BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 4 de abril de 2011

LÁGRIMAS




E esses vestígios de caminhos
Traçados sem rumo pela face?
Ah!... Lágrimas procurando ninhos...

A dor abstratamente visível,
Com desalento vão se derramando,
Sem rumo elas vão caminhando.

Agora são rios que parecem sem cursos.
Aos cantos da boca, antes corriam diretas
Entre risos transbordavam e agora tão perdidas...
Forasteiras, vertiginosas... Tão concretas!


As lágrimas são apenas mananciais
Das tristes marcas refletidas,
Pequenos retalhos de amor,
Em lembranças tecidas.

Marly Bastos

(do blog Palavras ao Vento)

3 comentários:

  1. Maria Luiza, obrigada pela visita. E a poesia nunca é somente de quem escreve. Ela é de todas aquelas pessoas que se sentem nela, portanto tem toda liberdade de usar as quais queira.
    O meu blog é palavreados ao vento, palavras ao vento é da Valéria.
    Grande abraço e que tenhas uma semana de paz, amor e prosperidade em tudo!

    ResponderExcluir
  2. Sempre um bom desabafo, mas também em momentos de sensíveis alegrias.
    Vertê-las significa sensibilidade e amor.

    Minha amiga, um beijo, de coração!!!

    ResponderExcluir
  3. Maria Luiza, ontem entrei aqui para seguir-te mas fui andando por blog e esqueci do que vim fazer.
    Um abraço querida e fico feliz com a sua companhia.
    Seguindo-te, beijos.

    ResponderExcluir

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO