BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

INVOCAÇÃO...

Jesus, o bom pastor

Senhor,

Inundas-me no esplendor de tua luz

e, contudo, cego não Te vejo.

Falas-me na eloquência de teu verbo

e, no entanto, surdo, não Te ouço. 

Abrasas-me na ardência do teu amor

e, todavia, insensível, não Te sinto.

Oh! estranha contradição!

Tu, bem perto de mim,

e eu, tão longe de Ti!

Desvela-me, Senhor, os olhos, cegos de orgulho;

Abre-me os ouvidos, surdos de vaidade,

e sensibiliza-me o coração, duro de maldade,

para que eu possa descobrir tua divina presença

na intimidade do meu ser!

Rubens C. Romaneli      

                                                                                           


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

PENSAMENTO DE HOJE

Podemos chama-Lo por qualquer nome: Alá, Khrisna, Inteligência Suprema, Energia Cósmica, etc. O significado será sempre o mesmo: Deus.

Maria Luiza

NO BALANÇO DAS PROVAS




Não raro deitamos a culpa de nossos fracassos e aflições sobre os outros; todavia, acautelemo-nos contra semelhante atitude.
Façamos, ao revés disso, em nossas infinitas possibilidades de ação e renovação.
Provavelmente, em nossas fraquezas, teremos sido alguma vez defrontados pela tentação de acusar amigos ou adversários, quanto aos acontecimentos desagradáveis que nos ocorrem; no entanto, basta investigar o intimo para reconhecermos que as nossas falhas e erros pertencem ás opiniões e decisões que formamos por nós próprios.
Todos estamos entrosados uns com os outros, através de vastas cadeias de relações e reações, no intercâmbio espiritual e as experiências que nos são necessárias decorrem de nossa vinculação com o próximo.

Urge, porém, reconhecer que, seja endereçando sugestões a alguém ou recolhendo as sugestões de alguém, responderemos por nossas resoluções.
Na oferta ou no aceite de idéias e emoções, formulamos compromissos, porquanto, os princípios de causa e efeito funcionam igualmente nos domínios da palavra empenhada.
Abstenhamo-nos de atirar culpas e reprovações nos ombros alheios, quando se faz inarredável nossa quota pessoal de débitos na conta dos obstáculos e dificuldades que nos povoem a vida.

Cada qual de nós rodeia inelutavelmente pelos resultados das próprias obras.

Verifiquemos a nossa parte de responsabilidade nas atribulações do caminho e, abraçando com resignação e serenidade as conseqüências de nossos gestos menos felizes, refaçamos escolhas e diretrizes sem necessidade de apontar as possíveis faltas alheias.

Pacifiquemos e aperfeiçoemos a nossa área de ação e estejamos
convencidos de que se dermos o melhor de nós, realizando o melhor que se nos faça acessível ao esforço individual, no campo da vida, o senhor complementar-nos-á o trabalho, fazendo o resto.

Emmanuel

A DOR E O TEMPO


As coisas naturais são constantes lições de paciência ao nosso redor. Tudo no mundo nos ensina duas lições fundamentais: a da evolução e a da imortalidade. Porque tudo se desenvolve em direção ao futuro e tudo morre para renascer. A Ciência reconhece que nada se perde tudo se transforma. A Filosofia, mesmo em suas correntes mais atuais e mais negativas, reconhece a evolução geral e admite que o homem é um projeto, ou seja, uma flecha que atravessa a existência em direção a um alvo superior.
Se nos recusamos a entender as lições que nos rodeiam e as que brotam do fundo de nós mesmos é porque, segundo explica a questão 738 de O Livro dos Espíritos: “Durante a vida o homem relaciona tudo ao seu corpo”. Mas, diz a mesma questão: “após a morte pensa de outra maneira”. Apegados ao corpo, limitados pelas percepções físicas, avaliamos a dor pela medida do tempo. Entretanto, os Espíritos nos lembram, nessa mesma questão: “Um século do vosso mundo é um relâmpago na eternidade”.
Jesus nos ensinou, por isso, o desapego, advertindo: “Quem se apega à sua vida perdê-la-á”. Maria Dolores se comunica em poesia para nos tocar ao mesmo tempo o sentimento e a razão. É a mesma técnica usada por Jesus nas parábolas e na poesia do Sermão do Monte. A didática moderna confirma a eficiência desse método que nos relaciona com as coisas naturais, que se serve do estímulo do ambiente, da lição das coisas concretas para nos levar à compreensão do sentido da vida.
A dor ensinou Léon Denis, discípulo e sucessor de Kardec, é uma lei de equilíbrio e educação. A Psicologia moderna comprova que aprendemos através de tentativas frustradas, de ensaios sucessivos. É por meio dos erros que chegamos ao acerto. A sabedoria popular nos diz: “O que arde cura, o que aperta segura”. As pessoas inquietas perguntam por que há de ser assim, por que Deus não nos criou perfeitos e bons. Mas Rousseau já ensinava que tudo sai perfeito das mãos do Criador. A perfeição inclui também o livre arbítrio, pois só através dele chegamos à consciência plena. A dor de um minuto nos desperta para a felicidade sem limites, como a ventania de um instante limpa a atmosfera por muitos dias.

(J. Herculano Pires)
Livro: Na Era do Espírito

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

MEDITAÇÃO







"Coloque a lealdade e a confianca acima de qualquer coisa; não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros."

 (Confúcio)


 

 

terça-feira, 23 de setembro de 2014

PENSAMENTO DE HOJE

soldados-russos
A arte deve deslumbrar-me os sentidos e tocar-me a alma.

Maria Luiza

PENSAMENTOS E PALAVRAS


Pensamento é força vibratória carregada de imagens e de sons, desejos e emoções, perguntas e respostas, capaz de afinizar-se ou de chocar-se com outros pensamentos, de outras mentes nas faixas vibratórias que percorra.
Quanto maior for a sua intensidade, a sua potência, tão mais longe irá no espaço e no tempo, emitindo e captando mensagens e sensações, nas trocas que alimentam e definem as tuas posições na comunidade espiritual dos viventes.
Convives mentalmente com aqueles que se afinam com as tuas vibrações, e é com eles que te encontrarás, quando teus olhos materiais definitivamente se fecharem.
Faze bons amigos nas esferas do invisível e viverás rodeado de companheiros que te estimam.
Como nunca deixas de pensar, nunca estás desacompanhado, nunca estás só.
Quantas vezes te surpreendes com pensamentos inusitados que não parecem ser teus! E quantas emoções insuspeitadas experimentas no silêncio das tuas meditações despreocupadas!
Quantas palavras pronunciadas, às vezes, como se não fossem tuas!
AH, AS PALAVRAS!
Cuidado com elas, porque condensam todos os recursos mentais do pensamento, revestidos de energia física, eletromagnética, que lhes aumenta de muito a potencialidade. Impregnam magneticamente os ambientes em que são pronunciadas, transmitem a quem são beneficamente dirigidas vigorosos estímulos curativos ou calmantes, ou agem devastadoramente, como petardos fulminantes, contra aqueles contra quem são agressivamente arremessados. Elas são o verbo criador, substancialmente fecundante, sementes vivas que nunca deixam de produzir frutos duradouros, de amor ou de ódio, de inquietação ou de paz. Quando escritas, tornam-se ainda mais poderosas, porque adquirem permanência, e no silêncio aparente das letras mortas vão influenciando indefinidamente os que as lêem, para o bem ou para o mal.
Tão ou mais fortes que as palavras só os exemplos, os atos ou os fatos.
Às vezes, porém, o impacto verbal é de tal modo poderoso que chega a sobrepor-se aos próprios fatos, na impressão das pessoas atingidas.
Cuida da tua paz, da paz do teu espírito, que na verdade é a única que depende inteiramente de ti, porque não podes evitar adversidades e problemas que fujam ao teu controle, nem a insânia dos outros, as perseguições e as malquerenças gratuitas, as injustiças inesperadas, as antipatias e as provocações que não mereças. Mas a paz do teu coração, essa podes sempre cultivar e defender, com a serena aceitação dos fatos inevitáveis, sem revoltas e sem ódios.

Letícia (por Hernani T. Sant’Anna)
“Em Busca da Verdade” (1ª Ed ‘Auta de Souza’ – 1996)


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

OS VERSOS QUE TE DOU



Ouve estes versos que te dou, eu
os fiz hoje que sinto o coração contente
enquanto teu amor for meu somente,
eu farei versos...e serei feliz...

E hei de fazê-los pela vida afora,
versos de sonho e de amor, e hei  depois
relembrar o passado de nós dois...
esse passado que começa agora...

Estes versos repletos de ternura são
versos meus, mas que são teus, também...
Sozinha, hás de escutá-los sem ninguém que
possa perturbar vossa ventura...

Quando o tempo branquear os teus cabelos
hás de um dia mais tarde, revivê-los nas
lembranças que a vida não desfez...

E ao lê-los...com saudade em tua dor...
hás de rever, chorando, o nosso amor,
hás de lembrar, também, de quem os fez...

Se nesse tempo eu já tiver partido e
outros versos quiseres, teu pedido deixa
ao lado da cruz para onde eu vou...

Quando lá novamente, então tu fores,
pode colher do chão todas as flores, pois
são os versos de amor que ainda te dou.


J. G. de Araújo Jorge* 
do livro “Meu céu interior”, Editora Vecchi – Rio de Janeiro, 1934.


 *José Guilherme de Araújo Jorge - nasceu na Vila de Tarauacá, no Estado do Acre, aos 20 de maio de 1914. Ainda jovem iniciou-se na poesia. Estudou em Coimbra, Portugal, e fez curso de Extensão Cultural na Universidade de Berlim, Alemanha. Além de escritor, locutor e redator de programas radiofônicos, professor de História e Literatura, líder estudantil, tinha política em suas veias. Foi candidato a vários cargos públicos. Elegeu-se deputado federal pelo Estado da Guanabara

PENSAMENTO DE HOJE


Uma pessoa imatura pensa que escolhas geram ganhos.
 Uma pessoa madura sabe que todas as escolha tem perdas."
 
  (Augusto Cury)

sábado, 20 de setembro de 2014

PRECE DOS AFLITOS

Oh! Pai, sois a luz divina Senhor Deus, Pai dos que choram,
Dos tristes, dos oprimidos.
Fortaleza dos vencidos,
Consolo de toda a dor,
Embora a miséria amarga,
Dos prantos de nosso erro,
Deste mundo de desterro,
Clamamos por vosso amor!
Nas aflições do caminho,
Na noite mais tormentosa,
Vossa fonte generosa
É o bem que não secará...
Sois, em tudo, a luz eterna
Da alegria e da bonança
No mundo da iniquidade,
Quando vem a tempestade
Sobre as flores da ilusão!
Nossa porta de esperança
Que nunca se fechará.
Quando tudo nos despreza
O cântico da certeza,
Vencendo toda aspereza,
Vencendo toda aflição.
No dia de nossa morte,
No abandono ou no tormento,
Trazei-nos o esquecimento
Da sombra, da dor, do mal!...
Que nos últimos instantes,
Sintamos a luz da vida
Renovada e redimida
Na paz ditosa e imortal.


Livro: Paulo e Estevão – Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.
 

 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

EU VI

Ah, eu vi,
Vi passarinhos cantando,
Moças bonitas a passear,
Bandos de grasnas grasnando
E bêbados tonteando
Pelas ruas e becos da loucura...
Eu vi,
Vi fontes jorrando,
Vi ipês na seca florescendo...
Vi homens sem graça
A beber cachaça
Para encher suas vidas vazias...
Vi jovens sonhadoras
A esperar um príncipe
Que do reino encantado
Jamais voltou.
Vi crianças brincando
E outras chorando...
Vi guerras tristes
A apodrecer os homens...
Vi estrelas luminosas
E serenatas em noites
de ventania...
Ah, eu vi!
Vi a vida passando
E agarrei-a com ímpeto
E peguei carona em sua sela!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A BRANDURA





Asserena-te e vara a desventura

No caminho de dor, áspero e azedo;
Serenidade – o lúcido segredo
Em que a vida se eleva e transfigura.

Tudo cresce na força da brandura.
A água desgasta os punhos do rochedo;
Olha a chuva cantando no arvoredo,
A transfundir-se em pão, bondosa e pura.

De coração batido e lodo à face,
Inda que o fel da injúria te traspasse,
Semeia o bem que as mágoas alivia...

Mesmo trazendo o peito por cratera,
Suporta, ampara e crê, ajuda e espera,
Que amanhã será sempre novo dia.

Do livro: Antologia dos Imortais, Médium: Francisco Cândido Xavier – Autor Espiritual: Andradina América de Andrada e Oliveira.

 
 

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

PRECE AO SENHOR JESUS

Não nos retires dos ombros o fardo das responsabilidades com o qual nos ensina a praticar entendimento e cooperação, mas auxilia-nos a transportá-lo, sob os teus desígnios.
Não nos afastes dos obstáculos com que nos impeles à aquisição da confiança e não avalias as dimensões da fé, no entanto, ampara-nos Senhor, para que possamos transpô-los.
Não nos desligues dos problemas com que nos impulsionas para o caminho da elevação das nossas próprias experiências, contudo, dá-nos a tua bênção, a fim de que venhamos a resolvê-los com segurança.
Não nos deixes sem o convívio com os irmãos irritadiços ou infelizes, que se nos fazem enigmas no cotidiano, junto dos quais nos convidas ao aprendizado da serenidade e da paciência, mas protege-nos os corações e ilumina-nos a estrada de modo a que nos transformemos para todos eles em refúgio de apoio e socorro de amor.
Enfim, Senhor, dá-nos, a cada dia, o privilégio de servir, entretanto, infunde em nossas almas o poder da compreensão e da tolerância, do devotamento e da caridade para que possamos estar contigo, tanto quanto permaneces conosco, hoje e sempre.

Assim seja.


Médium: Chico Xavier – Livro: Estradas e Destinos.

domingo, 7 de setembro de 2014

PROSSEGUI !


Meus irmãos. 
A fonte deixa correr a linfa pura, que brota de entre as rochas, despreocupada com o emprego que dela farão dali em diante. Por certo se regozijaria se pudesse manifestar emoções com a carícia dos pássaros que lhe beijam o regaço, para de gota em gota mitigar a sede; ou com as lágrimas vertidas pelo viajor exausto, que dela se vale para refrescar o rosto escaldado pela inclemência do Sol e saciar a sede que lhe resseca as entranhas.
Sois convocados para a sublime missão de, como a fonte, deixar correr de entre vós a linfa cristalina que desce do Céu para dessedentar os que têm sede de Sabedoria Divina.
Abri os vossos corações, dai curso ao que do Céu recebeis e não vos importeis com o mau uso que dela farão; contentai-vos, amados meus, com o bem que dela fizerem os que receberem com alegria a Mensagem de Vida Eterna.
Como a fonte, amados do meu Senhor, regozijai-vos com o aproveitamento dos que derem prosseguimento com fidelidade ao que lhes transmitistes. Tanto quanto vos seja possível, limpai o caminho para que ela possa alcançar o mais longe possível sem se contaminar.
Os obreiros da Vinha do Senhor, que vos antecederam, da mesma forma como hoje, tiveram de defrontar-se com os detratores que procuraram impedir o curso normal das mensagens do Meigo Nazareno, mas apesar destes as mensagens prosseguem a sua jornada vitoriosa, levando no seu bojo inclusive os que tentaram impedir-lhe a marcha.
Prossegui, amados do meu Senhor, levantando bem alto o estandarte do Anjo Ismael, que proclama o lema DEUS, CRISTO E CARIDADE.
Vossa irmã em Jesus Senhor Nosso,

Celina
(Página recebida na FEB, no Rio de Janeiro-RJ, na reunião do Grupo Ismael da noite de 6-8-1981, pelo médium Olímpio Giffoni.)

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

PENSAMENTO DE HOJE


Há pessoas que nos fazem voar. A gente se encontra com elas e leva um brutO susto. Primeiro, porque o vento começa a soprar dentro da gente e lá de cantos escondidos de nossas montanhas e florestas internas, aves selvagens começam a bater asas, e a gente não sabia que tais entidades mágicas moravam dentro de nós, e elas nos surpreendem, e nós nos descobrimos mais selvagens, mais bonitos, mais leves, com uma vontade incrível de subir até as alturas, saltando, saltando de penhascos, pendurados numa asa-delta (acho que o nome disso é fé…)"

Rubem Alves

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

ORAÇÃO PARA DORMIR






Por que devemos fazer a oração para dormir?
Precisamos da oração para dormir porque além de ser muito gostoso e prazeroso o nosso corpo precisa descansar para termos saúde, são vários os benefícios afirmados por especialistas, alguns deles são: previne a obesidade, combate a hipertensão, fortalece a memória, previne a depressão, favorece o desempenho físico, diminui os riscos de doenças cardiovasculares e melhora o desempenho no trabalho, e além de todas essas coisas, através da oração para dormir, Deus vai colocar a paz no seu interior fazendo com que seu dia seja bem mais produtivo.
Quando devemos fazer a oração para dormir?
Todos os dias antes de dormir, Abençoando sua noite de sono, colocando Deus em tudo na sua vida até mesmo na hora de dormir, me lembro de um versículo na bíblia que fala sobre o sono. “Quando se deitar não terá medo e o seu sono será tranquilo.”
Como devemos fazer a oração para dormir?
Devemos pedir a Deus uma noite de sono tranquilo e suave, com bons sonhos de Deus, lançando suas ansiedades aos pés de Deus, confiando que e crendo que Deus está resolvendo seus problemas. Não é maravilhoso dormir todas as noites bem e acordar disposta para o trabalho? comece hoje a pedir a Deus para abençoar seu sono.
Veja aqui a oração para dormir, vamos fazer segundo este modelo:
Senhor meu Deus e Pai, te agradeço por mais um dia abençoado que o Senhor me proporcionou, venho a Ti lançar todas as minhas ansiedades aos Teus pés, e acredito que a mão do Senhor está estendida para me abençoar e solucionar os meus problemas, repreendo todo mal e demônios que tentam atrapalhar o meu sono e peço a Tua paz no meu interior, quando me deitar não terei medo, e o meu sono será tranquilo e suave, em nome de Jesus. Amém

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO