BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

QUEM É O POVO DE DEUS?


Pelo Velho Testamento o Povo de Deus seriam os judeus. Entretanto, a Igreja Católica, quando se refere ao Povo de Deus, quer dizer os cristãos.
Acho, entretanto, que, enquanto fizermos estes tipos de divisões, não somos o Povo de Deus.
Em princípio, o Povo de Deus seríamos todos nós, suas criaturas. Se fomos todos criados por Ele, se trazemos dentro de nós o Seu Sopro, a Sua fagulha, como não sermos Dele?
A verdade, porém, é que somos uma Luz que precisa brilhar; diamantes que necessitam ser burilados. Assim, somente quando dentro de nós se instalar a Paz, o amor incondicional, a verdadeira fraternidade, a solidariedade, o espírito de justiça, o acolhimento, a ternura, o perdão, enfim, quando nos tornarmos verdadeiros seres humanos plenos, seremos realmente de Deus. Somos seres de Amor, Luz e Paz.
O mal das religiões é que elas separam as pessoas. Fazem discriminações. Levantam muros e não pontes. Cada uma se crê dona da Verdade. Acredito que isso não pode agradar a Deus.
Somos todos irmãos, pertencemos à mesma família, à mesma raça: a raça humana. Podemos interpretá-Lo de forma diversa; podemos ter os nossos próprios rituais, maneiras diferentes de louvá-Lo, mas somos todos criaturas Dele.
Na minha maneira de pensar, quando algum representante de qualquer religião se referir ao Povo de Deus como sendo os que professam a sua fé, estarão gravemente ofendendo ao Criador.
Jesus Cristo afirmou que nenhuma ovelha seria perdida e que haveria um só Rebanho e um só Pastor. Tudo que vive sobre a Terra é manifestação de Deus. Somos seus filhos, usando termos comuns à nossa linguagem e dentro da nossa compreensão. Entretanto, à medida que atingirmos o ápice de nossa humanidade e passarmos ao reino Angélico alargar-se-á a nossa compreensão e, provavelmente, usaremos outros termos para designar o Criador e a sua criatura.

Maria Luiza

QUE PEDES DA VIDA?





Montagem com texto de Emmanuel do livro Vinha da Luz

REFLEXÃO


"Podemos,às vezes, ofender com palavras, mas podemos também ofender muito mais com o silêncio. Nenhum insulto pronunciado jamais feriu tão profundamente como a ternura que esperamos e não recebemos. Ninguém jamais se arrependeu tão amargamente de uma indiscrição pronunciada como das coisas que deixou de dizer".

Jan Strudher

PENSAMENTO DO DIA


"Todas as vezes que você aponta o dedo na direção de alguém, outros três estarão apontando para você".

Paul Robeson

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO