BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

domingo, 8 de janeiro de 2012

FLORBELA, A POETISA QUE VOLTA!



"Quem me dera encontrar o verso puro,
O verso altivo e forte, estranho e duro,
Que dissesse a chorar isto que sinto!"
Florbela Espanca

Florbela Espanca foi em tempos idos uma estrela fulgurante que encantou os corações portugueses com sua poesia. Seus gorjeios tocaram meus ouvidos quando li uma revista espírita. Depois pela Internet, deliciei-me com seus versos.
Esta estrela se apagou de forma trágica, mas a sua luminosidade poética se irradiou pelo mundo.
Tempos atrás, um amigo revelou-me: Wilson, Florbela está de volta e pede espaço para de novo trazer o seu canto e poesia.
Fiquei feliz. E soube que junto desse amigo e do seu grupo de atividades espirituais, ela iniciou uma nova jornada.
A meta dessa poetisa agora, vivendo no mundo paralelo, é socorrer com suas mensagens e presença, as criaturas que se encontram desesperadas. Ela sabe muito bem o quão doloroso é algemar-se na tristeza e desilusão.
Tudo bem, a vida às vezes se torna difícil, as pessoas agem com acidez, os conflitos do coração se acotovelam em nosso dia infiltrando-se em nossa alma.
Mas não há coisa mais encantadora aqui na Terra do que viver!

Permita que a divindade se manifeste em você e deixe que seu copo corra pelos campos da imaginação à procura de sonhos e ilusões.
Você já experimentou desistir de chorar, cansar-se de ficar desiludida?
Pois é, observe a vida, os pássaros, a água que jorra incessante noas fontes.
Faça algo por você, corte o cabelo, compre um perfume, ligue para um amigo querido.
Florbela Espanca teve uma trajetória dolorida e sobrecarregou sua vida com angústias, mas em tempo, desalgemou-se da dor e da solidão e, agora, cuida dos desesperançados. E ela pede com coragem: dê uma virada em sua vida. Vale a pena!

Em tempos outros, perdeu sua vida... Agora ela volta como a primavera para trazer seus encantos e perfumes.
Você que me lê, tem a oportunidade de se recuperar antes...
Então, seja esperta, utilize sua inteligência. Pense: sou um ser divino, tenho talentos, sou abençoada pelos mestres, vou sair dessa!
Isso! Olha um pouco acima, lá distante. Há caminhos e oportunidades.
Inocente seus atos, tirando de suas mãos o desejo insano de agredir e agredir-se.
Apascente seu olhar. Você é uma ovelha que Deus quer recolher em seu aprisco.
Observe-se e veja que em seu corpo existem mais de 150 milhões de células que são seres inteligentes e que aguardam com ansiedade que você dê a elas a oportunidade de se desenvolver e crescer.
Sim, para essas criaturas você é Deus!
E mais, dê uma segunda chance a você. As tentativas frustradas que você realizou não representam falhas. Foram oportunidades... outras surgirão!
Refaça seus conceitos. Tenha a coragem de dizer a si mesma que quer uma nova chance. Perdoe-se, tire dos seus ombros a responsabilidade de acertar sempre e evite o julgamento que faz de você uma pecadora.
Alto lá! Você é um ser divino e Deus precisa de você viva e atuante no Planeta Azul...

É, Wilson, é fácil falar, mas carregar estes fardos, observar as perdas do passado, pessoas e sonhos que se foram...
Pois bem, queime tudo. Junte as memórias, recolha as imagens, escreva tudo em papéis e queime. Forre suas mãos com as cinzas do esquecimento e da perda. E assim você poderá carregar as brasas que ainda restarem.
E se não der certo assim, então coloque nas palmas da sua mão uma caneta e escreva um bilhete carinhoso para alguém. Ponha nas mãos perfume e cumprimente aqueles que você encontrar ou ainda, suavize os movimentos da sua mão com gestos de carinho por você mesma.


Wilson Francisco - wilson153@gmail.com do site STUM

AS LIÇÕES QUE A VIDA ME DEU



1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. Pode ficar bravo com Deus. Ele suporta isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
]38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.”

Regina Brett, que, aos 90 anos, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.

A BELEZA DA VIDA



Certa vez uma leitora me pediu que comentasse sobre o significado da seguinte frase: “Que a morte de um ente querido seja luz para a nossa vida!”.
À primeira impressão, pode nos parecer que essa afirmação seja totalmente incoerente. “Como pode a morte de alguém que amamos servir-nos de luz?” – você poderia perguntar.
Vou procurar falar disso sem tocar em nenhuma religião em específico, para não parecer tendencioso.
Vivi muitos ano no Japão e lá as estações do ano são muito bem definidas. Então, aprendi a observar com cuidado o ciclo da vida.
No outono, as folhas das árvores começam a mudar de cor, tornam-se vermelhas, ou alaranjadas, ou marrons, até que caem todas, deixando as árvores apenas nos troncos e galhos.
Então, entra o inverno…
Durante todo o inverno, as árvores ficam desfolhadas, secas, com a aparência nítida de que não têm vida, de que morreram para sempre. Os insetos somem, os pássaros desaparecem, a temperatura esfria, como se o sol não voltasse mais a nos aquecer, o céu fica cinza e só clareia quando a neve cai e cobre todo o solo. A vegetação, já aparentemente sem vida, some então sob a neve. Tudo é muito triste e parece ser o fim.
E depois, chega a primavera…
O céu se abre aos poucos e, com os primeiro raios de sol da primavera, de repente, podemos observar uma borboleta saindo do casulo, alguns insetos voando, aranhas, na maioria filhotes que acabaram de sair dos ovos, armando suas teias, pássaros piando, depois voando, depois cantando, depois montando seus ninhos. E os novos filhotes ganhando os céus e trazendo música para a vida.
Olhando-se mais de perto para aquelas árvores aparentemente sem vida, passamos a observar centenas de pequenos brotos, cheios de força, sendo chamados novamente à vida.
Depois de poucas semanas, toda a exuberância da natureza está restabelecida, toda a beleza nos é devolvida. Toda a vida renasce daquilo que poderíamos jurar que estava morto.
É assim o ciclo da vida…
Mas o que isso tem a ver com a pergunta daquela leitora?
Bem, eu disse que não falaria de religião, mas não disse que não falaria de Deus. Então eu lhe faço apenas uma pergunta: “Se Deus tem todo esse cuidado com o restante da natureza, por que razão não teria esses mesmos cuidados, ou até mesmo ainda mais cuidados, conosco, que somos Seus filhos feitos à Sua semelhança?”
Isso tudo, para mim, diz apenas uma coisa: a vida não termina. Ou ainda, a NOSSA vida também não termina. Ela se renova a cada primavera (ou a cada morte e a cada nascimento).
Não vou entrar no mérito dessa questão para, como eu já disse, não ser tendencioso. Mas não posso negar a grandeza deste mundo de Deus, que pude presenciar por anos a fio observando a natureza.
Então, se pensarmos que somos partes desse imenso universo de Deus e, como tudo, apenas nos renovamos, por que deveríamos temer ou chorar a morte?
Veja bem, não estou dizendo que não tenhamos sentimentos de tristeza com a separação de nossos entes queridos. Apenas quero dizer que, quando um ente querido se vai do nosso convívio, devemos sim curtir a nossa tristeza, pois isso faz parte da nossa natureza e é necessário para lavar a nossa alma e refrescar o nosso coração. Mas podemos também aprender a ver nessa partida a beleza da renovação da vida.
A partida de um ente querido pode nos chamar a atenção para a grandiosidade da vida, da mesma forma como o nascimento de um filho o faz.
Essa consciência da nossa condição temporária neste mundo e da nossa eternidade como filhos de Deus nos vem a partir desses dois acontecimentos: o nascimento e a morte.
Encarar a morte de um ente querido pode abrir, então, nossos olhos para a luz da compreensão da nossa existência: Será mesmo a morte tão definitiva? A natureza nos diz que não!
Podemos nos tornar mais fortes e confiantes nesses momentos de provação, se os aproveitarmos para compreender a grandeza e a beleza da vida que Deus nos deu.
Pense sobre isso!
Um abraço e muita Paz!

Gilberto Cabeggi

DECÁLOGO DA PAZ



1. Aprenda a desculpar infinitamente para que os seus erros, à frente dos outros, sejam esquecidos e perdoados.

2. Cale-se, diante do escárnio e da ofensa, sustentando o silêncio edificante, capaz de ambientar-lhe a palavra fraterna em momento oportuno.

3. Não cultive desafectos, recordando que a aversão por determinada criatura é, quase sempre, o resultado da aversão que lhe impuseste.

4. Não permita que o egoísmo e a vaidade, o orgulho e a discórdia se enraízem no seu coração, lembrando que toda a idéia de superestimação dos próprios valores é adubo nos espinheiros da irritação e do ódio.

5. Perante o companheiro que se rendeu às tentações de natureza inferior, deixe que a compaixão lhe ilumine os pontos de vista, pensando que, em outras circunstâncias, poderia você ocupar-lhe a indesejável situação e o lugar triste.

6. Não erga a sua voz demasiado e nem tempere a sua frase com fel para que a sua palavra não envenene as chagas do próximo.

7. Levante-se, cada dia, com a disposição de servir sem a preocupação de ser servido, de auxiliar sem retribuição e cooperar sem recompensa, para que a solidariedade espontânea te favoreça com os créditos e recursos da simpatia.

8. Esqueça a calúnia e a maledicência, a perversidade e as aflições que lhe dilaceram a alma, entendendo nas dores e obstáculos do mundo as suas melhores oportunidades de redenção.

9. Lembre-se de que os seus credores estão registrando a linguagem de seus exemplos e perdoar-lhe-ão as faltas e os débitos, à medida que se fizer o benfeitor desinteressado de muitos.

10. Não julgue que o serviço da paz seja mero problema de boca mas, sim, testemunho de amor e renúncia, regeneração e humildade da própria vida, porque, somente ao preço de nosso próprio suor, na obra do bem, é que conseguiremos reconciliar-nos, mais depressa, com os nossos adversários, segundo a lição do Senhor.

ANDRÉ LUIZ. De "Mentores e Seareiros".
Psicografia de Francisco Candido Xavier

PENSAMENTO DO DIA


Todo sofrimento psicológico é fictício, porque ou está armazenado na memória do passado, ou na imaginação do futuro, porque ambos são apenas ilusórios... O passado já passou e o futuro ainda não chegou!!!
O único momento real é o presente, e nele reside a eternidade!

Siddhartha Gautama.

MAIOR CANÇÃO DE AMOR, JAMAIS ESCRITA


Por toda parte ouvimos belas canções dedicadas ao amor. Mas, a maior e jamais escrita vem do alto.
A música é doce e a batida perfeita. Mas, a letra você não ouvirá. É freqüentemente em visões e sentimentos que você será lembrado que Ele está próximo...
Um sorriso de um estranho num dia cinzento, um gavião voando alto, uma ligação de um amigo em necessidade, um ocaso que o faz suspirar...
Uma risada de bebê, uma lágrima feliz, segurar uma mão idosa, cada lâmina da grama e a queda da gota de chuva, o céu, o mar, a terra...
Uma suave brisa num dia do verão, a neve caindo macia, o cheiro de chuva numa estrada empoeirada, observar crianças crescerem...
A música de um canário. Colocando seus pequenos pra dormir, os braços seguros e quentes de quem você ama. O sol sobre sua cabeça.
Isto tudo fala de um amor tão puro, incondicional. Ainda assim, freqüentemente, nós não ouvimos Sua canção tão ocupados estamos em nossa vida.
Imagine você criando uma bela canção de amor para os que são caros em sua vida e eles nunca escutam; ninguém tem tempo.
Tenha tempo para ouvir a Sua canção. Sinta o amor que Ele canta. Deleite-se na sincera beleza e toda a alegria que traz.
Feche seus olhos e ouça. Abra-os e veja. Estenda seus braços e aceite Sua melodia; O mundo numa luz mais clara.
Se você escutar abertamente a Sua canção, você nunca estará sozinho. Pois, estará tocando desde o dia que Ele o criou até quando Ele levá-lo de volta ao lar.

De todas as canções de amor já feitas, jurando amor eterno, a que você sempre pode acreditar é a que vem de cima.

Tradução de Sérgio Barros
do texto de Cheri C. Carlson

Recebido de Soraya Souza do site STUM

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO