BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

UM DESEJO


O poeta calado
é como a flor a esconder suas pétalas
ou uma palavra sem sílabas
um poema sem verso
lá no fim dos confins do universo
sem poeta e sem leitor
um candidato a deputado
sem mandato ou eleitor
é como o pôr-do-sol em preto e branco
ou um bailirino manco
uma dançarina sentindo dor
o poeta calado
é um folha seca apodrecendo no charco
um furo no casco de um barco
afogando o remador
é o silêncio do som
o olvido do olfato
a negritude da cor
o poeta calado
é uma embarcação encalhada
a limpeza emporcalhada
o desamor do amor
um avião que não voa
um talento vivendo à toa
amante sem amador
passarinho sem canto
a tristeza sem pranto
alegria sem esplendor
um pomar cheio de frutas carnudas
que o dono proibiu de colher
é a liberdade que um dia tive
mas que alguém resolveu me tolher.


Benno Assmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO