BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 18 de abril de 2011

MAIS UMA ORAÇÃO DA PRESENÇA



(Com Alma Celta e Coração Lindo)

Que você jamais se esqueça de que é um espírito, um cidadão do universo.
Que você saiba que é muito amado (a) pela Luz.
Que você sinta o Amor como um presente da Presença*.
Que você tenha a coragem de escutar o seu coração – mas sem perder a razão.
Que você honre a sua jornada – e que os seus objetivos e valores sejam lindos.
Que você continue cantando – e amando... Mesmo nas horas difíceis.
Que você nunca deixe de se emocionar com um lindo pôr-de-sol.
Que você respeite o seu corpo – e agradeça à Mãe Terra pelo presente.
Que você olhe para o firmamento e sinta que as estrelas são suas irmãs.
Que você faça a grande magia de transformar a si mesmo (a) – sempre na Luz.
Que você nunca se deixe levar pelas aparências – e nem pelas coisas transitórias.
Que você não se envergonhe de seus pensamentos – e nem traia a si mesmo (a).
Que você jamais se esqueça de onde veio realmente – pois tudo vem da Presença.
Que você não acalente o ódio em seu coração – e nem revide o mal.
Que você sinta a Canção da Vida tocando todas as fibras do seu Ser.
Que você seja digno (a) dos estudos espirituais que realiza.
Que você não machuque o seu coração com emoções pesadas.
Que você ore pelo bem de todos, porque sabe que a Presença escuta o seu coração.
Que você tenha a coragem de vencer a si mesmo (a).
Que você, mesmo diante das provações, não renegue o Divino em si mesmo (a).
Que você tenha a coragem de permitir que a Luz dissolva o seu orgulho.
Que você escute o chamado sutil da Presença nessas linhas...
Que você perdoe os outros – e também se perdoe -, pois é preciso ser feliz.
Que você tenha o brilho do amanhecer em seus olhos...
Que você se permita rir igual criança – e, se puder, faça uma canção.
Que você, em espírito e verdade, agradeça a Presença – por tudo.
Que você sinta o Oran Mor em seu coração...

P.S.:
Que os seus chacras sejam lindos – como pequenos sóis cheios de amor e paz.
Que sua aura seja muito brilhante, com as cores da Bem-Aventurança.
Que a sua fé seja inquebrantável – e alicerçada pelo discernimento e o Amor.
Que as suas pegadas sejam luminosas – e que os seus atos sejam justos e honestos.
Que nada separe você do benévolo círculo de Luz da Presença.
Ah, que o Amor mais lindo de todos lhe abençoe...

Paz e Luz.
Wagner Borges – centelha espiritual de um Grande Amor...

- Nota: A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo. Quando os antigos iniciados celtas admiravam os momentos mágicos do alvorecer e do crepúsculo, costumavam dizer: Isso é um assombro! E assim era para todas as coisas consideradas como manifestações grandiosas da Natureza e do ser humano. Ver o brilho dos olhos da pessoa amada, a beleza plácida da lua, a alegria do sorriso do filho, ou o desabrochar de uma flor eram eventos maravilhosos. Então, eles ousavam escutar os espíritos das brumas, que lhes ensinaram a valorizar o Dom da vida e a perceber a pulsação de uma PRESENÇA em tudo.
A partir daí, eles passaram a referir-se ao TODO QUE ESTÁ EM TUDO como a PRESENÇA que anima a Natureza e os seres. Se a luz da vida era um assombro de grandiosidade, maior ainda era a maravilha da PRESENÇA que gerava essa grandiosidade. Perceber essa PRESENÇA em tudo era um assombro! E saber que o sol, a lua, o ser amado, os filhos, as flores e a Natureza eram expressões maravilhosas dessa totalidade, levava os iniciados daquele contexto antigo da Europa a dizerem: Que assombro!
Hoje, inspirado pelos amigos invisíveis celtas, deixo registrado aqui nesses escritos o terno assombro que sinto ao meditar na PRESENÇA que está em tudo. E lembro-me dos ensinamentos herméticos inspirados no sábio estelar Hermes Trismegisto, que dizia no antigo Egito: O TODO está em tudo! O Inefável é invisível aos olhos da carne, mas é visível à inteligência e ao coração.
O TODO ou A PRESENÇA, tanto faz o nome que se dê. O que importa mesmo é a grandiosidade de se meditar nisso; essa mesma grandiosidade de pensar nos zilhões de sóis e nas miríades de seres espalhados pela vastidão interdimensional do Multiverso, e de se maravilhar ao se perceber como uma pequena partícula energética consciente e integrante dessa totalidade, e poder dizer de coração: Caramba, que assombro!

WAGNER BORGES
link: http://somostodosum.ig.com.br

12 PENSAMENTOS SUFI


Lembremo-nos: Com todos temos a prender, principalmente com as sabedorias milenares.
Maria Luiza


1 - Existe um Deus Eterno, ser único: não mais bem-sucedido.

2 - Não existe um Mestre, o espírito norteador de todas as almas, o que leva as almas todas para a luz.

3 - Não é um livro sagrado, o manuscrito sagrado da natureza, só a Escritura, que pode esclarecer o leitor.

4 - Não é uma religião, o progresso que não se desvie do caminho certo em direção ao ideal que realiza o propósito da vida para cada alma.

5 - Existe uma lei, a lei da reciprocidade, que pode ser observada pela alma sem ego que acorda à justiça.

6 - Existe uma Irmandade, a família humana, que reúne os filhos da terra, sem discriminação na Paternidade de Deus.

7 - Existe uma moral, o amor, do auto-esquecimento, flores, na caridade.

8 - Não é um objeto de louvor, a beleza de tudo o visível e o invisível, o que eleva os corações de seus fiéis.

9 - Há uma verdade, a essência de toda a sabedoria: o conhecimento verdadeiro de nós mesmos, tanto interna como externamente.

10 - Há um caminho: para aniquilar o ego falso do real, aumentando o mortal para a imortalidade, que habita em toda a perfeição.

11 - Não é a dor. A dor é a porta do amor, que ambos pertencem. "A dor do amor se tornou o remédio para todos os corações, as dificuldades nunca poderiam ter sido sanadas sem amor."
Se o seu coração está aberto, também está aberto à dor. Um dos antigos mestres disse: "Se você me machucar, aqui estão as pedras, e aqui estou." Se você evita a dor também evita o amor, que ambos pertencem.

12 - Há o amor ... O grande poeta sufi Rumi disse: "Eu choro e choro e choro até que o leite ferva Sua bondade." Ele está expressando o que é mais valioso para um Sufi: o anseio por Deus. O Sufi sabe que o desejo dá-nos o caminho mais direto para o nosso amado, a Deus. No fundo do coração, é a principal dor de saudade, o grito da alma separada de sua fonte. É uma dor que vem como uma lembrança de quando estávamos com Deus, o que os sufis chamam de "a doçura que era antes de mel ou de abelha." Em alguns momentos especiais em nossas vidas, recebemos uma amostra deste sindicato, um gole de memória divina. É tão incrivelmente doce e inebriante despertar latente até então o conhecimento da alma para estar com Deus. Então a paixão do coração começa a queimar como uma dor no coração e desperta o desejo. Em todo o romance, você implora a quem você ama. Espere o telefone tocar, você receberá uma carta. Você espera que seu amante voltar para casa. O romance com Deus é o mesmo, mas amplificado. É longo o esperar. Você espera o momento em que o amado inesperadamente em seu coração, o momento em que você sentirá suave carícia de sua proposta.

Fonte: http://sabiduriasufi.blogspot.com/
POSTADO POR PATRÍCIA MELO

O VELHO


Lá vai ele caminhando,
Curvo e com o olhar no chão.
A dor o acompanha
E o cansaço no coração.

D vida esgotado
E de tudo desiludido.
Já nada mais espera
Senão o último traslado.

A mocidade distante
Foi apenas um belo sonho.
Hoje sozinho e triste
Só enxerga o abismo medonho...

Maria Luiza

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO