BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 31 de maio de 2011

A MORADA ESPIRITUAL


Você sabe como será sua morada no mundo espiritual? Será aquela que você construiu com seus atos, pensamentos e sentimentos aqui na vida terrestre. Assim, procure tecer sua vida com os fios da solidariedade, do amor, do perdão, da humildade.

Maria Luiza

segunda-feira, 30 de maio de 2011

VIDA E MORTE



Senhor, eis aqui minha biografia, meu livro de vida...
É documentário e confesso que é muito difícil escrever a vida como vós quereis...
É difícil, Senhor, escrevê-la quando não se é escritor,
quando nunca se aprendeu tal ofício.
Mas a vida não se aprende:
Toda vida é um romance novo, único no gênero, sempre obra de primeira mão.
É difícil, Senhor, não poder copiá-lo, pois vós não aceitas plágios.
É difícil, Senhor, não poder corrigi-la.
Dela não podemos arrancar páginas mal escritas, ou apagar alguma coisa.
O que escreví ficará sempre escrito.
O que eu posso é manifestar meu arrependimento,
escrevendo páginas melhores.
É difícil, Senhor, seguir este ritmo da vida que me leva inexoravelmente adiante...
Mas obrigado, Senhor, por retratar-me das páginas passadas
em cada nova página que escrevo.
É difícil, Senhor, ir virando as folhas, dia por dia,
na angústia de não saber o dia da entrega do manuscrito...
Mas não seria, Senhor, mais angustioso ainda saber o dia e a hora?
É difícil, Senhor, não sabermos quantas folhas em branco nos restam
para desenvolver satisfatoriamente o tema...
Um dia qualquer vós me tomareis a caneta das mãos
e escrevereis debaixo do meu último rabisco:
Fim.
É difícil, Senhor, não poder reclamar, então:

"Ainda não terminei...",
porque há sinfonias inacabadas que são obras primas
e há existências longevas que nunca acertaram o tema.
Tive pena do tempo perdido...
Mas, Senhor, não tivestes minha vida, a cada instante, em vossas mãos?

Rabindranath Tagore


(DO SITE SOMOS TODOS UM)

PREV INA-SE


Equilibre sua justiça, subtraindo-lhe as inclinações para a vingança.
Acautele-se com o seu desassombro para não cair em temeridade.
Analise sua firmeza para que não se transforme em petrificação.
Ilumine suas diretrizes a fim de que se não convertam em desportismo.
Estude sua dor para que não seja revolta.
Controle seus melindres de modo que não se instalem na casa sinistra do ódio.
Vele por sua franqueza a fim de que a sua palavra não destile veneno.
Vigie seu entusiasmo para que não constitua imponderação.
Cultive seu zelo nobre, mas não faça dele uma cartilha escura da violência.

Autoria desconhecida

sexta-feira, 27 de maio de 2011

MORADA CELESTIAL


Lá, no negrume etéreo das jornadas,
Onde os anjos antecedem aos mortais
Lugar, que dos deuses são moradas,
Regiões celestes, dos tronos de cristais...


Lá, no vasto sideral espesso e místico,
Do cosmo gasoso, infinito e fulgurante,
Floresce a paz de um mundo cabalístico,
Uma dádiva de Deus, sublime radiante...


Lá, na plenitude, de um mundo sideral,
Do sagrado fogo, do amor e do encanto,
Dos desejos d’alma, do celeste abrigo...


Onde, no carinho, soberano e imortal,
Vagam gloriosas luzes, não tem pranto,
É teu mundo, sem pecado e sem castigo...

João da Cruz e Souza

ESPERA DE AMOR


Quando a madrugada se amuncia
Teu nome eu promuncio,
Bem baixinho,
Com a esperança de que tua alma
Sondando a minha,
Também amanheça
Como a Estrela da Manhã.
Esse amor que trago no peito,
Como um espinho
Em meu pobre coração,
Grita tão alto,
Quando te falo num cicio
Deste sentimento que é o meu pão.
É ele que me faz levantar ,
Viver e esperar,
Como a Penélope de modernos tempos...
E, na janela, contemplando o belo dia,
Mando-te através do vento
Beijos e sussurros de paixão...

Maria Luiza

PENSAMENTO DO DIA


Sorria sempre mesmo para as pessoas desconhecidas. Provavelmente você trará o alento
a alguém que está triste e se sente desanimado ou mesmo rejeitado. Seu sorriso é como o sol, depois de uma noite escura e difícil,

Maria Luiza

REFLEXÃO


"Cada hoje, bem vivido, faz do ontem um sonho de felicidade e de cada amanhã uma visão de esperança. Cuide, portanto, deste único dia, pois ele e somente ele é a vida." -

Poema Sânscrito

quinta-feira, 26 de maio de 2011

PEGADAS NA AREIA





RELEMBRANDO ESSA MENSAGEM JÁ TÃO CONHECIDA PARA CONFORTO DE TODOS NÓS. MEU AGRADECIMENTO ESPECIAL À JUDITE DO BLOG www.hajalluz.blogspot.com.

QUANDO



Filho meu !

QUANDO, nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;

QUANDO te julgares incompreendido dos que te circundam e vires que, em torno, a indiferença recrudesce, acerca-te de mim: eu sou a LUZ, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos;

QUANDO se te extinguir o ânimo para arrostares as vicissitudes da vida e te achares na iminência de desfalecer, chama-me: eu sou a FORÇA capaz de remover-te as pedras dos caminhos e sobrepor-te às adversidades do mundo;

QUANDO, inclementes, te açoitarem os vendavais da sorte e já não souberes onde reclinar a cabeça, corre para junto de mim: eu sou o REFÚGIO, em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranqüilidade para o teu espírito;

QUANDO te faltar a calma, nos momentos de maior aflição, e te considerares incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoca-me: eu sou a PACIÊNCIA, que te faz vencer os transes mais dolorosos e triunfar das situações mais difíceis;

QUANDO te debateres nos paroxismos da dor e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grita por mim: eu sou o BÁLSAMO que te cicatriza as chagas e te minora os padecimentos;

QUANDO o mundo te iludir com suas promessas falazes e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confiança, vem a mim: eu sou a SINCERIDADE, que sabe corresponder à franqueza de tuas atitudes e à nobreza de teus ideais;

QUANDO a tristeza e a melancolia te povoarem o coração e tudo te causar aborrecimento, clama por mim: eu sou a ALEGRIA, que te insufla um alento novo e te faz conhecer os encantos de teu mundo interior;

QUANDO, um a um, te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero, apela para mim: eu sou a ESPERANÇA, que te robustece a fé e te acalenta os sonhos;

QUANDO a impiedade recusar-se a relevar-te as faltas e experimentares a dureza do coração humano, procura-me: eu sou o PERDÃO, que te levanta o ânimo e promove a reabilitação de teu espírito;

QUANDO duvidares de tudo, até de tuas próprias convicções, e o cepticismo te avassalar a alma, recorre a mim: eu sou a CRENÇA, que te inunda de luz o entendimento e te habilita para a conquista da Felicidade;

QUANDO já não provares a sublimidade de uma afeição terna e sincera e te desiludires do sentimento de teu semelhante, aproxima-te de mim: eu sou a RENÚNCIA, que te ensina a olvidar a ingratidão dos homens e a esquecer a incompreensão do mundo;

E QUANDO, enfim, quiseres saber quem sou, pergunta ao riacho que murmura e ao pássaro que canta, à flor que desabrocha e à estrêla que cintila, ao moço que espera e ao velho que recorda. Eu sou a dinâmica da vida, e a harmonia da Natureza: chamo-me AMOR, o remédio para todos os males que te atormentam o espírito.

Estende-me, pois, a tua mão, ó alma filha de minhalma, que eu te conduzirei, numa seqüência de êxtases e deslumbramentos, às serenas mansões do Infinito, sob a luz brilhante da Eternidade.

Rubens C. Romanelli

CHAKRAS: CENTROS DE ENERGIA




Nós possuímos mais de 88 mil chakras, sendo sete os comumente conhecidos. Os chakras são como uma roda com um nódulo central onde as energias de diferentes campos circulam de maneira centrífuga e pulsam de maneira rítmica, de modo que, em seu conjunto, se parecem com uma flor cujas pétalas estão em harmonia constante. Estes centros geradores de energia distribuem energia vital para os nossos corpos sutis e físico.

Os chakras traduzem os efeitos dos campos vibratórios, astrais, mentais, causais, como manifestações biológicas de nosso sistema endócrino. Atua diretamente sobre os órgãos físicos e com impulsos eletromagnéticos sobre as glândulas, fazendo com que estas distribuam hormônios para a manutenção fisiológica do corpo físico.

Os chakras fazem com que as energias sutis interpenetrem na matriz celular de forma correta, por serem transformadores e controladores energéticos responsáveis pela vitalidade do corpo físico em toda a sua complexidade.

A fisiologia do corpo é controlada pelas glândulas endócrinas do nível celular até o sistema nervoso central. Com o funcionamento correto, as glândulas contribuem para restabelecer o equilíbrio e a harmonia de determinado sistema fisiológico. Inversamente, se um chakra funciona mal, isso pode criar uma disfunção glandular e a ausência de certos hormônios contribuir para patologias físicas e ou emocionais.

A falha na distribuição energética pode também criar uma fraqueza na zona do corpo correspondente ao chakra, vindo a bloquear a circulação de energia e fazendo com que a disfunção crie um estado de dor, doença e acidentes, por estar a pessoa com o seu campo vibratório baixo.

Cada chakra está associado a uma freqüência vibratória específica, ou seja, as cores dos chakras; cada cor é uma vibração e está ligada à consciência do chakra a que corresponde. Abrimos as consciências dos chakras à medida que vamos evoluindo através das experiências de vida, que servem para ampliar os nossos conhecimentos e aumentar com isso o nossa campo vibratório ou aura.

Os chakras maiores são centros de energia com cerca de 7,5 a 10cm de diâmetro. Os chakras menores como, por exemplo, os das mãos e dos pés medem cerca de 2,5 a 5cm de diâmetro. O corpo físico é dividido ao meio, formando dois pólos de energias: Do lado direito, o positivo masculino-YANG e do lado esquerdo, o negativo feminino-YIN.
Chakra "Básico”
Localização: Base da Espinha
Cor: Vermelho
Funções: Traz vitalidade para o corpo físico
Cristais: Ônix ou Turmalina

Chakra “Sexual”
Localização: Umbigo
Cor: Laranja
Funções: Força e Vitalidade Física
Cristais: Cornalina

Chakra “Plexo Solar”
Localização: Abaixo do Coração
Cor: Amarelo
Funções: Digestão, Emoções e Metabolismo
Cristais: Citrino

Chakra “Cardíaco”
Localização: Coração
Cor: Verde
Funções: Energizar o sangue e o corpo físico
Cristais: Quartzo Verde

Chakra "Laríngeo”
Localização: Garganta
Cor: Azul Claro
Funções: Som, Vibração e Comunicação
Cristais: Sodalita

Chakra "3º Olho" (Frontal)
Localização: Entre as sobrancelhas
Cor: Violeta Escuro/Índigo/Anil
Funções: Revitaliza o sistema nervoso e Visão
Cristais: Ametista


Chakra "da Coroa"
Localização: Em cima da cabeça
Cor: Violeta e Branco
Funções: Revitaliza o cérebro
Cristais: Cristal Transparente



Carlos Florêncio

Informação compartilhada, é um passo que nos leva ao autoconhecimento! http://www.inspiraalma.com.br

quarta-feira, 25 de maio de 2011

REFLEXÃO


"As pessoas gastam uma vida inteira buscando pela felicidade; procurando pela paz. Elas perseguem sonhos vãos, vícios, religiões, e até mesmo outras pessoas, na esperança de preencherem o vazio que as atormenta. A ironia é que o único lugar onde elas precisavam procurar era sempre dentro de si mesmas."

- Ramona L. Anderson

terça-feira, 24 de maio de 2011

PENSAMENTO DO DIA


"Não utilizemos bombas e armas para dominar o mundo. Vamos usar amor e compaixão. A paz começa com um sorriso - sorri cinco vezes por dia para alguém a quem não gostarias realmente de sorrir –faze isso pela paz. Então vamos irradiar a paz de Deus e assim acender a Sua luz e de todos os homens todo o ódio extinguir do mundo e dos corações o e amor pelo poder."


Madre Teresa de Calcutá

O AMOR


"O Amor nunca falha, e a vida não falhará enquanto houver Amor.

Seja qual for sua crença, ou sua Fé, busque primeiro o Amor. Ele está aqui, existindo agora, neste momento. O pior destino que um homem pode ter é viver e morrer sozinho, sem amar e sem ser amado.

O poder da vontade não transforma o homem.

O tempo não transforma o homem.

O Amor transforma”.

Henry Drummond

VELHOS TEMPOS

DEDICO ESSE VÍDEO À GERAÇÃO DOS ANOS 60, COM A MINHA SAUDADE E A CONSCIÊNCIA DA EFEMERIDADE DE TUDO NESSE PLANO.
video

segunda-feira, 23 de maio de 2011

SABEDORIA DE AVÓ



Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer a minha neta:
- Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto:
- O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões.
E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta de saudável e forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente!
Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
E satisfaça seus desejos. Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.
Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.
Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito..."
Tenha uma vida rica de vida.
Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável.
Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação.
Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Não cultive as mágoas, porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida. Agora é a sua vez. Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?

Maria Sans Martins

domingo, 22 de maio de 2011

MENSAGEM DE MARIA RITA



Mais uma vez posso falar que eu estou aqui.
E, quando eu estou aqui eu sinto esses momentos... lindos !
Enquanto estou aqui, por permissão divina, posso dizer algumas palavras, no intuito de ajudar um pouco...
Nas estrada de santos verdadeiros que encontrei aqui, no mundo espiritual, tenho encontrado o alento e o alimento espiritual que meu ser precisava.Embora sabedora do meu destino, pois a doença de que fui acometida me deixava bem racional quanto ao que estava chegando para mim, a formação religiosa que tive não falava das coisas que tenho visto durante esse tempo de experiência no mundo espiritual.
Uma doença desse tipo, o câncer, tem muitas explicações sobre as suas causas... e aqueles que o tem em seu corpo não é apenas por um efeito de karma, razão mais lógica e comum, mas também pelo que sentimos em algumas vidas, no sentido da destruição de nossos sonhos.
Mas, na maioria das vezes, segundo esses santos todos, que muito me explicaram, há formas de interrupção do fluxo normal de energia, por interferência de pessoas que mexem com magia negra e outros tipos de manipulação nefasta das vidas alheias, como no caso dos abortos.
Mas sempre, sempre, em qualquer das situações causais possíveis, o corpo humano que nos foi ofertado nos auxilia a concluirmos nossos últimos resgates, para uma purgação total dos órgãos relacionados ao sentimento com o qual ele se reabastece na vida humana.
Francisco Cândido Xavier tem me explicado muitas coisas. Ele, o maior santo que eu conheci na Terra, depois de Jesus Cristo. Nesta semana me incumbiu de uma tarefa que jamais eu pensaria ter.
Esta, de falar ao mundo, de forma mais lúcida do que antes, mostrando que a vida continua... E que existe uma sequência de passos que temos que dar antes que haja um desfecho de ciclo encarnatório na Terra.(...)
Estive junto às equipes de enfermeiros que atenderam os mortos dos deslizamentos de regiões próximas ao Rio de Janeiro, no Brasil.
Socorri muitas vítimas... Isso foi emocionante e triste!
Vi que muitas delas chegavam claras e iluminadas... mas a grande maioria se debatia muito, crendo piamente que estavam ainda debaixo dos escombros e da lama.
Sentiam dores e gritavam, mas, rapidamente, nós aplicávamos sedativos espirituais feitos nas colônias espirituais, à base de matérias fluídicas das árvores da Terra e dos fluidos daqui mesmo.
Chico Xavier está trabalhando muito na área de preparação, planejamento ou promoção espiritual de alguns grupos mediúnicos de cura, para que possam nos ajudar nos próximos resgates de pessoas desencarnadas, não somente as do Brasil, mas de todos os pontos do globo azul.(...)
As sensações de se 'Morrer'... é algo que pode variar muito de pessoa para pessoa.
Quanto mais elas estiverem preparadas, melhor será a sua chegada aqui.
Mas se houver raciocínios muito radicais fica mais difícil compreender como se processam as coisas no plano astral.
Nesse último terremoto que houve hoje, tive a autorização de viajar no aeróbus com muitas equipes socorristas daqui das colônias que ficam acima da nação brasileira.
Lá no Japão existem muitas também, mas os procedimentos deles são baseados em técnicas dos mestres budistas, tibetanos e chineses.(...)
Já as equipes de seres espirituais das colônias do astral do Brasil trabalham mais com passes, imposição de mãos, sonoterapia, cores, música e descanso nos jardins.
Hoje vim aqui porque é preciso que saibam que qualquer pessoa que desencarna, mesmo não sendo ela muito iluminada, ou famosa, como não sou e acabei ficando, sendo comum, como todo mundo, pode se reerguer, se curar, aprender, se elevar, se iluminar e então auxiliar, em meio a todas as criaturas espirituais de boa vontade que vivem em dimensão astral, até as ordens de remoção para outros lugares do universo.(...)
Aí na Terra eu reencontrei o rei de outros tempos, (...) quando éramos sacerdotes da linhagem de Abraão e, enfim, em muitas outras vidas.
Nesta minha última encarnação precisei sanar de meu corpo astral os últimos resquícios da época em que, sem o desejar, por ter sido freira na Itália, ter engravidado de um cavaleiro sedutor, e ter retirado a criança pelas mãos de uma outra freira, que vive hoje na Alemanha e está quase a desencarnar de câncer no útero.(...)
Tenho a tarefa especial de acompanhar o seu desencarne que está próximo, para que ela não venha a ser levada para os abismos lá de baixo, os lugares que conheci e nunca mais quero ver em minha eternidade de vida espiritual.(...)
Ela, por ter tido muitos méritos diante dos supremos tribunais divinos, por ter ajudado muitas pessoas, não somente nessa vida atual, mas em algumas outras, pela lembrança que o seu espírito tinha dos atos que havia cometido, tem a sua consciência mais serena e merece ser transladada para hospitais espirituais.
No terremoto de hoje, as criaturas que eu, pessoalmente pude atender, ao lado de irmã Sheilla e várias outras enfermeiras espirituais, foram levadas, algumas, para o interior, ou o astral inferior da Terra... infelizmente.
Outras foram recolhidas pelos médicos orientais... e ainda outras por nós, pelo fato de elas terem mais ressonância com os tipos de tratamento ocidental, mesmo os espirituais.
Os seres espirituais que são superiores a mim explicaram-me, nessa oportunidade que, os que foram para os planos umbralinos, foram pelo fato de serem aliados de legiões trevosas que já os estavam aguardando.(...)
Segundo ele, o meu amado amigo de fé, agora, Chico Xavier, esses povos tem tido a prova redentora de se suportarem mutuamente, pois que entre eles mesmos, muitos são inimigos ferrenhos. Por isso a superpopulação e os altos índices de suicídio de jovens e outras classes de pessoas, como operários, principalmente.(...)
Muitos mestres despontaram dessas regiões, por terem sido veneráveis missionários a serviço desses povos recalcitrantes, para que se aplacassem as índoles agressivas e ou mercantilistas, que eram as suas características em outros planetas.
Mercantilismo no sistema de tecnologias deles trocadas por favores alquímicos. Quero dizer o seguinte: trocavam projetos tecnológicos por mudanças de patamares de poder com auxílio de magia intergaláctica. Isso agora me dita Mestra Nada.
Essas áreas, então, como a Indonésia e as ilhas todas daquelas regiões e também a própria Rússia, Afeganistão, Israel, Paquistão e outros povos da Ásia, são áreas de grandes intempéries, pelas enormes provações que terão que redimir essas tribos de outras galáxias.
Aqui no Brasil, segundo me informam, tudo dependerá da compreensão do nosso povo sobre todas as orientações que têm sido dadas com relação à aplicação dos mananciais da natureza do planeta.(...)
Acontece que ao povo brasileiro foi dada a incumbência de zelar pela sua nação, que é a Terra da Santa Cruz.
A Terra da Santa Cruz é a terra brasileira que Jesus e Saint Germain estão preparando para a grande acolhida aos povos sofridos do planeta, que, daqui para frente, estarão rumando para cá, antes de maiores abalos sísmicos.
Grande parte desses povos que migrarão para cá tem raízes ancestrais também, como as tem milhares de seres brasileiros.
Essas raízes ancestrais são fecundas em conhecimento sobre os poderes dos elementos da natureza. É preciso que se conscientizem disso, meus queridos irmãos!
Jesus tem me explicado que Ele inspira a muitas pessoas sobre se locomoverem para regiões onde possam celebrar a natureza. Pensam que Jesus está longe? Ou que fica distante de nós, dos acontecimentos da Terra? Não...
Não é impossível falar com Jesus... Ele está muito mais perto de nós do que todos pensam... Ele é bom e carinhoso, pura ternura e vive sorrindo...
Eu vi Jesus, esses dias... quando vimos lá da Colônia Nosso Lar que haveria 'prantos e ranger de dentes' em algumas regiões! Ele desceu numa carruagem de luz ao lado de Mestra Nada. Foi ela mesma que hoje me trouxe aqui.(...)
Existe um rei sim, no Brasil, que pode falar às pessoas que o seu Jesus Cristo tem trabalhado muito, por todas as criaturas de seu mundo. Jesus me disse: -'Falar de mim muito me alegrou sempre, filha. Mas muito me honraria esse rei falar agora sobre o Amor Universal, enquanto esteja aqui... '
Isso é o que eu mais desejava contar a vocês: Eu vi Jesus Cristo! O Rei dos Reis !
E o propósito disso foi dizer a outro rei:
- 'Tem ainda um caminho florido, uma estrada de santos, unidos todos pela causa da luz e do amor, pra você conhecer e para chegar a dizer, sob a inspiração e a condução de um deles, do seu grande amigo de fé, um dia, assim como eu mesma falo pra mim aqui: o importante é que eu muito 'Aprendi' !
Deixo pétalas de rosas vermelhas minhas e de Mestra Nada para esse rei, para vocês e para toda a humanidade !
Fiquem com Deus! Muito obrigada!
MARIA RITA

Mensagem mediúnica recebida por Rosane Amantéa

O QUE DÁ SENTIDO À VIDA


Não sei se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
Se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita.

Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja curta,
Nem longa demais
Mas que seja intensa
Verdadeira, pura.
Enquanto durar.

(Cora Coralina)

sábado, 21 de maio de 2011






FONTE: REDE GLOBO

"BRASIL MOSTRA A TUA CARA"...

Ao assistir a Marcha da Maconha, em São Paulo, no Jornal Nacional, da Rede Globo, tive a impressão de voltar aos anos negros da Ditadura.
Que eu seja bem entendida: não quero defender o uso da maconha, mas ao livre direito da população se manifestar.
Estamos ou não vivendo em uma Democracia? Polícia na rua, batendo cassetete, jogando jatos d’água, tiros de balas de borracha, tudo isso porque jovens provavelmente universitários, trabalhadores, queriam se manifestar pela liberação da maconha? Isso me cheira ao cerceamento da manifestação pública e, pois, à ditadura.
Polícia é para defender a sociedade contra os bandidos que roubam, que matam, que traficam, não para se colocarem contra um segmento da população que tem todo o direito de se manifestar, desde que essa manifestação seja pacífica.
Infelizmente, olho para nossa nação sem grandes esperanças. O mau exemplo vem de cima. Enriquecer-se ilicitamente virou coisa normal. Aliás, tudo que fere a ética virou normal. Estamos vivendo em uma sociedade inteiramente amoral.
A Educação (do que mais entendo) vai mal; a Saúde talvez pior (acredito que muitos brasileiros têm morrido por não conseguirem atendimento imediato); infraestrutura falta em muitas cidades de todo o país; e, assim por diante...
Mas, o analfabetismo não foi erradicado?! Entendo por alfabetizada a pessoa capaz de ler um texto e interpretá-lo e não é isso que tenho encontrado em alunos de Faculdades, professores e futuros professores.
As Escolas não estão em boas condições físicas?! Será que os senhores já viram as escolas do meio rural e, no norte, escolas sobre palafitas?
Mas, a pobreza não foi erradicada? É, muita gente conseguiu atingir a classe C... Entretanto, professores universitários, já aposentados, como é o meu caso, por exemplo, saíram da classe B e passaram para a classe D.
No entanto, os políticos chegam na televisão e mentem descaradamente . É esse o país com que sonhávamos, nós as gerações dos anos sessenta?

Maria Luiza

PELA ESTRADA DA VIDA


Quantos encontros a vida nos oferece? Quantas pessoas Deus colocou em nossos caminhos, em nossas vidas? Alguns permaneceram por pouco tempo, mas deixaram marcas em nós: foram verdadeiros anjos! Dessa forma, nosso caminho torna-se melhor, mais agradável. Aprendemos a partilhar os bons e maus momentos, crescemos na experiência da fraternidade...

Quando alguém entra em nossa vida, passa a fazer parte de nós. Mesmo que vão para longe, permanecem conosco na forma de lembrança, de energia positiva e de amor que transformou nossas vidas. Levam também um pouco de nós no coração da amizade. Então, meu (minha) amigo (a), caminhemos juntos enquanto Deus nos permitir...


Frei Paulo Sérgio, OFM

sexta-feira, 20 de maio de 2011

O MUNDO ESTÁ MELHOR SEM BIN LADEN?



"A morte de Osama Bin Laden é apenas uma pequena amostra da ilusão que o ódio pode ocasionar na criatura humana. Integrantes da família universal podem, quando revestidos de sentimentos menos felizes, considerarem-se ferrenhos inimigos, como no caso em questão. Lamentável, pois, as atitudes dos terroristas que se voltam contra os EUA, como também é lamentável a felicidade com ares de vitória da terra do Tio Sam pela morte de Bin Laden. Em ocasiões assim não há vencedores. Todos perdem.
Interessante que o desconhecimento das leis que regem a vida faz com que até mesmo figuras inteligentes percam-se em devaneios. Explico melhor:
André Trigueiro, jornalista da Globo News, no programa em que apresenta questionou renomado professor de História Contemporânea se o mundo ficaria melhor com a morte de Bin Laden. O acadêmico, impetuosamente respondeu: Obviamente que sim!
Certamente o professor desconhece que despojado do invólucro de carne Bin Laden não perdeu sua ira. Ele não sumiu, apenas está sem o corpo físico. Não vejo, então, qual a melhora efetiva do mundo sem a presença física do terrorista. O mundo estaria melhor se ele tivesse mudado suas disposições íntimas, regenerando-se. Sabemos que nada disso ocorreu, portanto...
Vale destacar também que o sentimento de pseudo-alegria de uma nação pela morte de alguém que os tem como inimigos somente acirra os ânimos exaltados de alguns fanáticos, fazendo a perpetuação do ódio e da vingança.
A morte do corpo não significa a morte do sentimento ou da individualidade. Continuamos existindo e atuando em consonância com nossos propósitos e objetivos. E as vibrações destemperadas de alguns encarnados atingem em cheio o objeto de suas doentias emanações mentais.
Portanto, fácil concluir que desprovido do corpo Bin Laden continuará atuando.
Por isso recomenda-se o perdão das ofensas, para que as contendas não se transformem em ardilosos e nefastos processos de obsessão que perduram por tempo indeterminado, até que as partes envolvidas disponham-se a aparar arestas. É fácil perdoar, simples, passe de mágica? Todos sabemos que não. O perdão é uma construção daquele que busca estar em paz consigo e sua consciência. Muitos dizem: Mas como perdoar? Como conceder o benefício do perdão a um terrorista ou a alguém que tirou a vida de uma pessoa que eu amo? Primeiro é preciso compreender que o perdão beneficia quem o concede, porquanto o livra das correntes do ódio e da vingança.
Aliás, a vingança é claro sinal de inferioridade. Conforme consta em O evangelho segundo na elucidativa mensagem de Júlio Olivier que transcrevemos parcialmente:
A vingança é um dos últimos remanescentes dos costumes bárbaros que tendem a desaparecer dentre os homens. E, como o duelo, um dos derradeiros vestígios dos hábitos selvagens sob cujos guantes se debatia a Humanidade, no começo da era cristã, razão por que a vingança constitui indício certo do estado de atraso dos homens que a ela se dão e dos Espíritos que ainda as inspirem.
Se buscamos seguir Jesus é inconcebível que vibremos com a desdita do outro. Se não é possível perdoar, ao menos não alimentemos a vingança. Se o perdão se faz impossível e nosso coração ainda não é brando o suficiente para concedê-lo, que ao menos não cogitemos de prejudicar quem quer que seja.
Por essas e outras é que discordamos com veemência do professor que concedeu entrevista ao André Trigueiro.
O mundo não está melhor nem pior sem a presença de Bin Laden.
O mundo só estará melhor quando aprendermos a perdoar e o mundo só será o ideal quando aprendermos, de fato, a amar. Assim, nada de perdão, porquanto não estaremos mais no primitivo estágio de causar dano ao outro.
Reflitamos com gravidade nesse momento e analisemos nossa postura como espíritas. O ódio não combina com aqueles que pretendem seguir Jesus.

Pensemos nisso."

Wellington Balbo (Bauru – SP)
Wellington Balbo é autor do livro "Lições da História Humana", síntese biográfica de vultos da História, à luz do pensamento espírita, palestrante e dirigente espírita no Centro Espírita Joana D´Arc, em Bauru.



PENSAMENTO DO DIA


"Só me interessam os passos que tive de dar na vida para chegar a mim mesmo"

Hermann Hesse

quinta-feira, 19 de maio de 2011

CLAMOR


Vem, amor!
Acaso não sabes que toda uma vida
Passei a esperar por ti?
Vem, o outono já chegou,
O inverno se aproxima
E meu coração precisa do calor
Que só pode me dar o seu amor...
Vem, amor, onde estiveres,
Lembra que um coraçã sofrido
Sonha contigo sempre ao anoitecer.
Eu te vejo na lua,
Nas flores, no riso puro das crianças,
Na beleza do universo.
E, enquanto não vens,
Desfolho meus versos,
Como sangue e lágrimas
De um coração incontido...
Pelas madrugadas te chamo
e sem saber o teu nome
Como fêmea no cio eu clamo
Na altura de montanhas
Que vivem em meu pensamento.
Vem, amor,
Não tardes tanto,
Pois me coração cansado
Anseia por tI!

Maria Luiza

DE NOITE, AMADA, AMARRA TEU CORAÇÃO AO MEU...


De noite, amada, amarra teu coração ao meu
De noite, amada, amarra teu coração ao meu
e que eles no sonho derrotem
as trevas como um duplo tambor
combatendo no bosque
contra o espesso muro das folhas molhadas.
Noturna travessia, brasa negra do sonho.
Interceptando o fio das uvas terrestres
com pontualidade de um trem descabelado
que sombra e pedras frias sem cessar arrastasse.
Por isso, amor, amarra-me ao movimento puro,
à tenacidade que em teu peito bate.

Com as asas de um cisne submergido,
para que as perguntas estreladas do céu
responda nosso sonho com uma só chave,
com uma só porta fechada pela sombra.

Pablo Neruda

quarta-feira, 18 de maio de 2011

EU TE AMO HELENA


Como te amei em outras eras
Se passaram tantos quimeras
Que nem sei mais onde estou


Pousaste nos jardins da minha alma
A mais sutil de todas as rosas
Entre fragrâncias preciosas
O tronco milenar do amor
Nas folhas trazidas pelo vento
Uma história que nunca acabou


Teu semblante não me basta
Teu sorriso abre a pasta
Das minhas memórias
Quero encher tua fonte
Com os rios do meu coração
Beber em teu cálice a lava
Do vulcão que não silenciou


Fomos nascidos no mesmo vinhedo
Trazemos nos olhos o segredo
Da plena felicidade
Nossa uva é das mais fina casta
A safra que o tempo velou


As máscaras do cotidiano
Ficam em segundo plano
São sombras produzidas por tua luz
Quando atravessas minha rua
Tua vida toda nua
No livro que tua mão revelou


Nosso amor é universal
Transcende o bem e o mal
Qualquer ilusão terrena
O coração fica na terra
O corpo é uma passagem que encerra
O drama que o ator encenou


Minhas asas são de barro
Mas bebemos no mesmo jarro
Que o céu nos legou
Viveremos um colóquio
Uma simbiose espiritual
Até as portas da liberdade
Que o mundo nos roubou


Jesus Delossantos

Postado por Manuba (Manu) no blog Dom das Palavras

ADVERTÊNCIA


"No justo momento em que o fracasso lhe atropele o carro da esperança, o apoio habitual lhe faltar, a ventania e a adversidadelhe açoitem o espírito, a aflição lhe trave os passos, a tristeza empane os horizontes, a solidão lhe venha fazer companhia, no justo momento, enfim, em que a crise ou a angústia, a sombra ou a tribulação se lhe façam amis difíceis de suportar, não chore nem esmoreça.
A treva da meia-noite é a ocasião em que o tempo dá sinal da partida para nova alvorada. Por maior que seja a dificuldade, jamais desanime, seja forte. O pior momento da vida é sempre o instante de melhorar".


Autoria desconhecida

terça-feira, 17 de maio de 2011

ANTES QUE SEJA TARDE...


"Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos...

Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido... Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre...

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nos e-mails trocados...

Podemos nos telefonar... conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar... meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo...

Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!!! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos...

Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado... E nos perderemos no tempo...

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores... mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!!!"



Vinícius de Moraes, extraído de Fernando Pessoa "Saudade"

segunda-feira, 16 de maio de 2011

RITO DE PASSAGEM DOS CHEROKEE



Você conhece a lenda do rito de passagem da juventude dos índios Cherokees?
O pai leva o filho para a floresta durante o final da tarde, venda-lhe os olhos e deixa-o sozinho.

O filho se senta sozinho no topo de uma montanha durante toda a noite e não pode remover a venda até os raios do sol brilharem no dia seguinte.

Ele não pode gritar por socorro para ninguém.
Se ele passar a noite toda lá, será considerado um homem.
Ele não pode contar a experiência aos outros meninos porque cada um deve tornar-se homem do seu próprio modo, enfrentando o medo do desconhecido.
O menino está naturalmente amedrontado..
Ele pode ouvir toda espécie de barulho..
Os animais selvagens podem, naturalmente, estar ao redor dele.
Talvez alguns humanos possam feri-lo.
Os insetos e cobras podem vir picá-lo.
Ele pode estar com frio, fome e sede.
O vento sopra a grama e a terra sacode os tocos, mas ele não remove a venda .

Segundo os Cherokees, este é o único modo dele se tornar um homem.

Finalmente.....
Após a noite horrível, o sol aparece e a venda é removida.
Ele então descobre seu pai sentado na montanha perto dele.
Ele estava a noite inteira protegendo seu filho do perigo.

Nós também nunca estamos sozinhos!
Mesmo quando não percebemos, Deus está olhando para nós, 'sentado ao nosso lado'.
Quando os problemas vêm, tudo que temos a fazer é confiar que ELE está nos protegendo.

domingo, 15 de maio de 2011

O RETORNO


Se fosse para voltar
Eu voltaria...
De novo todas as dores
Eu sofreria.
Pois foram as paixões
Que me ensinaram a amar.
Foram as loucas decisões
Que acabaram por me dar o siso.
Foi caindo que aprendi,
Foi chorando que conheci o riso.
O riso solto, alegre, livre...
Ah, eu voltaria sim
E teria os mesmos sonhos
Que me trouxeram até aqui.
Seria a menina curiosa
Que logo aprendeu a ler
E mil viagens pode fazer
Através dos mil autores
Que encheram de luz e felicidade
A minha infância e mocidade.
Seria aquela jovem atrevida
Que não aceitava peias,
Pois livre imaginava a vida.
Voltaria sim
Porque tudo valeu a pena.
E, hoje, é uma doce saudade
O porto seguro de meus pais,
As noites de serenata
e os tempos dos ais!
É a fruta madura
Que vale tirar do pé.
É a vida bem vivida
Que merece que perdure a Fé...


Maria Luiza

A IMPERMANÊNCIA E OS CICLOS DE VIDA




Existem ciclos de sucesso, que é quando as coisas acontecem e dão certo.

E os ciclos de fracasso, que é quando elas não vão bem e se desintegram.

Se nos apegamos às situações, oferecemos uma resistência nesse estágio. Significa que estamos nos recusando a acompanhar o fluxo da vida e que vamos sofrer.

É necessário que as coisas acabem, para que coisas novas aconteçam.

Um ciclo não pode existir sem o outro.

O ciclo descendente é absolutamente essencial para uma realização espiritual.

Ou talvez o seu sucesso tenha se tornado vazio e sem sentido e se transformado em fracasso.

Você tem de ter passado por alguma perda profunda ou por algum sofrimento, para ir à dimensão espiritual.

O fracasso está sempre embutido no sucesso, assim como o sucesso está sempre encoberto pelo fracasso.

No mundo da forma, todas as pessoas fracassam mais cedo ou mais tarde. E toda conquista acaba em derrota.

Todas as formas são impermanentes. Um ciclo pode durar de algumas horas a alguns anos, e dentro dele pode haver ciclos longos ou curtos.

Muitas doenças são provocadas pela luta contra os ciclos de baixa energia que são fundamentais para uma renovação.

Assim, a inteligência do organismo pode assumir o controle como uma medida auto-protetora e criar uma doença com o objetivo de nos forçar a parar, para que uma necessária renovação possa acontecer.

Isso torna difícil ou impossível para nós aceitarmos os ciclos de baixa energia e permitirmos que eles aconteçam.

Mas nada dura muito nessa dimensão, onde as traças e a ferrugem devoram tudo.

Tudo acaba ou se transforma.

A mesma condição que era boa no passado, de repente se torna ruim. A mesma condição que fez você feliz agora faz você infeliz.

A prosperidade de hoje se torna o consumismo vazio de amanhã.

O casamento feliz e a lua de mel se transformam no divórcio infeliz ou em uma convivência infeliz.

A mente não consegue aceitar quando uma situação a qual ela tenha de apegado muda ou desaparece. Ela vai resistir à mudança. É quase como se um membro estivesse sendo arrancado do seu corpo.

Isso significa que a felicidade e a infelicidade são, na verdade, uma coisa só.
Somente a ilusão do tempo as separa.

Não oferecer resistência à vida, é estar em estado de graça, de descanso e de luz. Nesse estado, nada depende de as coisas serem boas ou ruins.

Observe as plantas e os animais. Aprenda com eles a aceitar aquilo que é e a se entregar ao agora.

Deixe que eles lhe ensinem o que é ser.

Deixe que eles lhe ensinem o que é integridade, estar em unidade, ser você mesmo, ser verdadeiro.

Aprenda como viver e como morrer, e como não fazer do viver e do morrer um problema.

Desconheço a autoria. É o texto de um belo pps que recebi hoje...

PENSAMENTO DO DIA


Acho que a felicidade é uma espécie de susto; quando você vê, já aconteceu. Ela é justamente uma construção pequena de todos os dias. É como se estivéssemos fazendo uma casa que, a cada dia, precisamos fazer mais um pouquinho. A felicidade não é o resultado da 'casa final', mas a alegria de saber que você a está construindo..."

Pe. Fábio de Melo

O MEU NOME É MULHER



No princípio eu era a Eva
Criada para a felicidade de Adão
Mais tarde fui Maria
Dando à luz aquele
Que traria a salvação
Mas isso não bastaria
Para eu encontrar perdão.
Passei a ser Amélia
A mulher de verdade
Para a sociedade
Não tinha a menor vaidade
Mas sonhava com a igualdade.
Muito tempo depois decidi:
Não dá mais!
Quero minha dignidade
Tenho meus ideais!
Hoje não sou só esposa ou filha
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou caminhoneira, taxista,
Piloto de avião, policial feminina,
Operária em construção...
Ao mundo peço licença
Para atuar onde quiser
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!!!

Autor desconhecido

sexta-feira, 13 de maio de 2011

VAMPIROS DE ENERGIA



Quem já não passou pela desagradável experiência de se sentir muito mal ao lado de alguém? Bocejos sucessivos, sonolência, dor de cabeça, irritação, perda de energia, confusão na cabeça, enjôo entre outros. Fenômenos aparecem após um telefonema ou àquela visita inesperada. Mas o pior é quando a pessoa que nos causa tamanho mal faz parte do nosso círculo de amigos, está entre os colegas de trabalho ou na própria família!
O ser humano emana ininterruptamente energia para o meio ambiente, impregnando o local onde permanece e atinge também as outras pessoas com suas vibrações pessoais. Cada um de nós possui um padrão energético que é determinado pelo tipo de pensamentos, sentimentos e condição física. Todos nós já sentimos antipatias gratuitas por determinadas pessoas, sem sequer manter algum tipo de comunicação com elas. O que acontece nesses casos é uma incompatibilidade energética, embora o contato possa até ser amistoso. A mesma regra vale para as relações de simpatia e afinidade.
Resumindo: além de todos os tipos de comunicação possíveis: fala, audição, toque, visão, escrita, entre outros, estamos de forma ininterrupta nos comunicando energeticamente, ou seja, o meu campo energético interage com o do ambiente e com o das pessoas com as quais entro em contato.
O ideal seria uma comunicação sadia, pautada pela troca de energias equilibrada e cooperativa. Mas ainda estamos muito longe disso, alguns acabam sugando muita energia e dando muito pouco em troca, desvitalizando assim os ambientes e as pessoas.
Mas, como são criados os vampiros e por que esse fenômeno acontece? Muito simples, um vampiro de energia é uma pessoa que está em profundo desequilíbrio interno. Frustração, baixa auto-estima, ressentimento, complexo de perseguição e de vítima, insegurança e, acima de tudo, o egoísmo são estados psíquicos que fazem com que a configuração energética da pessoa se torne desequilibrada, afetando negativamente outras pessoas, roubando-lhes assim sua energia vital. Alguns chegam a interferir de forma concreta na vida pessoal de suas vítimas: intrigas, fofocas, competição desleal agravam mais a situação.
A melhor tática é a segurança interior e o conhecimento do modus operand dos vampiros, ou seja, se eu sei como ele pensa e age, posso estabelecer uma conduta eficaz para combatê-lo:A regra é: NÃO FAZER O JOGO DELE. Se você sabe que alguém quer lhe provocar, fique calmo.
Outra dica valiosa é cultivar a compreensão e compaixão, que são estados de espírito absolutamente positivos e fortalecedores. Lembre-se que um vampiro, acima de qualquer maldade (90% deles operam de forma inconsciente), são pessoas em profundo desequilíbrio e que precisam de ajuda. Embora nunca devamos esquecer que, caso esse ser errante não aceite ajuda e esclarecimento, muitas vezes afastá-lo do grupo é o melhor remédio. É aquela velha história: um fruto podre no balaio…
Mas como nem sempre é possível afastar certas pessoas como um familiar, por exemplo, o melhor é tentar entender porque aquela pessoa está em nossa vida. Muitas vezes as pessoas problemáticas são verdadeiros instrutores na medida em que nos incentivam a cultivar a paciência, a compreensão, a criatividade ou o perdão. Mas em qualquer situação a conselho é sempre o mesmo: nunca se misture com a energia do vampiro. Mantenha sempre a calma, o bom humor e a positividade, que sem dúvida são nossas maiores defesas.
Mas antes de apontar o dedo para o próximo descobrindo vampiros em seus relacionamentos, faça um exame profundo em suas atitudes e observe se você não anda ‘pegando emprestado’ a energia dos outros também!
CONHEÇA OS PRINCIAPIS TIPOS DE VAMPIRO
O jornalista Luís Pellegrini, em matéria publicada na Revista Planeta, fez uma relação muito boa dos dez tipos mais comuns de vampiros. Baseados nessa matéria, vamos enumerar alguns. Você também pode descobrir outros tipos. Divirta-se, afinal o bom humor é a melhor defesa!
A) Vampiro Cobrador: Cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, quer logo saber por que não lhe telefonamos ou visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, estará abrindo as portas.
O melhor a fazer é usar de sua própria arma, ou seja, cobrar de volta e perguntar porque ele também não liga ou aparece.
B) Vampiro Crítico: Só sabe criticar. Todas as observações são negativas e destrutivas. Vê a vida somente pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado de alma escuro e pesado e abrirá seu sistema para que a energia seja sugada. Diga não às suas críticas. Nunca concorde com ele. A vida não é tão negra assim. Não entre nesta vibração.
C) Vampiro Adulador: è o famoso Puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de lisonjas e elogios falsos, tentando seduzir pela adulação. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele simplesmente espera que o orgulho da vítima abra as portas da aura para sugar a energia.
D) Vampiro Reclamador: è aquele tipo que reclama de tudo, de todos, da vida, do governo, do tempo…. Opõe-se a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar. È o mais engraçado é que nem sempre dispõe de argumentos sólidos e válidos para justificar seus protestos. Melhor tática é deixa-lo falando e nunca “comprar” a briga dele.
E) Vampiro Inquiridor: Sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo, e não dá tempo para que a vítima responda pois já dispara mais uma rajada de perguntas. Na verdade ele não quer respostas e sim apenas desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando seu fluxo normal de pensamentos.Para sair de suas garras, não ocupe sua mente à procura de respostas. Para cortar seu ataque, reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal e contundente, e procure se afastar assim que possível.
F) Vampiro Lamentoso : São os lamentadores profissionais, que anos a fio choram suas desgraças. Para sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Chora, lamenta-se e faz de tudo para despertar pena. È sempre o coitado, a vítima. Só há um jeito de tratar com este tipo de vampiro, é cortando suas asas . Corte suas lamentações dizendo que não gosta de queixas, ainda mais que não elas não resolvem situação alguma.
G) Vampiro Pegajoso: Investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Aproxima-se como se quisesse lambê-la com os olhos, com as mãos, com a língua. Parece um polvo querendo envolver a pessoa com seus tentáculos . Se você não escapar rápido, ele irá sugar sua energia em qualquer uma das possibilidades:
Seja conseguindo seduzi-lo com seu jogo pegajoso, seja provocando náuseas e repulsa. Em ambos os casos você estará desestabilizado, e portanto, vulnerável..
H) Vampiro Grilo-Falante: A porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Fala, absoluto, durante horas, enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital.
Para livrar-se, invente uma desculpa, levante-se e vá embora.
I)Vampiro Hipocondríaco: Cada dia aparece com uma doença nova. Adora colecionar bula de remédios. Desse jeito chama a atenção dos outros , despertando preocupação e cuidados. Enquanto descreve os por menores de seus males e conta seus infindáveis sofrimentos, rouba a energia do ouvinte, que depois se sente péssimo. O antídoto é saber que é apenas um modo de chamar a atenção, apesar de muitos de seus males serem verdadeiros. Não sinta pena.
J) Vampiro Encrenqueiro: para ele, o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na base do tapa. Quer que a vítima compre a sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo. Esse é um dos métodos mais eficientes para desestabilizar a vítima e roubar-lhe a energia.
Não dê campo para agressividade, procure manter a calma.


Artigo de Vera Caballero

AS SEIS PERFEIÇÕES DO BUDISMO


1. Generosidade
Uma das principais práticas da filosofia budista, é também sinônimo de doação. Mais do que abrir mão dos bens materiais e de consumo, ela implica disposição para dar algo ao outro de maneira espontânea e de boa vontade.O primeiro passo para você alcançá-la em plenitude é superar o apego. “Pensar na transitoriedade das coisas, inclusive do corpo, diminui nossa ligação excessiva a tudo que nos rodeia. Dê o possível agora e deseje intensamente ser capaz de se desapegar daquilo de que é mais difícil renunciar”, aconselha Geshe Sonam Rinchen.O exercício de tal atitude e a compreensão da transitoriedade das coisas evitam que soframos exageradamente na ausência de objetos, pessoas ou posses que consideramos importantes. Ele recomenda: “Não adie uma ação generosa. Aproveite cada oportunidade que surgir na vida, pois possuir muito é inútil e, quanto maior a doação, mais recursos virão em nossa direção”. Do ponto de vista do budismo, o excesso de bens materiais, além de não trazer a real felicidade para a vida, gera concentração de riqueza de um lado e miséria do outro. Já a divisão dos recursos é capaz de criar prosperidade para todos. Vale lembrar mais uma vez que a generosidade só tem valor quando é sincera, feita com alegria e sem esperar nada em troca.

2. Disciplina ética
Formado pela junção de duas qualidades igualmente importantes e profundas, esse preceito se manifesta de três maneiras diferentes: a coibição do mal, a criação da virtude e o trabalho voluntário pelo próximo.Para o budismo, o mal se expressa por meio de toda atitude física e verbal que possa prejudicar os outros e a nós mesmas. Por isso, um dos papéis da disciplina ética é justamente evitar a impulsividade, o arrependimento e levar à consciência plena das palavras e dos atos diários.“O primeiro passo para ter essa virtude é reconhecer e admitir os pensamentos e ações faltosos como tais”, diz Rinchen. Depois vem a necessidade de transformar suas atitudes: “Você está fazendo o que sempre fez, não é de surpreender que as coisas estejam na mesma. Se quiser que elas sejam diferentes, terá de mudar de hábitos”, orienta.

3. Paciência
Mais do que a simples calma, a paciência representa a capacidade de permanecer com a mente serena em qualquer situação, aceitando voluntariamente as adversidades e confiando que, aconteça o que acontecer, será para seu bem. Ela seria, em linhas gerais, uma compilação da tolerância, da resignação e da fé. Mas é preciso, entretanto, diferenciar a paciência da supressão da raiva, alerta Rinchen. “Quando a raiva simplesmente submerge, persiste como ressentimento, e a paz e a harmonia não são possíveis enquanto houver mágoa”, diz. A paciência seria então o contrário da raiva, a possibilidade de perceber as dificuldades e defeitos dos outros e de compreendê- los, sem julgar, criticar ou condenar. Algo que não é fácil, é claro, mas que pode ser conquistado pouco a pouco. Outro alicerce dessa virtude é a esperança. “Assim como o dia é seguido pela noite e a noite pelo dia, bons e maus períodos se sucedem. Quando houver maus períodos, tome coragem e pense que o sofrimento não durará para sempre”, sugere.

4. Sabedoria
Raiz de todas as qualidades, essa é uma virtude importante para a prática de todas as outras. Sem ela, a generosidade, a disciplina ética, a paciência, o esforço entusiástico e a concentração se tornam cegos. Para Rinchen, é ela que faz com que cada virtude se torne mais forte. Até mesmo para ser generoso, é preciso ser sábio, dizem os especialistas. “O inferno está cheio de boas intenções, por isso é importante sabermos quem e como ajudar para não acabarmos prejudicando quem recebe”, explica Enio Burgos, fundador da Associação Meditar, em São Paulo. O simples ato de dar dinheiro a uma criança de rua, por exemplo, pode parecer uma boa ação, mas corre o risco de contribuir para o mal, caso ele seja usado para a compra de drogas. Essa visão mais abrangente das causas e consequências de nossos atos é a sabedoria, virtude que pode ser adquirida com estudo, observação da realidade e fortalecimento de um olhar mais profundo sobre a existência humana.Buda disse: “Muitos problemas do mundo têm raiz na ignorância”. Na visão budista, negar que não fazer o bem aos outros nos prejudica explica, em parte, o caos que vivemos. O inverso também é verdadeiro: o bem que fazemos volta para nós. “Se percebêssemos a vida como uma oportunidade de nos tornarmos pessoas melhores e enxergássemos no outro um igual, não haveria tanto sofrimento”, diz Burgos.

5. Concentração
Você tem o hábito de fazer mil coisas ao mesmo tempo e de estar sempre preocupada com problemas que ainda não aconteceram? Para o budismo, esse comportamento demonstra que sua mente não está tranquila, pois foi dominada pelo medo e pela ansiedade, emoções contrárias à felicidade. A melhor maneira de combater esses sentimentos, diz Rinchen, é se esforçar para manter a atenção no aqui e agora, vivenciando cada momento por vez, com total concentração, sem perder o foco, haja o que houver. “Precisamos estar mais presentes em cada ato de nossa vida”, afirma o escritor Enio Burgos. “Vejo pais tão apressados ao buscarem os filhos na escola que mal esperam a criança entrar no carro para acelerar. Sabemos que todos têm uma vida corrida, mas, se não temos tempo em quantidade, que possamos dar pelo menos qualidade às pessoas que convivem conosco.”Para aprimorar a concentração, os budistas usam a meditação, que acalma os pensamentos e evita que possíveis problemas, reais ou imaginários, desviem nossa atenção do que realmente importa: o agora.

6. Esforço entusiástico
Todas as conquistas ganham sabor especial quando alcançadas com esforço. Para o budismo, não é somente o bom resultado que nos alegra, mas o caminho que percorremos para consegui-lo. Na visão do autor, ainda que uma pessoa não alcance o que deseja, se tiver se dedicado a isso, ficará feliz no final, pois sabe que fez o seu melhor. Essa junção de prazer e dedicação é o esforço entusiástico, virtude capaz de tornar menos espinhosas até mesmo as tarefas mais difíceis. Ela pode se manifestar na forma de determinação para enfrentar um obstáculo, caso de um atleta que não poupa esforços para superar seus limites, na satisfação em fazer o que é certo e no trabalho em favor do próximo. Para entender isso, basta lembrarmos de pessoas que, em casos de desastres, largam tudo para socorrer os amigos e vizinhos e sentem-se muito felizes com isso. “Todos nós enfrentamos na vida adversidades as quais não podemos controlar, mas os grandes mestres nos mostraram outra dimensão de felicidade, relacionada ao fato de sermos íntegros o tempo todo, dando nosso melhor em todas as tarefas que fazemos, sejam elas para nós ou para os que convivem conosco”, afirma a lama Tsering.





DO BLOG “Encontro com Mestres notáveis”

terça-feira, 10 de maio de 2011

PRANTO NA MADRUGADA


No vai e vem das horas
Me ponho a meditar
Tempo que me foge
E amor que me arde
Saudade como o vento
Batendo na janela
Janela de minh’alma

Rostos, gestos e nomes
Tudo morto e levado pelo tempo
Mas, bem viva esta dor
Que me queima o coração
Dor de quem vive
de quem espera
e tanto ama...

E nas asas do tempo
E do vento
Minh’alma viaja
Por ermos lugares
Lá no passado.

Por tão grande amor
E por tão grande dor
Criam-me asas:
Não sou apenas mulher
Mas pássaro ferido
Em tempestade perdido

Sou noite, sou dia,
Sou primavera e outono
Sabiá e cotovia
Meu canto triste
Se perde em madrugadas frias
E na solidão de meu quarto
Fantasmas me visitam
E ouvem tristes
Este meu canto...


Maria Luiza

NÃO APRENDI A AMAR...


É que sou poeta e
não aprendi a amar”

E a vida, é um lento rascunhar!
Meu leito é de papel por inteiro
Minha paixão, vermelho tinteiro.
Meu desejo, fica à margem,
Meu muso, eterna miragem.
Meu carinho, é verso
Minha estrofe, o reverso.
Minha rima, declaração de amor,
Minhas entrelinhas, pausas na dor.
Meu sofrimento, apenas tema,
Meu amor, dilema.
Meu gozo, fantasia
Minha vida, poesia...

Marly Bastos
(do blog "Palavreados ao vento
"

PENSAMENTO


Estou me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém.
Fui ser feliz e não volto

Caio Fernando Abreu

A ERA DOURADA DA ABUNDÂNCIA



Despertar do pesadelo da ilusão - e para muitos é um pesadelo - é tarefa da humanidade, e ela será realizada porque é a vontade sua e de Deus.

Atualmente vocês estão recebendo ajuda e orientação sem precedentes dos reinos espirituais conforme o momento do seu despertar se aproxima.

Está ocorrendo uma enorme mudança nas atitudes devido ao seu intensificado desejo de paz, harmonia e abundância para todos no planeta, conforme cresce a consciência da enorme e irracional disparidade entre poucos ricos e a maioria empobrecida, uma situação da qual ninguém pode deixar de estar ciente já que informação sobre isto é vastamente disponível.

Esta crescente conscientização de ambos os extremos, a extrema pobreza de bilhões de humanos e a extrema riqueza de poucos está levando a um desejo forte e consciente por parte da humanidade de corrigir este desequilíbrio.

As pessoas sabem que a Terra pode e realmente produz abundantemente, e que não há razão para a pobreza continuar a subjugar tantos.

Os esforços para resolver esta questão começaram logo após o final da Segunda Guerra Mundial, que desalojou e empobreceu tantos.

E desde então, várias organizações têm trabalhado para aliviar a miséria e o sofrimento que a pobreza provoca.

Infelizmente muitas pessoas escolheram acreditar que a pobreza era devida à indolência daqueles que estão na pobreza ou a débitos kármicos que estavam sendo pagos, e não havia vontade de sanar essas atitudes frias encorajadas por essas crenças não caridosas.

Consequentemente, apesar dos melhores esforços que alguns têm feito para resolver o problema, a extrema pobreza permanece uma questão global.

Todavia, o desejo de corrigir este grave desequilíbrio nos padrões de vida está se fortalecendo conforme mais e mais de vocês começam a perceber que esta é uma questão que pode ser resolvida - e deve ser resolvida, se for para prevalecer paz e harmonia por todo o planeta.

Tem-se feito um grande trabalho no Haiti, na Nova Zelândia e no Japão desde os terremotos, e tem-se aprendido muito ao lidar com os resultados deste tipo de evento devastador.

A velocidade com que esta base de conhecimento está aumentando e se espalhando é fenomenal, apesar de que, em sua totalidade, a mídia focalize os erros na administração e execução dos esforços de assistência - uma história aparentemente mais interessante e chamativa - do que nos grandes sucessos que se têm obtido.

Verdadeiramente há um enorme progresso na assistência daqueles que ficaram desalojados pelos desastres naturais, e o conhecimento e a experiência obtidos estão sendo bem utilizados por todo o planeta para aliviar a opressiva pobreza que é endêmica por tanto tempo.

Suas atitudes amorosas combinadas com as divinas energias que banham o planeta estão provando serem extremamente efetivas, e por causa da vontade e do desejo de trazer paz, harmonia e abundância para todos estarem agora prevalecendo, eles serão realizados.

Procurem observar as boas notícias, que frequentemente não são divulgadas amplamente, e chame a atenção de outros para que elas se tornem bem conhecidas.

Lembrem-se de que o sucesso chama mais sucesso.

Quanto mais pessoas estiverem cientes dos resultados satisfatórios de seus esforços em empreendimentos cooperativos para ajudar uns aos outros por todo o globo, mais eficazes esses empreendimentos se tornarão, e mais difundidos eles serão.

Pessoas efetivamente ajudando pessoas é algo inspirador e edificante quando se torna conhecido.

E isto faz mais pessoas participarem desses empreendimentos cooperativos.

A sensação de realização pessoal e de satisfação que isto proporciona é acompanhada pela evidência dos resultados maravilhosos que podem ser alcançados com intenção e ação generosas e amorosas.

Vocês despertarão realmente; as soluções para os problemas terrenos se apresentarão; a ação adequada será tomada; e a paz e a harmonia prevalecerão, conforme seu estado natural de unidade com cada um dos outros envolver todos vocês, e a terna bondade eliminar o estresse, a ansiedade e o medo que têm direcionado seu comportamento por tanto tempo.

A Era Dourada da abundância trará a realização de todas as suas esperanças e desejos, quando o amor substituir o estado endêmico de medo, no qual vocês têm vivido por tanto tempo.

Com muito amor, Saul.
-.-.-.-.o0I.I0o-.-.-.-
Mensagem de Saul por John Smallman

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/

PENSAMENTO DO DIA


O Amor é um eterno querer bem, uma doação permanente, um acolhimento incondicional.

Maria Luiza

domingo, 8 de maio de 2011

PARA SEMPRE...



Por que Deus permite que as Mães vão-se embora?
Mãe não tem limite, é tempo sem hora,
luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba,
veludo escondido na pele enrugada,
água pura, ar puro, puro pensamento.

Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei:
Mãe não morre nunca. Mãe ficará sempre junto de seu filho
e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.

(Carlos Drummond de Andrade)

A todas as minhas amigas e seguidoras, mães extraordinárias, eu sei, meu abraço carinhoso pelo dia de hoje. Muita paz, muita luz, muita fé, muitas bençãos do Altíssimo para que sejam sempre portos seguros e faróis na vida de seus filhos.
Minha mãezinha luta ferrenhamente, em um leito de hospital, contra a morte. Eu já coloquei-a nas mãos do Pai. Que seja feita s Sua Divina Vontade!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

FASES DO VAZIO



Às vezes as mudanças que surgem são tão grandes que nos deixam desorientados e alarmados. Um ente querido que se vai subitamente.
Uma carreira que termina de repente. Uma ligação de um amor profundo que se rompe. Esta é frequentemente a lição de Urano,
cortando-nos abruptamente do velho e nos liberando para o novo.
Ou a lição de Plutão, que nos despoja de tudo quanto é entulho.
Entre o velho e o novo, entretanto, está o vazio. E no vazio podemos sentir uma profunda tristeza.

A tristeza é a primeira fase do vazio. A fase na qual lamentamos o que está perdido. É um momento doloroso. Mas é também um período de limpeza, pois cada experiência de tristeza, quando plenamente compreendida, nos permite fazer uma limpeza profunda de toda a velha dor. Pois em cada episódio de profunda tristeza, o coração, quebrado, se abre, e a partir desta abertura, a energia das velhas feridas pode ser liberada.

Antigas dores de vidas passadas, da infância, os desapontamentos da vida atual, tudo o que esteve energeticamente trancado no coração,
pode ser sentido e, eventualmente, liberado.
Lágrimas, como a água, nos limpam e nos ajudam a manter o nosso coração aberto. As lágrimas contidas criam um endurecimento e uma obstrução no coração, o que nos paralisa e nos impede o estado de amor que procuramos para dar e receber. Este é um momento sagrado
e tem o seu propósito de cura.

A segunda fase do vazio é o que acontece quando a tristeza está quase esgotada. A dor começa a diminuir e nós aceitamos o que é. É quando surge um vislumbre da nova vida, novos sonhos começam a se formar,
como novos brotos germinam na primavera. Esta fase do vazio é uma fase de potencial, uma fase onde começamos a decidir para onde apontarmos a seta, a fim de criarmos o novo capítulo em nossas vidas.
Não importa quão profunda seja a perda, há sempre um novo capítulo,
um novo início esperando.
O vazio é o momento no qual nós começamos a definir a intenção da nova jornada à frente. Ao olharmos o que já terminou, podemos ver que, talvez, partes disto não fossem um verdadeiro reflexo de quem nós somos e podemos partir para criarmos algo que melhor combine com a nossa atual expressão. Se uma carreira termina, geralmente é porque nós a superamos. Se um relacionamento termina, geralmente é porque chegou a um ponto em que teríamos que nos afastar desta pessoa,
se quiséssemos evoluir. Até no caso de entes queridos que se despedem,
as Almas geralmente partem pelo acordo da Alma, quando os contratos que tínhamos com eles, expiraram. Assim, até nestas situações podemos ver que frequentemente os entes queridos nos deixam porque eles completaram o que eles vieram fazer, e também para que possamos ser liberados para avançarmos para novos territórios. Tão sem sentido quanto alguns de nossos términos possam parecer, raramente eles são aleatórios e quase sempre acontecem de modo que possamos ser liberados nas partes da jornada que não podemos seguir juntos, pelo menos nesta expressão do plano da Terra em particular.
Assim, em algum ponto, enquanto as lágrimas secam, é natural começarmos a aceitar a jornada à frente, de modo que possamos seguir em direção às novas experiências que nos acenam.
Se não tivermos certeza para onde ir, se os ventos da mudança estão soprando, mas o destino ainda não está claro, um modo de avançarmos
é pedirmos que o próximo nível do nosso projeto comece a ser ativado para que a nossa Alma ajude a atrair para nós todas as pessoas, situações, oportunidades e experiências que precisamos, a fim de realizarmos o próximo nível do desdobramento da nossa Alma
para esta existência, no tempo divino e perfeito.
Em breve, os novos passos a tomar se tornarão mais claros e novos caminhos se abrirão para trilharmos.
Observe a sincronicidade e as portas que logo se abrem repentinamente depois que fazemos esta solicitação e notem aquelas que se fecham abruptamente. Lembre-se sempre de almejar as qualidades que você quer criar em sua vida (paz, amor, tranqüilidade, diversão, emoção) e menos as espécies (um carro, uma casa, uma viagem), pois as qualidades lhes trarão as formas através das quais
eles possam ser canalizados, além do que as espécies podem vir até você vazias das energias que você busca.
Assim, peça as qualidades e veja o que se apresenta. Peça, por exemplo, uma carreira que seja um canal da expressão da sua alma
e o faça sentir grandioso, ao invés de um emprego com um determinado salário e horário. Peça um relacionamento que o ilumine,
inunde-o com o amor, a conexão e a felicidade da Alma, e não com um companheiro que preencha uma lista de coisas exteriores.
E deixe o universo escolher os detalhes. O Universo é muito mais criativo do que nós e geralmente nos surpreende com mais do que pedimos, pois a nossa habilidade para criar é limitada pelo nosso atual nível de imaginação, que está sempre baseado em nosso passado.
Confie que tudo em sua vida está acontecendo perfeitamente,

ainda que não possa entender completamente por que as coisas tinham que mudar, confie que um dia você compreenderá. Há muita pouca aleatoriedade em nossas vidas. Nós criamos as nossas próprias realidades sim, mas os golpes abruptos em nossas vidas são determinados pelos contratos de Alma. “NOSSOS” contratos de Alma.
Somos nós que estamos ainda criando, mas a partir de um nível mais elevado de ser, que devido ao véu que temos neste plano, permanece em grande parte inconsciente e que frequentemente parece uma guinada externa do destino. Mas é sempre a nossa Alma, decidindo que é o momento de avançarmos, para que experiências novas e mais plenas possam ser trazidas.
Lembre-se de que o objetivo da Alma é continuar a expandir quem nós somos, assim podemos nos tornar maiores, mais ousados, mais brilhantes em nossa luz e amor, e em nossa habilidade de canalizarmos
a plena expressão da nossa Alma, através do veículo físico.
Assim, aceite o vazio como a oportunidade de expandi-lo e de trazer a expansão a sua vida, para conter mais da sua verdadeira essência.
Viaje totalmente no vazio, sabendo que, eventualmente, você aterrissará em uma nova praia. E invoque o brilhante amanhã que o aguarda, para que possa receber a sua próxima aventura no ser.
Aguarde com expectativa a nova vida por vir.

KATIE GALLANTI
(DO BLOG "MUITO ALÉM DE MIM")

AUSÊNCIA


Enquanto o sol insiste em não raiar
e a escuridão sombria me envolve

os pensamentos sequestram a mente
a nostalgia aos poucos me absorve.


Ainda no ar, persiste o teu perfume

nos dedos ainda sinto a tua maciez

teu néctar, impregnou-se na minha boca

e a alcova vazia chora a tua escassez.


Esquecida na mesa tua caneca favorita

vazia como meu coração, jaz entristecida.

No peito sem razão reina firme um desejo

matar essa saudade, vontade de teu beijo.


Espalhados por armários e nas gavetas
te esperam esperançosos, teus pertences
como se de repente, você pudesse voltar
e, com teu sorriso nossa casa iluminar.

O relógio na parede é fria testemunha

das horas tristes que meu dia se compõe

minuto a minuto, escoando vai-se o tempo

enquanto em vão, busco por algum alento.

As vezes, minha mente trama loucuras

um modo de abreviar meu sofrimento

para então, ao teu lado caminhar

mas, fazendo isso jamais iria te encontrar.

E assim, de mãos dadas com a amargura

busco algo para preencher a sua lacuna

cumprindo a risca essa minha penitência

vou sobrevivendo...com a tua ausência.


Valter Montani


Do blog: http://valterpoeta.blogspot.

PENSAMENTO DO DIA


Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito.


Chico Xavier

quinta-feira, 5 de maio de 2011

RELAÇÃO ENTRE CORPO E ALMA...


Deus está constantemente nos enviando mensagens.
Elas estão sempre diante de nós, onde quer que estejamos
Mas passamos a maior parte de nossas vidas sem prestar atenção a elas
Porque são, quase sempre, muito sutis...
Podem estar presentes em uma música, uma frase, um livro ou na própria natureza
Ou até mesmo nestas palavras que você está lendo agora
Mas precisamos estar receptivos a elas, senão jamais as perceberemos
O caminho para a verdadeira felicidade
É aprender a viver em sintonia com Deus, o maior poder do Universo
Todos os nossos problemas, sofrimentos, tristezas, decepções
São conseqüências de estarmos distantes Dele
Vivemos nossas vidas tão preocupados em atingir nossos objetivos materiais
Que deixamos de estar em harmonia com o Grande Criador
Buscamos tanto a felicidade, e não percebemos que ela está bem ao nosso lado
Carregamos tantos fardos inúteis...mágoas, tristezas, medos, preocupações
Buscamos tantas ilusões efêmeras: Sucesso, posição social, títulos...
E nos admiramos quando nos sentimos vazios, deprimidos, sem rumo...
Você já parou para pensar em como a vida é uma dádiva de Deus?
E você, um ser único, por Ele criado para usufruir desta dádiva?
Portanto, viva intensamente, cada minuto, como se fosse seu ultimo
Não deseje nem faça o mal a quem quer que seja...
Faça da humildade tua grandeza, da serenidade tua força
Esqueça as ofensas e mágoas, perdoe...
Viva em Deus e torne-se inatingível
Nenhuma pessoa no mundo terá o poder de te magoar
Livre-se de todo o peso desnecessário: Torne-se leve como um pássaro e livre como o vento
Busque os seus sonhos, desenvolva seus talentos, não se preocupe com o que os outros pensam de você
Tenha Fé no poder da Divina Providência, e nada te faltará
Vibre em harmonia com o universo, cada segundo de sua vida,
E a felicidade que você sentirá, não a trocaria nem por todo o ouro do mundo
Bem, se você chegou até aqui, já deve ter percebido
Quem está falando com você, neste exato instante...
Esta é apenas mais uma das mensagens que chegam a você todos os dias...
Você é um elo na grande corrente humana e pode transmitir esta mensagem a todos que o cercam
Deixe que a Luz Divina preencha todo o seu ser
Deixe que ela flua através dos seus olhos, das suas palavras e dos seus atos
E você encontrará a verdadeira paz, a verdadeira felicidade!!!


FC Perini
Fonte: http://newageinfinitum.blogspot.com

quarta-feira, 4 de maio de 2011

AGRADECIMENTO


Neste dia em que completo mais um ano de vida, quero agradecer ao Pai Maior pelas inúmeras graças que tem me concedido. Agradeço por viver no planeta Terra que, apesar da maldade e irresponsabilidade de alguns, continua lindo e deslumbrante.
Agradeço pelos pais que tive, pelos irmãos, pelos amigos, por minha filha e neta, pela oportunidade de ter podido estudar tanto, ler livros maravilhosos, poder apreciar, com o coração alegre e comovido, a grandeza de todas as artes .
Agradeço pelos caminhos que tenho percorrido, pois todos eles, mesmo tortuosos, cheios de quedas e espinhos, levaram-me sempre ao Amor.
Agradeço, também, pela beleza que tenho podido beber nos blogs e sites de pessoas que acabaram se tornando meus amigos. E, aqui, fica incluída a gratidão pelo desenvolvimento da tecnologia, que me permitiu encontrar essas pessoas tão extraordinárias, muitas das quais vivem tão longe de mim, no espaço físico, mas ligadas pela mesma sintonia em que vibramos.
Amo a Vida Senhor e serei sempre grata a Vós por esta benção que me concedestes.
Perdoai, Pai, se não tenho, tantas vezes, correspondido às Vossas expectativas!
Aos Vossos pés ajoelho-me, humilde e agradecida, dando graças e Vos louvando com cantos de Aleluias.
Amém!


Maria Luiza

terça-feira, 3 de maio de 2011

NÃO ANDEIS ANSIOSOS POR COISA ALGUMA... (FILIPENSES 4:6).




Dr. Robert Elliott, um cardiologista de Nebraska, USA, tinha
duas regras para administrar tensão e preocupação: Regra 1
-- "Não ficar ansioso por coisas pequenas". Regra 2 --"Todas
as coisas são pequenas". (John Maxwell - Como Vencer A
Preocupação)

Quando gastamos nosso tempo inutilmente com ansiedade e
preocupação, perdemos ótimas oportunidades de experimentar
as bênçãos que decorrem de um coração confiante e seguro no
Senhor. Ele nos prometeu grandes coisas e o melhor que temos
a fazer é esperar pacientemente pelo cumprimento de cada uma
delas. De que adianta eu colocar as minhas inquietudes no
altar de Deus se não sou capaz de esperar o tempo certo de
Sua resposta?

E se nós, como o cardiologista de nossa ilustração,
entendermos que grande é o Senhor e não as nossas angústias,
viveremos de forma muito mais abundante e não seremos
incomodados pelo estresse que elas provocam. A fé fortalece
a nossa esperança e em meio a turbulências, experimentamos
momentos de paz e felicidade.

De que adianta passarmos longos dias preocupados com os
problemas que nos afligem se a vitória, sabemos, vem do
Senhor? De que nos valerá estar desesperados se não temos
força ou capacidade de resolvê-los? Deixemos que Deus tome
conta de tudo. Descansemos à sombra de Seu altar e tenhamos
confiança plena de que a solução logo chegará. E, se por
qualquer motivo ela não vier, glorifiquemos a Deus porque
Sua vontade é soberana e Ele terá coisas maiores e melhores
para nós.

Abandone toda ansiedade que impede que você seja realmente
feliz. Abra o seu coração para o Senhor e deixe que Ele
dirija sua vida. Seus problemas, na realidade, são pequenos
e logo desaparecerão.

Grande é o nosso Deus!
Grandes são as bênçãos que Ele nos dá!

Pr. Paulo Roberto Barbosa

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO