BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 24 de dezembro de 2011

MOTIVO DA ROSA



Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.

Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.


Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.


E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.

Cecília Meireles

REFLEXÃO


Quando 2011 começou, ele era todo seu. Foi colocado em suas mãos...
Você podia fazer dele o que quisesse...
Era como um Livro em branco, e nele você podia colocar um poema, um
pesadelo, uma blasfêmia, uma oração. Podia...
Hoje não pode mais; já não é seu.
É um livro já escrito... concluído.
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será
lido, com todos os detalhes, e você não poderá corrigi-lo.
Estará fora de seu alcance.
Portanto, antes que 2011 termine, reflita, tome seu velho livro e o
folheie com cuidado. Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e
pela consciência; faça o exercí­cio de ler a você mesmo. Leia tudo...
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor
estilo. Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito. Não,
não tente arrancá-las. Seria inútil. Já estão escritas.Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue. Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá para preencher toda a imensa superficie do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o. Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador.
Não importa como esteja...
Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras:
Obrigado e Perdão!!!
E, quando 2012 chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo,
branco, todo seu, no qual você irá escrever o que desejar...

Desconheço autoria



PENSAMENTO DO DIA


Se as coisas são inatingíveis... Ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora a presença distante das estrelas!


(Mário Quintana)

PRECE PANTEÍSTA


Rio que ides rolando para o mar
Triturai o meu pranto às vossas águas!
Levai convosco as minhas grandes mágoas
para que assim eu cesse de implorar.

E vós, ó vento forte a remoinhar
tomai da minha vida as duras fráguas.
Já que passais do rio sobre as águas,
ide na frente a minha dor levar!

E as respeitáveis árvores frondentes
nossas irmãs, iguais aos outros entes
que São Francisco amou, nos dando o exemplo?

Pássaros que voais pelas alturas
falai a Deus das minhas amarguras,
já que ficais mais perto do Seu Templo!

Olyntho Alves da Silveira

HÁ UM PRESÉPIO NO BARRACO DO VIZINHO...



O velho ermitão andarilho,
Que a vida inteira caminha,
Sentado agora à entrada de sua tenda,
Ruminando um refrão do Profeta Isaias,
Circunspecto medita...

“No alto, morada santa e sublime ocupo,
“Na terra, a casa dos humildes e oprimidos habito,” Is 57,15

De súbito,
Ledo descobre o ermitão
Que o tão esperado “Menino”
Se arrancha no barraco ao lado,
Onde mora o casal de pobres vizinhos.

Lá dentro,
Afirma o sábio ermitão,
Numa manjedoura,
Preguiçoso o Menino ressona
E assim repousando espera
Que alegres, depressa, venham
Com Ele se entreter.

Romildo Ernesto Leitão Mendes

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO