BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 15 de junho de 2011

FRASES DE CHICO XAVIER


1. A prece, para o homem, deve ser uma fonte de inspiração para o trabalho; ele deve procurar na oração as forças para agir, porque, sem dúvida, a fé sem obras, no dizer de Emmanuel, não passa de uma flor artificial sobre a mesa...
2. Eu não saberia dizer a relação existente entre mediunidade e
sofrimento... Os meus instantes mais produtivos na mediunidade foram também os de maior luta. Reclamar das dificuldades que tenho enfrentado seria negar as bênçãos que a mediunidade me tem proporcionado no trabalho com os Bons Espíritos.
3. Quem mais sofre no mundo é quem tem mais tempo para si mesmo. Quando o sofrimento alheio nos incomoda, o nosso não nos incomoda tanto... Eu tinha que ir para o “Luiz Gonzaga” escutar o povo; escutando aquela fila, acabava me convencendo de que o que eu sofria não era nada... A gente tem a mania de dramatizar em excesso a própria dor!
4. Passei fome, passei frio – Pedro Leopoldo sempre fez muito frio, ventava muito... A nossa casa não era forrada... Às vezes, a gente não tinha o que comer – era uma panela ou duas no fogão... Mas ninguém em casa morreu por causa das privações que passávamos. A gente comia só arroz, chuchu... De vez em quando, uma mandioca, ovos; carne era muito difícil... Sempre tive muito bom apetite. Caso tivéssemos tido excesso de comida em casa, eu
haveria de me empanturrar... E a mediunidade?! Como eu seria capaz de produzir de barriga cheia, se, muitas vezes, os Espíritos Amigos aproveitavam os minutos que me sobravam da folga do almoço para escrever?!
Penso que tudo que passei na Vida tinha uma razão de ser; o meio aparentemente adverso em que renasci era o que eu necessitava para servir na condição de médium...
5. Eu nem sempre posso falar o que penso, mas o que não posso falar é exatamente aquilo que eu não devo dizer...
6. Em matéria de dinheiro, Emmanuel sempre me disse – Chico, é preferível que lhe falte um milhão a que lhe sobre um centavo...
7. A questão mais aflitiva para o espírito do Além é a consciência do tempo perdido...
8. A verdade que fere é pior do que a mentira que consola... Entenda quem puder.
9. Trabalhei muitos anos com os espíritos sofredores... Eles me ensinaram muito. O que eu sei, não aprendi apenas com os nossos Benfeitores. A mediunidade também não pode ser elitista... Médium elitizado é como um anel de brilhante que, de tão caro, não pode sair do cofre...
10. Uai, a gente não pode querer que todo o mundo nos aceite; às vezes, nem nós mesmos nos aceitamos... Nem Jesus é unanimidade entre os homens!...
11. O espírito de competição – eis o que precisa terminar entre os companheiros de Doutrina Espírita.
12. O trabalho é remédio para muitos males do corpo e da alma – mais para os males da alma. Quem procura uma OCUPAÇÃO útil, seja ela de que natureza for, foge às ciladas que os espíritos obsessores armam para os homens na Terra.
13. No centro espírita onde existe muita briga, muita discussão, está faltando trabalho; quem verdadeiramente trabalha na Doutrina não tem tempo para dedicar-se ao conflito com quem quer que seja...
14. Os espíritas que discutem excessivamente entre si não estão defendendo os interesses da Doutrina e, sim, os seus próprios pontos de vista.
15. Quem compreende o espírito da Doutrina não se sente animado à discussão... O Espiritismo nos auxilia a identificar tão claramente as nossas necessidades, que, quando delas tomamos consciência, não encontramos, no sentido de nos melhorarmos um pouco, outra alternativa que não seja a do trabalho aliado ao silêncio.
16. Quem não tem razão no que me critica, não merece resposta; quem tem, está falando a verdade, e contra a verdade ninguém nada pode. É o que Emmanuel tem me ensinado. Por este motivo, a vida inteira procurei ouvir em silêncio as verdades e as mentiras que têm sido ditas a meu respeito.
17. Creio que, quando cada um de nós estiver cumprindo os deveres que nos competem, perante Deus e diante da vida à frente dos outros e ante a nossa própria consciência, alcançaremos a paz duradoura.
18. Certa vez, um repórter me perguntou que sugestão eu teria para as Nações Unidas, no sentido de se evitar futuros confrontos armados. Com todo o respeito à indagação que me fora formulada, respondi que, caso me atrevesse à respondê-la, reconhecer-me-ia na posição de uma formiguinha que se decidisse, indebitamente, a opinar em assuntos que competem a uma assembléia de sábios, com os quais a pobre formiga nada tem a ver.
19.. Se eu dispusesse de autoridade, rogaria aos homens que estão arquitetando a construção do Terceiro Milênio que colocassem no portal da Nova Era as inolvidáveis palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo: - “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.
20. Até que os espíritos aparecessem em minha vida, eu me sentia muito solitário... Passava muitos dias sem conversar com ninguém. Foram os espíritos que destramelaram a minha língua...


Carlos Bacelli

2 comentários:

  1. São pensamentos para refletir sempre....

    Ah!!! Estou levando o selo, tá bom?...Postarei no blog de selos.
    Um super beijo de gratidão, grande Coração!!!

    ResponderExcluir
  2. Lindas as projeções propostas pelas frases de Chico Xavier.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO