BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 28 de abril de 2011

A DOR DO FIM...


No silêncio da noite,
Como o piar solitário
De um pássaro perdido,
Chora um'alma sentida
A saudade que, como açoite,
Fere-lhe o peito doído.
Que ladrão é este
A que chamam de tempo,
Nos roubando entes queridos
E, além disso, a mocidade?...
Ah, dias de intensa alegria,
Ah, momentos de suprema felicidade!...
Dentro e fora de mim,
Somente as trevas da solidão
A chicotear meu coração.
Minh’alma caminha vadia
Pelos dias de outrora...
Nossos pais, dois enamorados,
Fortes e belos
Por caminhos dourados
Nos enchiam de paz e alegria!
Nosso lar iluminado
Pelo amor dos dois
Era o próprio paraíso,
Verdadeiro prenúncio da aurora
De uma vida feliz e realizada.
Hoje, no entardecer,
Que a noite anuncia,
Choro sobre a tumba triste
Este inexorável fim,
Punhal cravado em meu ser...

Maria Luiza

Um comentário:

  1. Infelizmente as perdas são inevitáveis minha querida amiga.
    Linda homenagem!
    Beijos

    ResponderExcluir

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO