BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

DOSE DE LOUCURA



Será a humana brandura?
Que me importo pensem que tenho uma dose,
Uma dose de loucura
Serei capaz de a erguer
Numa noite escura
Como um facho a arder
Por uma causa das que a sociedade não atura
Quem a brandir terá de temer, fazer-nos tremer
Se nos pedem com um misto de humidade e secura
Nossa mão, deveriam lamber
Ser capazmente íntegros, para não semearem a agrura
Pensem um mundo, usando uma dose,
Uma dose de loucura
Não valem vigílias
É preciso semear em tempos de amargura
Para o conseguir não servem chás de tílias
Que a tocha fique incandesce na noite escura
Criar espírito de união
A iluminar caminhos
Para que todo o mundo fique a flutuar em comunhão
Que os grandes senhores
Tenham espírito de missão
Que evitem nefastos esplendores
E procurem a necessária preparação
Para semearem amores
Devem ao povo essa atenção
Amem sempre senhores
Paguem tributos de menção
Para que termine a agrura
Que todos, sem excepção!
Ergam um facho a arder na noite escura
Utilizemos, em união,
Cada qual uma dose de loucura

Daniel Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO