BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 25 de fevereiro de 2012

PACIÊNCIA E NÓS...


Quando as dificuldades atingem o apogeu, induzindo os companheiros mais valorosos a desertarem da luta pelo estabelecimento das boas obras, e prossegues sob o peso da responsabilidade que elas acarretam, na convicção de que não nos cabe descrer da vitória final...
Quando os problemas se multiplicam na estrada, pela invigilância dos próprios amigos, e te manténs, sem revolta, nas realizações edificantes a que te consagras...
Quando a injúria te espanca o nome, procurando desmantelar-te o trabalho, e continuas fiel às obrigações que abraçaste, sem atrasar o serviço com justificações ociosas...
Quando tentações e perturbações te ameaçam as horas, tumultuando-te os passos, e caminhas à frente, sem reclamações e sem queixas...
Quando te é lícito largar aos ombros de outrem a carga de atribuições sacrificiais que te assinala a existência, e não te afastas do serviço a fazer, entendendo que nenhum esforço é demais em favor do próximo...
Quando podes censurar e não censuras, exigir e não exiges...
Então, terás levantado a fortaleza da paciência no reino da própria alma.
Nem sempre passividade significa resignação construtiva.
Raramente pode alguém demonstrar confor-midade, quando se encontre sob os constrangimentos da provação.
Paciência, em verdade, é perseverar na edifi-cação do bem, a despeito das arremetidas do mal, e pros-seguir corajosamente cooperando com ela e junto dela, quando nos seja mais fácil desistir.

Pelo Medium Chico Xavier, Espírito Emmanuel

A SABEDORIA VEM...


Sábias palavras que eu deveria guardar e proferir todo santo dia, pois tenho certeza que a sabedoria é muito mais parar, prestar atenção no que outra pessoa fala. Talvez por isso Deus deu dois ouvidos e uma boca, para podermos usá-los com sabedoria.
Para que falar mais do que o necessário? E como me arrependi depois de ter falado.Mas também tenho me segurado daquilo que escuto e que vem diretamente para mim ou como dizem outros "não leve para você".
Impossível: a indireta já é direta e depois de palavras jogadas ao vento não tem mais como recuperar.
Poderia eu ser diferente?
Poderia eu não sentir?
Poderia eu não guardar?
É muito triste eu ter certeza que posso compreender em estar escrevendo para os outros na teoria, mas na prática ser muito diferente, eu não consigo ser indiferente a palavras que ferem, que sangram.
Hoje mais do que nunca gostaria de usar teoria e prática sem distinção.Deixar que palavras passem e não deixem marcas.
Mas sou mais uma pessoa igual e imperfeita como tantas outras que de todas as maneiras tentam ser dóceis, justas e incrivelmente ponderadas e fingir que nada aconteceu.
Ah! O coração não perdoa, ele dói e por mais que tentamos dizer que "tudo passa", quando as pessoas de quem mais gostamos são as que nos fazem sofrer.
Talvez haja alguém que diga "quem ama perdoa", sábias palavras !
Mas o coração também é traiçoeiro, como ele ama, ele também sofre...
Amanhã será outro dia e tenho certeza que um pouco de tudo isso se apagará.


Bel Rech do blog Buscando o Amor

MEUS OLHOS


Pisados
Cansados
De muitas lágrimas
De muito perdão
Profundos e mansos
Já viram muito
Nada os espanta
De compaixão
De paciência
De mansidão...

by Orvalho do Céu

PENSAMENTO DO DIA


'O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons".


Martin Luther King

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO