BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

PARA SEMPRE...



A tarde acabou devagarinho
serena ainda, morna do sol de Outono...
Retendo em si o cheiro da terra e o sabor da tua boca
a noite deitou-se comigo e tu também...
Pela janela aberta chegou o cheiro do orvalho pousado
nas folhas verdes das árvores que não dormem...
E trouxe consigo de mão dada o odor quente da terra
e das estrelas,
aproveitamos a luz distante e trémula...
Fizemos amor em lençóis lavados em água fria
que nasce das entranhas das montanhas
e secos ao sol...
A tua pele dizia-me coisas que não dizia a mais ninguém
e a tua boca também...
O longo cântico dos grilos misturava-se com a tua respiração
e era música composta pela mão de Deus ou do demónio...
Desejei que o tempo parasse
naquele momento e ficássemos assim
para sempre...!

Publicada por minha amiga Blue_Ocean

PRIMAVERA


A primavera é a estação dos risos,
Deus fita o mundo com celeste afago,
Tremem as folhas e palpita o lago
Da brisa louca aos amorosos frisos.

Na primavera tudo é viço e gala,
Trinam as aves a canção de amores,
E doce e bela no tapiz das flores
Melhor perfume a violeta exala.

Na primavera tudo é riso e festa,
Brotam aromas do vergel florido,
E o ramo verde de manhã colhido
Enfeita a fronte da aldeã modesta.

A natureza se desperta rindo,
Um hino imenso a criação modula,
Canta a calhandra, a juriti arrula,
O mar é calmo porque o céu é lindo.

Alegre e verde se balança o galho,
Suspira a fonte na linguagem meiga,
Murmura a brisa: - Como é linda a veiga!
Responde a rosa: - Como é doce o orvalho!


CASSIMIRO DE ABREU

A PORTA DA VERDADE


A porta da verdade estava aberta,
mas só deixava passar
meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava
só trazia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade
voltava igualmente com meio perfil.
E os meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.
Chegaram ao lugar luminoso
onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela.
E carecia optar. Cada um optou conforme
seu capricho, sua ilusão, sua miopia.

Carlos Drummond de Andrade

do blog "Amor em Poesia"

PENSAMENTO DO DIA


Quando você se compara com os outros significa que você não se entende.
Seja sempre você mesmo e todos terão muito amor por você.
Tenha a fé de que você pode se tornar o que quiser ser.
E isso é fácil.
Apenas seja alegre e continue sorrindo;
não deixe que sua mente seja negativa –
ao contrário, permita que ela dance, livre, leve e solta.
E lembre-se:
quando você sorri, as fraquezas desaparecem
e você descobre que não existe nenhuma dificuldade
que não possa ser superada.
Sorria!

Brahma Kumaris

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO