BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

DESESPERANÇA



Esta manhã tem a tristeza de um crepúsculo.
Como dói um pesar em cada pensamento!
Ah, que penosa lassidão em cada músculo. . ..
O silêncio é tão largo, é tão longo, é tão lento
Que dá medo... O ar, parado, incomoda, angustia...
Dir-se-ia que anda no ar um mau pressentimento.
Assim deverá ser a natureza um dia,
Quando a vida acabar e, astro apagado,
Rodar sobre si mesma estéril e vazia.
O demônio sutil das nevroses enterra
A sua agulha de aço em meu crânio doído.
Ouço a morte chamar-me e esse apelo me aterra...
Minha respiração se faz como um gemido.
Já não entendo a vida, e se mais a aprofundo,
Mais a descompreendo e não lhe acho sentido.
Por onde alongue o meu olhar de moribundo,
Tudo a meus olhos toma um doloroso aspecto:
E erro assim repelido e estrangeiro no mundo.
Vejo nele a feição fria de um desafeto.
Temo a monotonia e apreendo a mudança.
Sinto que a minha vida é sem fim, sem objeto...
- Ah, como dói viver quando falta a esperança!

Manuel Bandeira

Teresópolis, 1912.

DIA 29 DE OUTUBRO: DIA NACIONAL DO LIVRO


Os livros podem ser divididos em dois grupos: aqueles do momento e aqueles de sempre.

John Ruskin

FILHO


"Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo".

Saramago



PENSAMENTO DO DIA


Ninguém foge às dificuldades e às tristezas. As saídas são a fé, o trabalho e a doação de si.

Maria Luiza

CONVITE AO RECOMEÇO


Se você está frustrado por ter perdido uma parte da sua vida, deixe-me dizer-lhe que ainda é possível fazer alguma coisa para não perder toda ela.
Quero lhe fazer um convite especial: reaja!
Pode não ser fácil fazer isso, passando pelas dificuldades que você talvez esteja enfrentando agora. Mas sempre é preciso dar a si mesmo um voto de confiança e uma nova chance.
Tenho visto pessoas, aos 30 anos de idade, dizerem que já estão velhas demais para começar uma faculdade.
Outras acham que é tarde demais para aprender uma profissão.
Muitos pensam que aos 40 anos já não têm mais chance de conseguir um novo amor.
Observo diariamente pessoas que acham que perderam a época de escrever um livro, de aprender piano, de começar um curso ou um novo empreendimento.
Enfim, pessoas que desistiram de se lançar a um novo desafio, por achar que já não são capazes de reacender seus sonhos e encarar os obstáculos naturais que dão sabor à vida.
Talvez você seja aquele jovem que abandonou os estudos para viver na farra.
Ou alguém que abriu mão da carreira porque precisou cuidar dos pais doentes.
Quem sabe ainda é uma daquelas pessoas que quase perderam a vida com as drogas, ou que desperdiçaram o tempo de amar porque trabalhavam como loucas.
Ou, ainda, talvez seja uma daquelas mulheres que deixaram de trabalhar fora para cuidar dos filhos e hoje que eles cresceram se sentem vazias e sem perspectivas no mercado de trabalho e na sua vida.
Pode ser ainda que esteja num casamento falido, sem amor e machucado, atirado aos cantos de sua vida, angustiado e sem saída, esperando apenas o tempo passar e a morte chegar.
Mesmo assim, acalme-se e acredite: ainda é possível voltar a ser feliz.
As pessoas desistem de serem felizes porque acham que já não têm mais tempo e que é muito tarde para voltar a sair em busca de seus objetivos.
Elas têm medo de partir para uma nova vida, mesmo que estejam insatisfeitas com aquela que levam.
Vivem como ratos assustados, acuados a um canto por sombras que imaginam serem de gatos.
Não percebem que apenas um pouco mais de ousadia e vontade de lutar pela felicidade seria suficiente para mudar toda a sua história.
E desistem de seus anseios porque já não acreditam mais na realização dos próprios sonhos.
Sim, é muito comum que as pessoas não mudem porque acham que já ficou tarde demais para elas, que o seu tempo de realizar já passou e que perderam a grande chance de suas vidas.
Mas, será que essa opção de desistência da vida é a única verdade que existe para essas pessoas?
Será que elas pensam que é esse o processo natural da vida?
Será que isso é o melhor que elas acham que podem conseguir?
Pois quero dizer-lhe que sempre é tempo de começar (ou de recomeçar) a busca por seus sonhos − antes tarde do que nunca, é claro!
Então, não há razão para se acomodar em um caixão e aguardar que o enterrem, não é mesmo?
Mudar dá trabalho?
Sim… Mas, acredite: sempre vale a pena!
Nunca é tarde demais para retomar os seus sonhos. Essa é a mensagem que você precisa carregar em sua mente, sempre, para candidatar-se a ser feliz novamente.
Respire fundo, levante-se e se coloque novamente em marcha, mesmo que timidamente, de início. Saia em busca daquilo que é verdadeiramente seu.
Mesmo quando tudo parecer errado em sua vida, é preciso lembrar que sempre é tempo de começar de novo.

Um abraço e muita Paz!

Gilberto Cabeggi
do site antestardedoquenunca

.

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO