BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O FENÔMENO MEDIÚNICO


O fenômeno mediúnico, para expressar-se com segurança, exige toda a complexidade do mecanismo fisiopsíquico do homem que a ele se entrega, assim como da perfeita identificação vibratória do seu comunicante.
Para o desiderato, o perispírito do encarnado exterioriza-se em um campo mais amplo, captando as vibrações do ser que se lhe acerca, por sua vez, igualmente ampliado, graças a cuja sutileza interpenetram-se, transmitindo reciprocamente os seus conteúdos de energia, no que resulta o fenômeno equilibrado.
Às vezes, automaticamente, dá-se a comunicação espiritual, produzindo o fato mediúnico, ora por violenta injunção obsessiva e, em outras oportunidades, por afinidades profundas, quando a ocorrência é elevada.
Seja porém, como for, sem o contributo e a ação do Perispírito, a tentativa não se torna efetivo.
Desse modo o conhecimento do Perispírito é de vital importância para quantos desejam exercitar a mediunidade colocando-a a serviço de ideais enobrecedores.
Penetrabilidade, elasticidade, fluidez, materialização, depósito das memórias passadas entre outras oferecem compreensão e recurso para melhor movimentação dessas características, algumas das quais são imprescindíveis para a execução da tarefa, no fenômeno de intercâmbio espiritual.
A fixação da mente, através da concentração, proporciona dilatação do campo perispirítico e mudança das vibrações que variam das mais grosseiras às mais sutis a depender, igualmente, do comportamento moral do indivíduo.
O pensamento é o agente das reações psíquicas e físicas, sem o que, os automatismos desordenados levam aos desequilíbrios e aos fenômenos mediúnicos perturbadores, que respondem pelas obsessões de variada nomenclatura, que aturdem e infelicitam milhões de criaturas invigilantes e desajustadas.
Todo fulcro de energia irradia-se em um campo que corresponde à sua área de exteriorização, diminuindo a intensidade, à medida que se afasta do epicentro. Graças a isto, são conhecidos os campos gravitacional e atômico, no macro e microcosmo, conforme os detectou Albert Einstein.
Na área psicológica não podemos ignorar-lhe a presença nas criaturas, gerando as simpatias - por decorrência de afinidades vibratórias entre as pessoas que se identificam - e a antipatia - que deflui do choque das ondas que se exteriorizam, portadoras de teor diferente produzindo sensações de mal-estar.
Invisível, no entanto preponderante nos mais diversos mecanismos da vida, o campo é encontrado no fenômeno mediúnico, através de cuja irradiação é possível o intercâmbio.
Cada ser humano, encarnado ou não, vibra na faixa mental que lhe é peculiar, irradiando uma vibração especifica.
Quando nas comunicações, os teores são diferentes, a fim de produzir-se a afinidade, o médium educado sintoniza com o psiquismo irradiante daquele que se vai comunicar, e se este é portador de altas cargas deletérias, demorando-se sob vibrações baixas, o hospedeiro permite-se dela impregnar até que, carregado dessas energias pesadas, logra envolver-se no campo propiciador, portanto, de igual qualidade, cedendo as funções intelectuais e orgânicas à influência do ser espiritual que passa a comandá-lo, embora sob a sua vigilância em Espírito, que não se aparta, senão parcialmente, do corpo.
Quando se trata de Entidade portadora de elevadas vibrações, mais sutis que as habituais do médium, este, pelas ações nobres a que se entrega, pela oração e concentração, em que se fixa, libera-se das cargas mais grosseiras e sutiliza a própria irradiação, enquanto o Benfeitor, igualmente concentrado, condensa, pela ação da vontade e do pensamento, as suas energias até o ponto de sintonia, proporcionando o fenômeno de qualidade ideal.
Em casos especiais, nos quais seres muito elevados ou grotescos, nos extremos da escala vibratória compatível com a Vida na Terra, vêm-se comunicar, os Mentores, que mais facilmente manipulam as energias, tornam-se os intermediários que filtram as idéias e canalizam-nas em teor mais consentâneo com o campo do sensitivo, ocorrendo o fenômeno da mediunidade disciplinada.
O fenômeno mediúnico, portanto, a ocorre no campo de irradiação do Espírito através do Perispírito, está sempre a exigir um padrão vibratório equivalente, que decorre da conduta moral, mental e espiritual de todo aquele que se faça candidato.
Certamente, como decorrência do campo perispiritual, diversos núcleos de vibrações, nos quais se fixa o Espírito ao corpo, bem como em face do mecanismo de algumas das glândulas de secreção endócrina, apresentam-se as possibilidades ideais para o intercâmbio espiritual de natureza mediúnica.
Assim havendo constatado, foi que o Codificador do Espiritismo com sabedoria afirmou que a faculdade "é simplesmente uma aptidão para servir de instrumento, mais ou menos dócil aos Espíritos em geral que "os médiuns emprestam o organismo material que falta a estes para nos transmitirem as suas instruções".


Autor: Manoel Philomeno de Miranda (espírito) / psicografia de Divaldo Franco.
Revista Presença Espirita setembro de 1991 - DO BLOG COMPREENDER E EVOLUIR

PEDRO BIAL, PALADINO DO IMORAL



É lamentável ver Pedro Bial, um homem hipotéticamente culto, curvar-se ao papel de bobo da corte ao apresentar o Big Bacanal Brasil.
Um homem que foi amigo de Cazuza, que é um poeta, que esteve a frente de grandes reportagens, hoje está reduzido ao ícone do mau gosto televisivo.
Como Bial se declara agnostico, que em sua tradução quer dizer "desprovido de conhecimento", é natural que seu senso moral seja bastante abrangente e permissivo a ponto de compactuar e deleitar-se à frente desse programa sem valor algum.
Desculpe-me Bial se pego pesado, mas se fosse um João ninguém à frente do programa talvez não houvesse espaço para este alerta. No seu caso, como intelectual, jornalista, poeta, cineasta e etc é impossível não externar minha indignação sobre a quão baixo voce chegou na escala de valores humanos.
Qual a herança que voce pretende deixar para seus filhos Bial? Um mundo BigBrotheriano onde a permissividade e a falta de escrúpulos seja o padrão de comportamento da humanidade?
Pior Bial, se você quer deixar isso para seus filhos, coloque-os logo no programa mas transmita-o apenas em circuito fechado para os que compactuam com esse tipo de pensamento, Não coloques essa porcaria ao alcance dos filhos de outros.
A tua imagem, caro amigo, a não ser que te cubras com alguma hombridade que ainda te reste e deixes essa porcaria de lado, estará sempre atrelada a um dos programas mais nocivos à formação de nossos jovens.
BBB não é entretenimento Bial, não adiantam teus discursos nesse sentido, BBB é ferramenta alienadora das massas, mas, como você não sabe o sabor das massas, apenas o das maçãs, isso não lhe faz a mínima diferença.
O que te conta e fazes conta é o engordar da conta bancária, é o elogio atrelado ao galã da menopausa em que te converteste.
Me diga Bial...de um poeta para outro...de que vale fazeres saraus, criares grupos de poetas se a tua poesia se curva ao serviço do que é podre e nefasto em nossa TV?
Qualidades tens Bial, não precisarias estar nesse posto avançado da pregação do mau-caratismo na busca da audiência e de patrocínios...mas a busca da lisonja, a ganância dos aplausos te levou a esse triste fundo de poço.
Já não falo mais sozinho como há anos atrás , meu caro Pedro, hoje a internet parece finalmente estar dando lugar aos que pensam, aos que veem além das bundas das BBBetes e dos corpos sarados dos brothers...As pessoas hoje olham para além do teu sorriso e já contestam os teus discursos...´uma pena Bial...é uma pena que já não sirvas de referência para os bons e que te contentes com os aplausos dos medíocres.
Nesse teu Palácio Bialiano, que finges ser a cara do povo brasileiro, vais agregando a mesma fama de Herodes...Corrompido desde sempre pela ânsia e manutenção do poder a qualquer preço, distanciado das necessidades reais do povo.Tal qual Calígula, colocas "heróis gladiadores" em uma arena luxuosa e forneces o circo para a população idiotizada,em grande parte, pela grade de tua emissora, que só faz solapar em maior ou menor escala os valores morais e éticos de nossos cidadãos.
E para que tudo isso Bial? Para apareceres como mestre e senhor diante dos Big Babacas que adentram a "mais famosa ( ou será ignominosa) casa do Brasil" e diante de espectadores que a própria direção de sua emissora chama de Hommers?
Ah Bial, ao menos, ao iniciar o programa mude o bordão...seria mais honesto dizeres:
Vamos dar uma emburradinha?


Jorge Linhaça

SOLIDARIEDADE


Lá do fundo da solidão da alma,
o ser humano experimenta uma dor profunda,
um lamento, um vazio,
um silêncio que chega a pesar,
o fastio de uma vida sem maiores experiências...

Lá da experiência mais antiga, da velha sabedoria,
vem o recado para aqueles que não tem tempo para nada:
- arrume tempo para ser solidário,
aprenda a dividir o pão, a estender a mão.
Isso abre janelas no céu, cria rastros de luz.
Melhor que mil provérbios, mais que mil sermões,
a caridade bem exercida, é chave que rompe grilhões,
liberta a alma aflita, libera as emoções.

Por isso, no silêncio pesado da noite que não passa,
da angústia daquela dor que ninguém percebe,
do sentimento inexplicado de vazio,
pense na possibilidade de dedicar parte do seu tempo,
ao ensinar, ao partilhar, ao acolher,
em tudo ser mais gentil, mais sereno, mais pacífico.
Pois de tudo o que podes acumular,
de tudo o que pode levar da Terra,
é somente o bem que se fez,
que segue junto ao seu tesouro,
rumo ao Infinito.

Solidão é para quem compartilha o egoísmo do sofrer.
Solidariedade é para quem decidiu viver.

Paulo Roberto Gaefke


ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO