BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

PENSAMENTOS DE OSHO


Ninguém nasce para o outro. Amor e liberdade andam juntos. Ela é uma expressão do amor. "Dar" liberdade é confiar. O crescimento precisa de liberdade. De todas as artes, o amor é a mais sutil e precisa ser aprendida. Amor é felicidade, harmonia, saúde. Um grande amante está sempre pronto a dar amor e não está preocupado se vai receber de volta ou não. O amor tem sua própria felicidade intrínseca. Quanto mais amamos, maior a possibilidade da pessoa certa acontecer, porque o coração floresce. O amor real nos deixa felizes e harmônicos pela simples presença do outro. Amor é eternidade. Se estiver presente, cresce. Ele conhece o início, mas não o fim. Duas pessoas infelizes que se unem multiplicam sua infelicidade. Osho

Um homem de amor sabe viver plenamente, porque vive totalmente. Seu corpo está cheio de amor; as células de seu corpo dançam no amor- não cheia de lógica, mas de amor. Seu coração está cheio de amor. Ele não é apenas um sistema para purificar o sangue, nem um instrumento respiratório; ele inspira amor e expira amor. Sua própria alma nada mais é que puro amor, um oceano de amor. Uma pessoa assim com certeza encontra a existência. Onde a existência poderia se esconder de tal pessoa? Na verdade, a pessoa não precisa ir atrás da existência; a existência é que vem atrás dela. E aí é que está a beleza: quando a existência vem procurar você." (OSHO)

Experimentar o amor é uma das mais belas experiências da vida.
Para vivenciarmos o verdadeiro amor, quatro passos devem ser celebrados.
O primeiro passo é: esteja aqui e agora - porque o amor só é possível aqui e agora.
O segundo passo em direção ao amor é libertar-se dos sentimentos negativos, porque muitas pessoas amam, mas seu amor está contaminado por sentimentos como ciúme, possessividade, medo.
O terceiro: compartilhe. O amor é uma fragrância a ser compartilhada, irradiada. O amor não pode ser acumulado; ele só pode ser compartilhado. E o quarto: seja um nada. Somente quando você está vazio de você,há o amor.
Quando você está cheio de ego não é possível amar.
E quando duas pessoas estão se amando, um dos maiores paradoxos da vida acontece.
Elas estão juntas, são quase um, mas esta unidade não destrói a individualidade. Na verdade realça.
Duas pessoas maduras em verdadeiro amor ajudam-se mutuamente a se tornarem mais
livres, mais plenas, mais completas.


Osho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO