BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

domingo, 20 de fevereiro de 2011

EVANGELHO DO DIA


Evangelho segundo S. Mateus 5,38-48.

«Ouvistes o que foi dito: Olho por olho e dente por dente. Eu, porém, digo-vos: Não oponhais resistência ao mau. Mas, se alguém te bater na face direita, oferece-lhe também a outra. Se alguém quiser litigar contigo para te tirar a túnica, dá-lhe também a capa. E se alguém te obrigar a acompanhá-lo durante uma milha, caminha com ele duas. Dá-a quem te pede e não voltes as costas a quem te pedir emprestado.» «Ouvistes o que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, digo-vos: Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem. Fazendo assim, tornar-vos-eis filhos do vosso Pai que está no Céu, pois Ele faz com que o Sol se levante sobre os bons e os maus e faz cair a chuva sobre os justos e os pecadores. Porque, se amais os que vos amam, que recompensa haveis de ter? Não fazem já isso os cobradores de impostos? E, se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não o fazem também os pagãos? Portanto, sede perfeitos como é perfeito o vosso Pai celeste.»

Da Bíblia Sagrada

OS SINAIS DE DEUS



Muitas pessoas vivem tão imersas no turbilhão da vida material que não percebem os inúmeros sinais que Deus lhes envia.
Eu teria mil histórias a contar-lhes, mostrando como percebo claramente os sinais que Deus me envia, mas vou pontuar aqui apenas dois: era uma época em que , depois de duas cirurgias em ambas as mãos, eu sentia dores horríveis e não conseguia mexer um dedo sequer; minhas mãos haviam perdido todo o movimento. Eu estava sozinha em casa, sentada no degrau da varanda e orava pedindo a Deus que me levasse. De repente, percebi o som de algo caindo na caixa postal. Estranhei, pois todas as contas já haviam chegado e minha correspondência, naquele tempo, ia para a caixa no Correio. Levantei, mas não tinha condições de pegar seja lá o que fosse. Assim, chamei a vizinha e ela, prontamente, pegou uma carta endereçada a mim. Pedi que a lesse e, enquanto ela o fazia, as lágrimas banhavam meu rosto e eu pedia perdão a Deus pelo pedido tolo que eu lhe fizera. Resumindo, a carta era de uma psicóloga de Contagem, na grande BH, e ela suplicava a Deus que fizesse com que eu vivesse ainda muitos anos para continuar iluminando a vida das pessoas. Tudo isso porque ela trabalhava com crianças deficientes com um livro meu e dizia que conseguia resultados formidáveis.
Bem, isto não foi apenas um sinal de Deus, mas um verdadeiro puxão de orelha...
Vamos, agora, ao outro caso: eu amo plantas e me encanta ficar a contemplá-las. Eu era doida para ter uma flor chamada camará, mas sempre que a plantava, ela jamais ia adiante. Fenecia até morrer. Um dia, já viúva, e vivendo problemas de toda ordem, estava sentada no meu quintal em oração e, como sempre até então, pedindo algo ao Senhor. De repente, quando levantei a cabeça, vi uma flor que não existia em meu quintal. Fui até lá e era uma única florzinha de camará. Levantei os olhos para o céu e agradeci ao Senhor, compreendendo sua resposta a todos os meus pedidos. Deste dia em diante, passei mais a agradecer do que a pedir, pois hoje estou certa que Ele a tudo provê. A florzinha de camará tornou-se um belo arbusto sempre florido. Cada vez que eu o contemplo, tenho paz em meu coração e, mais uma vez, agradeço so Senhor.
Não deixe de perceber os sinais que Deus lhes envia. Basta estar atento!
Abraço fraterno,

Maria Luiza

SOMOS FIÉIS A NÓS MESMOS?




Trocamos a cor dos cabelos,
damos-lhes o melhor corte,
e às vezes somos tão resistentes
em trocar alguns pensamentos,
sem notar o quanto nos enfeiam.

Colocamos óculos elegantes,
lentes coloridas,
mas nem sempre pomos no olhar
um brilho de alegria de viver.

Fazemos plástica, esticamos a pele,
verdadeiros malabarismos para
um rosto mais "bonito"
e quase nunca lembramos
de que uma expressão serena
garantiria mais de meio caminho andado.

Tratamos os dentes,
"compramos" sorriso,
mas bem raramente
sorrimos espontaneamente
como o homem simples e sem dentes
ou a novinha criança.

Fazemos musculação,
"correção" de seios,
mas com que pouca freqüência
mostramos os reais sentimentos
que levamos no peito!

Obedecemos a rígidas dietas
para ganhar ou perder peso,
para sermos mais "elegantes",
mas não questionamos
se somos uma presença
leve e agradável.

Baixamos o guarda roupa,
compramos roupas novas,
buscamos andar na moda,
mas não nos desfazemos
de alguns hábitos,
costumes e crenças antigas
que nada somam ao presente.

Vamos para outra casa,
renovamos a mobília,
trocamos de carro,
mas resistimos a mudar por dentro,
não tiramos o que está "velho",
não damos novas direções
ao nosso mundo interior.

Mudamos nossas relações,
trocamos de amigos
e queremos que os amigos mudem
para satisfazer nossas necessidades.

Assim prosseguimos
perdendo pessoas
que poderiam ser
bênçãos em nossas vidas.

Não estará na hora
de mudarmos a nós mesmos,
mais profundamente,
mais amorosamente,
e colhermos de graça
frutos de sabedoria
que existem à nossa disposição?

Que grande aventura
será mudarmos um pouco por dentro
toda vez que mexermos no lado de fora!

O Universo sempre apoia
cada mudança bem feita.

Será um novo desafio
a cada novo dia!



Desconheço o autor

(fonte: Nectan Reflexões)

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO