BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

ORAÇÃO



Dá-me a alegria
Do poema de cada dia.
E que ao longo do caminho
Às almas eu distribua
Minha porção de poesia
Sem que ela diminua...
Poesia tanta e tão minha
Que por uma eucaristia
Poesia eu fazê-la sua
"Eis minha carne e meu sangue!"
A minha carne e meu sangue
Em toda a ardente impureza
Deste humano coração...
Mas, ó Coração Divino,
Deixai-me dar de meu vinho,
Deixai-me dar de meu pão!
Que mal faz uma canção?
Basta que tenha beleza...


Mario Quintana

INTUIÇÃO - A CANÇÃO DO CORAÇÃO



Apenas quando nos silenciamos, quando nos abstemos dos pensamentos, podemos ouvir a canção do Coração. Ritmo e Harmonia juntos criam sons decodificados como respostas esclarecedoras para as nossas dúvidas...

O Coração, morada do Amor Infinito, está em ressonância constante com a Verdade Maior e, portanto as suas respostas são sempre sábias. Mas ele, o Coração, não consegue trabalhar sozinho, ele precisa da ajuda da nossa mente para que a sua canção se transforme em "CONSCIÊNCIA".

O nosso Coração representa o feminino, a Mãe, e a nossa mente representa o masculino, o Pai. O Amor Mãe, a Vontade Pai. É preciso o encontro dos dois para que nasça o filho, o Cristo. O Cristo é O Ser Supremo nato em nós que precisa surgir para a vida e cumprir a sua missão que é SERVIR.

Para escutarmos a canção do Coração, a Fonte Suprema de Sabedoria, precisamos criar uma ponte entre a mente e o Coração para que eles possam trabalhar juntos. Isso é feito através da prática constante da meditação. Ao meditarmos educamos a nossa mente para que ela fique sempre sob controle e nos ajude a decifrar o que o nosso Coração tem a nos dizer.

Precisamos aprender a ouvir o som do Coração nos sentando em silêncio, nos desapegando dos pensamentos e deixando-os fluir. Assim nos tornamos receptivos às vibrações mais elevadas que além de nos nutrir, desbloqueiam os nossos ouvidos astrais e abrem os olhos da nossa alma para que possamos compreender o que a vida tem para nos ensinar. A prática da meditação fortalece a mente não deixando que ela se disperse em atividades como o pensamento repetitivo.

Todos os dias recebemos sinais do Cosmos que nos mostram a direção que devemos seguir. Quando aprendemos a ouvir a voz do Coração, isto é, quando estamos conectados, com a mente serena e atenta, podemos perceber esses sinais, ouvir a nossa intuição, ficando mais fácil discernir e tomar a atitude mais acertada.

É verdade que precisamos também do conhecimento intelectual, isto realmente é importante, mas isso não adianta nada se não houver uma interligação com o coração. É preciso aliar o conhecimento com a intuição para termos discernimento, senão ficaremos sempre na dúvida do que fazer e o medo estará sempre nos impedindo de prosseguir adiante. O conhecimento é necessário, mas é o Coração que deve dar a palavra final.

Precisamos aprender a nos entregar ao Fluir Universal da Vida e perder a mania de querer estar sempre no controle de tudo... É preciso acreditar que a Grande Consciência Cósmica já faz isso por nós... É preciso render-se... Dar um salto no vazio, acreditando plenamente no Plano Divino. É a união da mente com o Coração que nos dá a coragem e a certeza dessa Verdade.

A prática constante da meditação liberta a nossa mente dos grilhões do medo, das crenças e da ignorância de nós mesmos, nos revelando a nossa identidade divina. O silêncio faz despertar a Luz que existe dentro de cada um de nós, conectando-nos com as Forças Evolutivas, para que possamos ouvir o som do Coração. À medida que vamos subindo de nível essa conexão vai ficando cada vez mais forte e a canção do Coração vai ficando mais clara e harmoniosa. Precisamos acreditar na nossa intuição, fruto da conexão com o Divino.

A Sabedoria Infinita do Cosmos é nata em nós e está apenas adormecida aguardando ser desperta por nós mesmos através do silêncio, da vontade e da entrega ao ABSOLUTO. Essa Sabedoria se manifesta através do som do Coração como a canção de AMOR mais suave e melodiosa que existe.

Namastê,

Marta Magalhães - marian.luar@ig.com.br
fonte : STUM - Somos Todos Um

PENSAMENTO DO DIA


"Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu fizeram-no de carne e sangra todo dia".

José Saramago

CANÇÃO DO AMOR PERDIDO



Quando me olhaste pela última vez
Com amor, ternura e preocupação,
Mal sabia que te perdia
Pelas artimanhas tristes do destino...

Como em minha terra,
Onde os rios correm entre cascatas e remansos,
As lágrimas rolam hoje por minha face
Na solidão doída do meu quarto.

Ah, amor, que triste sina esta minha
De tanto sentimento no coração
E ter que viver sozinha
Nessa terra de desterro e provação...

A chuva chega mansa no sertão
Fazendo tudo reflorescer
Renascendo a vida em primavera
E tocando minh’alma com beleza e gratidão.

Mas, mesmo na minha alegria
Existe uma sombra de tristeza,
Que acompanha todos os meus dias...

É a saudade eterna de ti,
De teus carinhos, tua presença e teu abraço,
De tuas palavras cheias de beleza e poesia
Sussurradas no silêncio do quarto...

Por que amor e dor têm que rimar
Sempre em histórias de grandes paixões?
Quisera tanto só cantar a alegria!
Mas, no momento de libertar as emoções,
Sempre há de escapar um tom de melancolia...

Maria Luiza

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO