagem dos pés, nem é preciso dizer o óbvio: ensina-nos a humildade. A humildade que, se pensarmos bem, se formos absolutamente sinceros conosco, temos que reconhecer a grande dificuldade que temos de desenvolvê-la. É muito duro quando nos deparamos com o nosso lado sombrio. Muitas vezes, choramos copiosamente, quando, tentando seguir o Mestre, percebemos o tamanho de nosso ego, a nossa soberba, a crença em nossa absoluta auto-suficiência.
Devemos sempre nos lembrar de uma grande verdade: fora a Luz que habita em nós, nada mais somos que pó. É inteiramente sem sentido o orgulho; orgulho de quê?...
Nunca me esqueço de uma lição de uma moça que, provavelmente, já está em outra dimensão, me deu, em um consultório médico. Ela havia tirado os dois seios por causa do câncer e eu chorava porque ia tirar nódulos em ambos e temia a mutilação. Ela me disse: "Entregue-se a Deus". Eu respondi: "Já me entreguei". Ela retrucou: "Se você está com medo e chorando significa que não se entregou realmente". Eu lhe perguntei: "Como assim?". Ela respondeu, então: "A gente tem que se entregar como uma folha levada pelo rio. Deus é o rio, nós somos a folha. A folha vai tranquilamente no rumo que o rio leva". Abracei-a chorando, não mais pelo meu problema, mas pela vergonha de me julgar cristã...
Ser humilde significa, também, lembrar de que não somos onipotentes. Estamos todos nas mãos Dele e sob a vontade Dele.
Depois de tantos anos, descobri, com triteza,que ainda não aprendi esta lição, pois, hoje mesmo, uma amiga querida lembrou-me que, se me preocupo tanto com as coisas, é porque ainda não estou no Colo co Pai.
Que aprendamos com Jesus, mesmo tropeçando, sem desistir, porém, a lição de humildade que ele nos deu, não apenas no dia da Santa Ceia, mas em toda a sua jornada pelo planeta.

Maria Luiza

quarta-feira, 20 de abril de 2011

A VERDADEIRA ÉTICA


Ser ético é cumprir a regra básica de Jeus: não fazer ao outro o que não gostaríamos que fizessem a nós. Ser ético é ter responsabilidade pelas palavras e pelas ações. Ser ético é conservar esses valores que o santo ( São tomás de Aquino) traz em sua oração: a paciência, a humildade, a sinceridade, a sabedoria,a perseverança na confiança em Deus.

Pe. Marcelo Rossi

(de seu livro Ágape)

ORAÇÃO PELA LIBERTAÇÃO DOS POVOS INDÍGENAS



Parem de podar as minhas folhas e tirar minha enxada
Basta de afogar as minhas crenças e torar minha raíz.
Cessem de arrancar os meus pulmões e sufocar minha razão
Chega de matar minhas cantigas e calar minha voz.
Não se seca a raíz de quem tem sementes
Espalhadas pela terra pra brotar.
Não se apaga dos avós - rica memória
Veia ancestral: rituais para se lembrar
Não se aparam largas asas
Que o céu é liberdade
E a fé é encontrá-la.
Rogai por nós, meu pai-Xamã
Pra que o espírito ruim da mata
Não provoque a fraqueza, a miséria e a morte.
Rogai por nós - terra nossa mãe
Pra que essas roupas rotas
E esses homens maus
Se acabem ao toque dos maracás.
Afastai-nos das desgraça, da cachaça e da discórdia,
Ajudai a unidade entre as nações.
Alumiai homens, mulheres e crianças,
Apagai entre os fortes a inveja e a ingratidão.
Dai-nos luz, fé, a vida nas pajelanças,
Evitai, Ó Tupã, a violência e a matança.
Num lugar sagrado junto ao igarapé.
Nas noites de lua cheia, ó MARÇAL, chamai
Os espíritos das rochas para dançarmos o Toré.
Trazei-nos nas festas da mandioca e pajés
Uma resistência de vida
Após bebermos nossa chicha com fé.
Rogai por nós, aves-dos-céus
Pra que venham onças, caititus, siriemas e capivaras
Cingir rios Jurema, São Francisco ou Paraná.
Cingir até os mares do Atlântico
Porque pacíficos somos, no entanto.
Mostrai nossa caminho feito boto
Alumiai pro futuro nossa estrela
Ajudai a tocar as flautas mágicas
Pra vos cantar uma cantiga de oferenda
Ou dançar num ritual Iamaká.
Rogai por nós, ave-Xamã
No Nordeste, no Sul toda manhã.
No Amazonas, agreste ou no coração da cunhã.
Rogai por nós, araras, pintados ou tatus,
Vinde em nosso encontro
Meu Deus, NHENDIRU !
Fazei feliz nossa mintã
Que de barrigas índias vão renascer.
Dai-nos cada dia de esperança
Porque só pedimos terra e paz
Pra nossas pobres - essas ricas crianças.

Nhendiru: Deus
Mintã: criança

(Eliane Potiguara)

MINHA ESCUTA


São os olhos, exatamente os olhos, que eu mais ouço. A vida tem me ensinado, ao longo da jornada, que as palavras muitas vezes mentem. Os olhos, geralmente, não desmentem o que diz o coração.


Ana Jácomo

terça-feira, 19 de abril de 2011

SAUDADE



“Uma lembrança doída,
com dor suave, mas dor;
uma presença perdida,
uma lembrança doída.
Saudade – espinho da vida,
bálsamo da dor do amor.
Uma lembrança doída,
com dor suave, mas dor".

Napoleão Valadares

segunda-feira, 18 de abril de 2011

MAIS UMA ORAÇÃO DA PRESENÇA



(Com Alma Celta e Coração Lindo)

Que você jamais se esqueça de que é um espírito, um cidadão do universo.
Que você saiba que é muito amado (a) pela Luz.
Que você sinta o Amor como um presente da Presença*.
Que você tenha a coragem de escutar o seu coração – mas sem perder a razão.
Que você honre a sua jornada – e que os seus objetivos e valores sejam lindos.
Que você continue cantando – e amando... Mesmo nas horas difíceis.
Que você nunca deixe de se emocionar com um lindo pôr-de-sol.
Que você respeite o seu corpo – e agradeça à Mãe Terra pelo presente.
Que você olhe para o firmamento e sinta que as estrelas são suas irmãs.
Que você faça a grande magia de transformar a si mesmo (a) – sempre na Luz.
Que você nunca se deixe levar pelas aparências – e nem pelas coisas transitórias.
Que você não se envergonhe de seus pensamentos – e nem traia a si mesmo (a).
Que você jamais se esqueça de onde veio realmente – pois tudo vem da Presença.
Que você não acalente o ódio em seu coração – e nem revide o mal.
Que você sinta a Canção da Vida tocando todas as fibras do seu Ser.
Que você seja digno (a) dos estudos espirituais que realiza.
Que você não machuque o seu coração com emoções pesadas.
Que você ore pelo bem de todos, porque sabe que a Presença escuta o seu coração.
Que você tenha a coragem de vencer a si mesmo (a).
Que você, mesmo diante das provações, não renegue o Divino em si mesmo (a).
Que você tenha a coragem de permitir que a Luz dissolva o seu orgulho.
Que você escute o chamado sutil da Presença nessas linhas...
Que você perdoe os outros – e também se perdoe -, pois é preciso ser feliz.
Que você tenha o brilho do amanhecer em seus olhos...
Que você se permita rir igual criança – e, se puder, faça uma canção.
Que você, em espírito e verdade, agradeça a Presença – por tudo.
Que você sinta o Oran Mor em seu coração...

P.S.:
Que os seus chacras sejam lindos – como pequenos sóis cheios de amor e paz.
Que sua aura seja muito brilhante, com as cores da Bem-Aventurança.
Que a sua fé seja inquebrantável – e alicerçada pelo discernimento e o Amor.
Que as suas pegadas sejam luminosas – e que os seus atos sejam justos e honestos.
Que nada separe você do benévolo círculo de Luz da Presença.
Ah, que o Amor mais lindo de todos lhe abençoe...

Paz e Luz.
Wagner Borges – centelha espiritual de um Grande Amor...

- Nota: A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo. Quando os antigos iniciados celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: Isso é um assombro! E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do ser humano. Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da lua, a alegria do sorriso do filho, ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos. Então, eles ousavam escutar os espíritos das brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da vida e a perceber a pulsação de uma PRESENÇA em tudo.
A partir daí, eles passaram a referir-se ao TODO QUE ESTÁ EM TUDO como a PRESENÇA que anima a Natureza e os seres. Se a luz da vida era um assombro de grandiosidade, maior ainda era a maravilha da PRESENÇA que gerava essa grandiosidade. Perceber essa PRESENÇA em tudo era um assombro! E saber que o sol, a lua, o ser amado, os filhos, as flores e a Natureza eram expressões maravilhosas dessa totalidade, levava os iniciados daquele contexto antigo da Europa a dizerem: Que assombro!
Hoje, inspirado pelos amigos invisíveis celtas, deixo registrado aqui nesses escritos o terno assombro que sinto ao meditar na PRESENÇA que está em tudo. E lembro-me dos ensinamentos herméticos inspirados no sábio estelar Hermes Trismegisto, que dizia no antigo Egito: O TODO está em tudo! O Inefável é invisível aos olhos da carne, mas é visível à inteligência e ao coração.
O TODO ou A PRESENÇA, tanto faz o nome que se dê. O que importa mesmo é a grandiosidade de se meditar nisso; essa mesma grandiosidade de pensar nos zilhões de sóis e nas miríades de seres espalhados pela vastidão interdimensional do Multiverso, e de se maravilhar ao se perceber como uma pequena partícula energética consciente e integrante dessa totalidade, e poder dizer de coração: Caramba, que assombro!

WAGNER BORGES
link: http://somostodosum.ig.com.br

12 PENSAMENTOS SUFI


Lembremo-nos: Com todos temos a prender, principalmente com as sabedorias milenares.
Maria Luiza


1 - Existe um Deus Eterno, ser único: não mais bem-sucedido.

2 - Não existe um Mestre, o espírito norteador de todas as almas, o que leva as almas todas para a luz.

3 - Não é um livro sagrado, o manuscrito sagrado da natureza, só a Escritura, que pode esclarecer o leitor.

4 - Não é uma religião, o progresso que não se desvie do caminho certo em direção ao ideal que realiza o propósito da vida para cada alma.

5 - Existe uma lei, a lei da reciprocidade, que pode ser observada pela alma sem ego que acorda à justiça.

6 - Existe uma Irmandade, a família humana, que reúne os filhos da terra, sem discriminação na Paternidade de Deus.

7 - Existe uma moral, o amor, do auto-esquecimento, flores, na caridade.

8 - Não é um objeto de louvor, a beleza de tudo o visível e o invisível, o que eleva os corações de seus fiéis.

9 - Há uma verdade, a essência de toda a sabedoria: o conhecimento verdadeiro de nós mesmos, tanto interna como externamente.

10 - Há um caminho: para aniquilar o ego falso do real, aumentando o mortal para a imortalidade, que habita em toda a perfeição.

11 - Não é a dor. A dor é a porta do amor, que ambos pertencem. "A dor do amor se tornou o remédio para todos os corações, as dificuldades nunca poderiam ter sido sanadas sem amor."
Se o seu coração está aberto, também está aberto à dor. Um dos antigos mestres disse: "Se você me machucar, aqui estão as pedras, e aqui estou." Se você evita a dor também evita o amor, que ambos pertencem.

12 - Há o amor ... O grande poeta sufi Rumi disse: "Eu choro e choro e choro até que o leite ferva Sua bondade." Ele está expressando o que é mais valioso para um Sufi: o anseio por Deus. O Sufi sabe que o desejo dá-nos o caminho mais direto para o nosso amado, a Deus. No fundo do coração, é a principal dor de saudade, o grito da alma separada de sua fonte. É uma dor que vem como uma lembrança de quando estávamos com Deus, o que os sufis chamam de "a doçura que era antes de mel ou de abelha." Em alguns momentos especiais em nossas vidas, recebemos uma amostra deste sindicato, um gole de memória divina. É tão incrivelmente doce e inebriante despertar latente até então o conhecimento da alma para estar com Deus. Então a paixão do coração começa a queimar como uma dor no coração e desperta o desejo. Em todo o romance, você implora a quem você ama. Espere o telefone tocar, você receberá uma carta. Você espera que seu amante voltar para casa. O romance com Deus é o mesmo, mas amplificado. É longo o esperar. Você espera o momento em que o amado inesperadamente em seu coração, o momento em que você sentirá suave carícia de sua proposta.

Fonte: http://sabiduriasufi.blogspot.com/
POSTADO POR PATRÍCIA MELO

O VELHO


Lá vai ele caminhando,
Curvo e com o olhar no chão.
A dor o acompanha
E o cansaço no coração.

D vida esgotado
E de tudo desiludido.
Já nada mais espera
Senão o último traslado.

A mocidade distante
Foi apenas um belo sonho.
Hoje sozinho e triste
Só enxerga o abismo medonho...

Maria Luiza

domingo, 17 de abril de 2011

ORAÇÃO


Senhor,
Eu sei que me conheces e sabes de meus problemas.
Eu sei que me acompanhas mesmo quando eu me perco.
Eu sei que quando tudo me falta o Senhor está comigo.
Eu sei que Tu me deste uma mãe, Maria.
A Tua mãe é a minha mãe.
Maria, na simplicidade de sua presença, nunca esteve ausente.
Nos momentos em que a angústia atormentava as celebrações da vida,
Ela soube reconhecer e interceder.
Por isso eu peço, ó Mãe, intercede por mim,
Quando o vinho acabar, intercede por mim.
Quando alguma coisa faltar, intercede por mim.
Quando eu me perder, intercede por mim.
Quando eu pecar, intercede por mim.
Quando eu deixar de amar, intercede por mim.
Senhor amado, obrigado pela mãe que nos destes.
é mais uma prova do Teu imenso amor.
Cuida de nós.
Amém.

Pe. Marcelo Rossi
(trecho deo livro de sua autoria "Ágape")

AMOR PROIBIDO


Lá naquele paraíso,
À beira de águas cristalinas,
De um azul que se confunde com o céu,
E uma praia de areias brancas...
Lá, no coração da floresta,
Em uma árvore perdida,
Estão nossos nomes entrelaçados,
Dentro de um coração,
Feito a canivete.
Ninguém sabe quem foram aqueles amantes...
Mas, em meu peito a saudade bate forte...
Como esquecer aquele que me fez mulher,
No auge de uma louca paixão?
Ah, amor, na despedida,
Andando para o avião,
Ainda te vejo com lágrimas nos olhos...
E sinto ainda o teu cheiro,
O teu abraço, o teu beijo,
Nós dois abraçados,
Num louco desejo,
Que me levava sempre ao êxtase...
Fatos estranhos ao nosso amor
Nos leveram à separação.
Mas, antes de morrer,
Anos depois,
Tu me ligaste
Para dizer do teu amor,
Que venceu o tempo,
A distância e as intempéries...
E eu, louca de dor,
Vivo hoje a poetar
E a lembrar-me de ti,
Com enorme gratidão,
Pois foi o teu amor,
Que me devolveu a feminilidade
Da qual, chorando, eu mesma duvidava...
Dorme , amor, em paz,
Entre os anjos e melodias.
Que, com certeza,
Te levarão de volta a mim...

Maria Luiza

sábado, 16 de abril de 2011

AMOR ÁGAPE


"Estamos acostumados a viver em um mundo em que as pessoas agem na expectativa de reciprocidade. (...) Tempos em que os adornos valem mais que o essencial. Tristes tempos. As amizades interesseiras têm prazo de validade. As relações são inconsistentes.(...)O pronome mais utilizado é o da primeira pessoa: "eu". Tristes tempos, repito. Tempos de escassez de misericórdia.(...) Falta estima pelo ser humano. Vivemos em uma sociedade em que o consumo coisifica a pessoa. (...) Falta um sonho de vida e sobram angústias pelas ausências desse sonho."

Gabriel Chalita (trechos do prfácio do livro "Ágape", de Pe. Marcelo Rossi)

sexta-feira, 15 de abril de 2011


Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar."

Clarice Lispector

A HORA EXTREMA


A gente fala sobre a morte, acredita na vida que virá depois, nos espíritos de luz, na evolução,ama Jesus e crê em suas promessas. Enfrentá-la de frente, entretanto, é outra história...
Muitas vezes, estive diante dela e recebi a notícia dada pelos médicos, que nada mais poderiam fazer por mim, com tranquilidade absoluta. Tanta que eles imaginaram que eu não estava entendendo a questão ou era uma pessoa muito fria. De todas as vezes, um deles voltou para uma nova conversa e eu sempre expliquei que era uma pessoa muito emotiva, sentia deixar os que amava e sofria pela dor por que eles passariam, mas estava tranquila diante da missão cumprida.
Entretanto, quando você vê a possibilidade de sofrer muito antes que venha o fim, assusta-se com o sofrimento. Dor é algo muito difícil de se aguentar! Muitos não suportam a dor de uma unha encravada, imaginem a dor de um cãncer!...
Entretanto, é nesta hora que nossa fé é colocada à prova. É como se Jesus nos dissesse: "Filho, confia em mim! Acredita em mim? Então, lembre-se do que tive de suportar, na carne humana! Eu estou ao seu lado! Eu vou ajudá-lo a carregar esta cruz!".
Neste momento, o conforto dos amigos e parentes é muito importante, mas, na verdade, somos nós e Deus. É um momento de extrema solidão! Quando, conscientes, é claro, revivemos toda a nossa jornada e nos vemos diante de nossos erros e quedas... Entretanto, sabemos, diante do Bem que espalhamos, do coração sempre aberto, do Amor que nunca negamos, que a Misericórdia de Nosso Senhor é infinita e haverá de nos abrigar e aninhar em seu peito. E, na hora exata da passagem, vamos fechar os olhos e acordar em uma outra maravilhosa dimensão, onde espíritos acolhedores e parentes queridos estarão nos aguardando para nos abraçar com a mesma alegria que nossos pais sentiram, quando nascemos nesta dimensão terrena.
Dizer que é fácil é hipocrisia! Fácil não é, mas o Senhor Supremo facilita a todos aqueles que foram bons e aproveitaram a Jornada Terrestre para aprendizagem e crescimento espiritual. Não importa a religião da pessoa! Deus não faz distinções. A todos abriga em sua Infinita Misericórdia.
Não temamos, pois!

Maria Luiza

quinta-feira, 14 de abril de 2011

LEMBRETE


'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já passaram-se 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo: Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo, a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.'

Mário Quintana

CURADORES ESPIRITUAIS: OS AGENTES DO ALTO


Os melhores curadores são discretos em seu trabalho.
Eles calam o ego e deixam o coração fluir o amor sereno...
O toque de suas mãos é gentil e generoso.
Eles têm mãos de Luz!

Pelo alto de suas cabeças desce a sabedoria celeste.
Ao mesmo tempo, a vitalidade da terra beija seus pés.
Enquanto isso, as pétalas dos lótus de seus corações se abrem...
E eles se tornam templos vivos da Luz que cura!

Eles são tranquilos e conscientes de suas tarefas.
Eles sabem que é a luz do amor que cura, não eles.
São naturalmente contentes, e os seres divinos velam por eles.
Eles são Paz perene!

Não carregam posturas arrogantes; são simples e alegres.
São muito gratos ao Grande Espírito, o Grande Curador.
Transitam pela existência sem julgar ninguém.
Eles são da Luz serena!

Eles são curadores, dos outros e de si mesmos.
Trilham seus caminhos sem jamais infelicitar os caminhos dos outros.
Não se magoam com coisa alguma, pois são felizes.
Os seus atos são lúcidos!


http://stum.com.br/ta10029

Wagner Borges

AUSÊNCIA


Ouço a minha voz no silencio do meu desejo,
Que clama, ansiosa tua presença...
Quero sentir a doçura de teu beijo,
Não suporto mais tua ausência.


Simbiose de sonhos e ilusões,
Turbilhão de sentimentos...
Momentos de muitas emoções,
Neste mundo louco de sofrimentos.


Estranhos caminhos se cruzam,
por vielas enviesadas de tristeza...
Quiçá, com o tempo se reduzam,
A felicidade virá, tenho a certeza.


Ideias e consciências trocadas,
Mistério insondável,humano...
Situações complexas, baralhadas
inexoráveis neste mundo profano.


Ah coração louco, inquieto,
Trazes minha alma em desassossego...
Tão somente quero afecto,
alguém que me abrace, sem medo.




JOSÉ CARLOS MOUTINHO

Publicada por Alma de Poeta

ORAÇÃO DA AURORA


Que a tua auroara romapa as trevas;
Que o teu sopro remova as pedras da morte;
Que a tua voz nos deseje a paz;
Em nome do Pai da Vida,
Do filho da Ressurreição
E do Espírito Santo da Paz.
Amém.

Luiz Carlos Ramos

quarta-feira, 13 de abril de 2011

ORAÇÃO AO MESTRE


Mestre,
A humanidade só te procura
Quando precisa de paz
Ajuda-me a encontrar a cura
Pra minhas falhas morais.


Ajuda-me Senhor sempre fazer
A caridade perfeita
E que minha outra mão não possa ver
O que dá a minha direita.


Ajuda-me a ter paciência
Com o peso do meu fardo
Ajuda-me a ter consciência
Dos erros do meu passado.


Ajuda-me a perdoar
Se alguém causou minha dor
Pois maior sentimento , não há
Do que “morrer” por amor.


Ajuda-me , Senhor, a sorrir
Pra aquele que mal me faz
Pra que o ódio possa se extinguir
E eu possa encontrar a paz.


Ajuda-me a dar a mão,
Pro inimigo que cai,
Quem quer ser um bom cristão
Faz a vontade do pai.


Ajuda-me , Senhor, a ser forte,
Na minha reforma interna
Pra que eu possa ver na morte
Passagem pra vida eterna.


Fazei-me , Senhor, um ser puro
Como a água da fonte
Pra que um dia no futuro
Junto do Pai, eu Te encontre!

(recebido pela médium Lucia) do Espírito " UM AMIGO POETA "

do blog "Um olhar espiritual"

AMAR SEMPRE...


Amores tive tantos
E de nada me arrependi.
Meu coração é tão grande
Que jamais poderia naõ ser assim...
Todos a morte me levou
E um pouco de cada um comigo ficou.
Com eles aprendi muito
E loucamente fui amada.
Por que chorar desesperada
Se hoje estou sozinha?
Tantas mulheres jamais souberam
O que é ser amada assim
E eu privilegiada
Tantos romances vivi.
Minh'alma não se fechou
E meu coração continua esperançoso
Pois viver sem amor não sei
E sempre poderei amar como já amei!...

MARIA lUIZA

PENSAMENTO DO DIA


"PROCURO SER UMA PESSOA DE VALOR E NÃO UMA PESSOA DE SUCESSO".

ALBERT EINSTEIN

AGRADECIMENTO - MEME


Agradeço à minha amiga, Marly Bastos, por ter indicado o meu blog para o Meme. Estou aqui fazendo o mesmo e procurando não repetir os já indicados por outros blogueiros:

http://docefilosofia.blogspot.com
http://encantoempalavras.blogspot.com
http://nectanreflexoes.blogspot.com
http://letrasquesaemdemim.blogspot.com
http://palavrasdeosho.blogspot.com
http://almadepoeta.blogspot.com
http://umolharespiritual.blogspot.com
http://raquelcrusoe.blogspot.com
http://carlosespirita.blogspot.com
http://meuolharcaleidoscopio.blogspot.com

Faça o mesmo. as regras são simples:
1- Faça uma seleção de dez blogs dos quais mais gosta
2- Avise os blogueiros de cada um
3- Escreva uma lista das dez coisas de que mais gosta

AS DEZ COISAS DE QUE MAIS GOSTO:
1- De dar gargalhadas
2- De fazer novas amizades
3- De ler bons livros, principalmente Poesia, Romance e Biografias
4- De ouvir boa música: clássica, MPB e músicas estrangeiras, principalmente, italianas, francesas e russas
5- De escrever e ver minhas obras publicadas
6- Viajar (adoro!)
7- Estudar sempre
8- Estar com minha família
9- Trocar experiências e recadinhos com meus amigos virtuais
10- Por fim, mas não em último lugar, estar em paz comigo, com o outro e com Deus
.

terça-feira, 12 de abril de 2011

DIANTE DA INDECISÃO



Diante da indecisão, auxilia-nos, Senhor, a tomar a atitude correta, para nós e para os outros.

Não nos permitas vacilar no bem que devemos aos nossos irmãos em Humanidade. Que renunciemos ao que não é correto, nem tampouco justo.

Encoraja-nos a seguir adiante ou a retroceder no caminho, segundo o que melhor nos convier.

Que hoje seja o nosso dia e agora, o nosso instante de começar a empreender a necessária mudança em nossas vidas.

Inspira-nos, Senhor! Como agirias se estivesses em nosso lugar?

Que não inventariemos prejuízos materiais e, sobretudo, morais, em detrimento dos ganhos da alma. Os dividendos do espírito não se calculam pela aritmética comum.

Que não hesitemos por mais tempo em decidir pela nossa paz interior!


Livro: Preces e Orações – Médium: Carlos A. Baccelli - Espírito: Irmão José

MEDO DA VIDA...


Que estranho medo
Domina os homens
De alma pequena!
Medo da vida
Surpreendente e bela,
Que explode em alegria e dor...
Medo dos sentimentos,
das emoções,
dos ímpetos,
que vêm da alma e do corpo,
Amálgama sublime do Criador...
Que estranho medo
Da Natureza,sua irmã,
Dos outros homens
Que apenas caminham
Pelos mesmos atalhos!...
Medo da doença,
Do fracasso,
Dos cochichos,
Da própria teia
Que tece a Vida...
Medo da morte,
Anjo bendito,
Que nos retira do útero materno
E nos lança no Infinito...
Por que estes homens
Criam prisões para si
E se debatem nas grades,
Como pássaros feridos?
Por que desejam também
encarcerar os irmãos
E lhes assustam
Os homens rebeldes?
Que medo estranho
Da Liberdade,
Que os faria viver,
Sem escora,
Sem muleta,
Sem ópio...
E enfrentar de peito aberto
A aventura da Vida!...
Onde haverão de encontrar
A certeza que buscam,
A segurança,
A permanência,
Que tanto almejam?
Pobres criaturas,
Incapazes de viver
Dançando a Vida,
Com alegria e paixão!...

Maria Luiza

segunda-feira, 11 de abril de 2011

PENSAMENTO DO DIA


“Somos todos viajantes de uma jornada cósmica - poeira de estrelas, girando e dançando nos torvelinhos e redemoinhos do infinito. A vida é eterna. Mas suas expressões são efêmeras, momentâneas, transitórias.”

Deepak Chopra

AFLIÇÕES



No íntimo de todas as criaturas existe o desejo de ser feliz e de afastar os
sofrimentos. Ninguém gosta de sofrer.
No entanto, Jesus cristo nos disse: "no mundo só tereis aflições."

São variadas as causas das aflições. Podemos, para melhor compreensão,
separá-las entre as que têm origem em nossa intimidade e aquelas próprias da
natureza em que vivemos. Assim temos várias dores que somente têm a ver com o mundo em que nos encontramos.

Por exemplo, a dor causada pelo nascimento do siso, o último dos molares, é
um impositivo da biologia humana. A dor pela picada de um mosquito ou de uma
agulha, da mesma forma. São dores próprias de um mundo material. São dores comuns a que estão sujeitos os seres que habitam o planeta.

O sofrimento faz parte de nossa vida, uma vez que em tudo existe a
necessidade de ação. Nossa mente pensa, nossa vontade almeja. Mas o corpo precisa executar.

Toda vez que desejamos alguma coisa, quando aspiramos algo, a necessidade de
trabalhar para realizar nossos sonhos gera certo sofrimento.

Quem deseja bater recordes, vive aflições. São horas intermináveis de
exercícios, disciplina rígida, com intuito de superar as próprias limitações
físicas. Dores físicas, preocupação com a classificação, um revés de última hora.
Aflições de toda sorte.

Quem deseja passar no vestibular, apesar do grande esforço aplicado no
estudo, se aflige ante a perspectiva de não conseguir a vaga pretendida. E se esquecer tudo na hora da prova? E se não conseguir a vaga? E se
precisar fazer outro vestibular?

Quem deseja ser cantor, ator, engenheiro, médico passa pelas aflições das
horas estafantes de estudo, estágio, aprendizagem, esforço,testes.

Revezes. Inquietudes. Aflições.

Em tudo há sofrimento pois em tudo existe a necessidade do esforço material,
de conformidade com o nível evolutivo do mundo em que vivemos.

No mundo só teremos aflições! São os sofrimentos desse mundo, os empeços materiais que se apresentam.

Também existem os sofrimentos causados por nós mesmos. É o resultado
originado de nossas intenções, de nossas atitudes, do estado geral da nossa
mente e do nosso coração. Quando tomamos decisões desequilibradas, sofremos. Quando agimos de forma negativa, teremos que recolher adiante o resultado
dessas ações infelizes. Quando pensamos somente em nós, num egocentrismo doentio, sofremos. Quando desejamos que as coisas não passem, não mudem ou não terminem,
sofremos novamente.

Tudo passa. As paisagens mudam. Os momentos bons terminam, e os maus também.

Procurando entender a mensagem de Jesus poderemos vencer os sofrimentos do
mundo, vendo-os como realmente se apresentam. Ou seja, como empeços materiais numa realidade relativa. Alargando nosso ponto de vista poderemos vencer a melancolia e a aflição.

Sem visão pessimista, venceremos os obstáculos próprios ao meio em que nos
encontramos. E se optarmos por seguir Jesus, não haverá aflição que resista ao bendito remédio da fé.
Todos desejamos ser felizes. Sejamos ricos ou pobres, instruídos ou não, todos
desejamos evitar os sofrimentos. Assim, procuremos vencer as tribulações de cada dia e encontrar razões para felicidade em coisas pequenas.

Ser grato pelo que temos, pelo que usufruímos. Aprender com os pássaros a saudar o dia com um cântico de esperança.

Eis uma boa fórmula para superar as aflições e começar a ser feliz, desde
hoje.

Desconheço a autoria.

ATITUDES QUE SUGAM NOSSAS ENERGIAS


1. Pensamentos obsessivos - Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos - mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos - Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo - Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente - As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão - Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e si mesmo, fica ”energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal - Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro - Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados - A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do auto-conhecimento, da disciplina e da terminação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza - A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.


DESCONHEÇO A AUTORIA

domingo, 10 de abril de 2011

JEREMY CAMP - MY DESIRE

REFLEXÃO


“Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar, e em respeito a você, eu me calo, me silencio, para que você possa ouvir o seu interior que quer lhe falar, desejar-lhe um dia vitorioso e confirmar que você é especial.”

- Paulo Roberto Gaefke


DO BLOG DE MINHA AMIGA, VALÉRIA, "ENCANTO EM PALAVRAS"

O QUE OS OMBROS AGUENTAM...


Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.


Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.


Pouco importa venha velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo,
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.




Carlos Drumond de Andrade

do blog de minha amiga portuguesa, Isabel, "Alma de Poeta"

A MULHER INVISÍVEL



MATÉRIA PARA MUITA REFLEXÃO E DE DIVERSOS PONTOS DE VISTA...

sábado, 9 de abril de 2011

SOU ASSIM...


Amor, não sei se tu sabes
Que sou vento e canção,
Outono e primavera,
Lua e sol,
Dia e noite,
Metrópole e sertão...
Tenho a doçura do mel,
A tessitura dos sonhos,
A fragilidade do cristal.
Sou chuva fina
Que traz paz à alma.
E uma fertilidade tal
À terra que espera a semente.
Sou graça e simplicidade
Afoita na busca da felicidade.
Sou braços abertos
Sedenta de teu afeto!
Vem, amor!
Mata esta sede
e me deixa morrer em teu peito
De uma ardente paixão!...

Maria Luiza

QUANDO ALGUÉM SE VAI...


Quando alguém se vai... Ainda assim há vida...Se alguém se vai, o dia, ainda que o sol brilhe e o céu esteja azul,fica cinzento e amuado. Um frio baixa a temperatura do corpo, nos deixando encolhidos,com o olhar perdido, como se tivessem apagado umachama dentro do coração.Chama que pode até voltar a se acender e é desejável que reacenda, mas sempre haverá a falha deixada por alguém que se foi... Alguém se vai para nunca mais voltar. A alma leva um choque.A cabeça entende que tudo, absolutamente tudo na vida é provisório e passageiro. Que os caminhos se cruzam e descruzam e as coisas são inevitáveis. A alma se veste do mais suntuoso negro, recolhendo-se, ficando vazia e triste. Às vezes, os olhos, as mãos, a boca vazam essa tristeza; outras vezes, não há ânimo nem para isso. E assim, vestida de negro, a alma contempla a vida, esperando a hora de voltar a sorrir, ainda que o sorriso tenha um traço leve de tristeza...Se alguém se vai, o tempo castiga quem ficou. O dia tem mais horas, minutos, mais segundos, e tudo é mais demorado e difícil. Às vezes,sente-se a densidade dos momentos passando, quase tão pesada que se poderia tocar com a mão. E, nessas horas, chega-se a ter certeza quejamais se poderá seguir com a vida em frente com a falta tamanha queaquele alguém que foi embora faz. Mas a vida segue, e quem ficou seguecom ela.Se alguém se vai, quase sempre vem o arrependimento e a sensação deque não há mais chances. Fica-se pensando na conversa que não houve,na declaração que não foi feita, no carinho que deixou pra depois, noserros cometidos, no desabafo que não foi externado, no amor que ficoupra ser sentido, no tempo que era pra ser vivido juntos e agora temque ser passado em solidão.E tudo isso vai formando um nó que tampa a garganta, interrompe arespiração, não te deixa comer e provoca uma sensação de abandono quesó poderia ser deixada por aquele alguém que se foi, porque cadahistória é única.Se alguém se vai, quem ficou percebe coisas que antes não erampercebidas, e quanto mais o tempo passa, mais se percebe. Começa afazer falta aquele olhar de carinho ou reprovação, aquela vozinvadindo a casa, aquela obrigação quase chata de ter que dar umtelefonema, aquele jeito de falar e abraçar; e no começo dá aimpressão de que tudo isso ficará perdido em algum lugar inatingível.As datas especiais ficam doloridas. Os códigos que só podem existirentre uma e outra pessoa que se gostam ficam sem sentido. A vozdaquela pessoa soa em momentos inesperados, e o coração dói levemente.E quem ficou percebe que ninguém pode tomar o lugar daquele alguém quese foi...Se alguém se vai, as dúvidas começam a rondar a cabeça, e a fé sofreum abatimento. Percebe-se que o mais forte dos homens, a maisabençoada das mulheres, o mais saudável ser, um dia, sucumbe.Percebe-se que a existência é frágil. Vem a raiva, a percepção daimpotência, o medo.Duvida-se da vida, da morte, de Deus, das pessoas, do amor. Assim comovem, as dúvidas vão e voltam sem resposta, porque não há respostas. Etudo isso pode virar amadurecimento ou amargura, dependendo de comoquem fica quer aproveitar a experiência de perder o alguém que foiembora.A verdade é que o mundo todo acaba quando alguém se vai... E não dá amenor vontade de reconstruir nada. Nada.Se alguém se vai, normalmente, se tem o carinho dos outros que ficam,e, passando pela mesma dor ou não, se preocupam em ser um consolo. Eos abraços, os carinhos, as palavras, as lágrimas solidárias, o calorda alma dessas pessoas vai começando a esquentar a alma fria de quemficou, a fazer efeito e recuperar o coração quebrado.E é nessas horas que se percebe o valor que tem dividir a vida commuitas pessoas em todos os momentos, porque são elas, e não o alguémque foi embora, que vão ajudando a levantar e olhar pra frente.Se alguém se vai... Quem ficou começa a trilhar uma estrada longa, quetem um nome melancólico – saudade. Essa estrada, a princípio, éenlameada, escorregadia, escura, esburacada; e muitas vezes faz cair,machucar, e quase desistir de andar. A dor é tão profunda, e pareceestar enraizada em um lugar tão inacessível, que parece que nunca vaisarar. Mas ela sara. Aos poucos, ela sara.E aí chega a hora de deixar o tempo fazer seu trabalho. Chega a horade sorrir de novo. De deixar as lembranças serem somente lembranças.De tirar o manto negro da alma. E, de repente, a estrada, apesar de acada dia ter mais uns passos de distância, vai se tornando cada vezmais leve, mais iluminada, bonita até. E quem ficou percebe que, naverdade, aquele alguém pode até ter ido embora, mas nunca deixou deexistir, e isso é uma forma de vida.A mesma vida que segue por tantas outras estradas que vão se cruzando,descruzando, e nunca voltam. E percebe-se que só se tem a agradecer aoportunidade de ter estado com aquele alguém que foi embora, massempre estará presente, de alguma forma. E então vem aquela paz que sóo amor de verdade pode dar.Se alguém se vai... Coloque a salvo o seu coração, porque não há comoevitar a dor.Mas você tem a escolha de como passar por ela. Todos nósum dia passamos pela dor de perder alguém que se vai. E todos podemossobreviver... Você vai sobreviver. Acredite!Peça a limpeza das memórias. Você é o único que não pode se deixar,então tenha certeza de estar verdadeiramente em você, aqui e agora.

Andréa Palermo

Estou aqui através das palavras desta cronista solidarizando-me com os pais que perderam seus filhos na horrível tragédia que cobriu o país de l
uto.

REMÉDIOS CRISTÃOS


Ajude sempre.
Não tema.
Jamais se desespere.
Aprenda incessantemente.
Pense muito.
Medite mais.
Fale pouco.
Retifique, amando.
Trabalhe feliz.
Dirija, equilibrado.
Obedeça contente.
Não se queixe.
Siga adiante.
Repare além.
Veja longe.
Discuta serenamente.
Faça luz.
Semeie paz.
Espalhe bençãos.
Lute e levante.
Seja alegre.
Viva desassombrado.

Demonstre coragem.
Revele calma.
Respeite tudo.
Ore confiante.
Vigie, benevolente.
Caminha, melhorando.
Sirva hoje.
Espere o amanhã.

(Desconheço o autor, mas, pelo estilo, parece-me de André Luiz.)

sexta-feira, 8 de abril de 2011

REFLEXÃO


"Resolva seus problemas! Há quanto tempo você se propõe reformar sua vida, melhorar seus atos, cessar definitivamente suas fraquezas. Vamos, então, começar a partir deste momento! Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje... De certo você não há de resolvê-lo da noite para o dia. Mas, comece já! E se cair de novo, não desanime: saiba recomeçar quantas vezes for preciso"!

Torres Pastorino

quinta-feira, 7 de abril de 2011

FOMOS FEITOS PARA O CÉU


“Acaso não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus mora em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá, pois o santuário de Deus é santo, e vós sois esse santuário”. (1Cor 3,16-17)


Encontramos-nos em meio a uma cultura descartável, onde o ideal de vida se encontra nas coisas supérfluas, em corpos perfeitos e pessoas rejuvenescidas. A beleza se tornou o grande deus, juntamente com tantas outras coisas vazias que torna o homem semelhante as coisas das quais faz uso.


Em meio a tantos atrativos, em meio ao culto a deuses falsos, o verdadeiro Deus, aquele pelo qual fomos criados, está sendo esquecido por uma geração que não entende a grandiosidade e a dimensão do tesouro que descarta de suas vidas.


Não existe uma fórmula para a juventude eterna, não existem cirurgias que possam rejuvenescer a alma, não existe deuses a não ser o Verdadeiro Deus que nos Criou e nos deu o seu filhos único por nós.


Somos templo do Espírito Santo, somos morada do altíssimo, não é o nosso corpo que deve estar bem, é a nosso espírito que deve estar sempre unido ao do Pai para que sejamos verdadeiramente felizes. Não existe felicidade enlatada, não existe amor enlatado, e se estão vendendo tentando te vender algo assim não acredite. A felicidade e o amor verdadeiros só podem vir de Deus, Ele habita em nós, mora em nossos corações, e deseja transformar nossas vidas.


As pessoas buscam do lado de fora, o que está e sempre esteve dentro do coração, o que está impregnado e marcado no espírito, o selo que diz:


“(...) vós sois de Cristo, e Cristo é de Deus”. (1 Cor 3,23)


Estamos selados, marcados pelo amor do Cristo, e não podemos nos permitir ser iludidos por falsas receitas que proporcionam a felicidade. O segredo para a vida se encontra dentro de nós mesmos, e não podemos e não devemos aceitar nada que venha de fora, pois tudo isso é ínfimo diante do Espírito Santo que habita em nossos corações e faz de nós verdadeiros participantes da promessa do Reino dos Céus, este sim é deve ser o nosso objetivo principal, fomos feitos para o Céu, e, portanto, não devemos aceitar nada menor do que essa verdade!


Tenha um Dia Abençoado!

Postado por Seminarista Gabriel Calvi no blog Palavra do Bem

O PESO DO PAPEL


Traz consigo todas os sonhos
devaneios e insanas demências.
Diz
aquilo que não pode ser dito.
Grita
aquilo que o coração sente.
Apela
quando a dor se torna insustentável.
Cria
quando não se vê a verdade.
Julga
por puro desespero.
Encanta
com os mais lindos versos.
Desvenda
os mais incógnitos mistérios.
Sussurra
baixinho a voz do lírico.
Seduz
até o mais cético dos mortais.
Joga
para os ares as lágrimas contidas.
Descortina
a alma sofrida.
Perpetua
o sonho impossível.

***
O peso do papel,
carrega consigo...
O deleite
o desespero
a dor
o desabafo
a sedução
a angústia
o medo
o amor.

***
E,
imortaliza
uma verdadeira
história de amor!

Geane Masago

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO