BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 7 de outubro de 2014

PASSAGEIROS DA VIDA...

Viajando céleres pelo trem da Vida,
Somos passageiros sem estação.
Uns desembarcam nas primeiras descidas,
Outros afortunados mais longe vão .
 
Crescendo, já moços,criamos família:
Passamos  de filhos a pais e avós ,
Enquanto vemos os nossos em partida
Até que um dia nos levam à urna, frios e sós!
 
E então me pergunto: de que vale o  viver
Se tudo é mera ilusão, percurso em desatino,
Passageiros  de uma aventura sem destino?
 
Responde-me o coração, de paixão enternecido:
- Vale-se viver para de amor se morrer  sorrindo...
 Mas , reflito:  - viver é a desventura de nada ser!

Nelson Antônio Corrêa

  1. Comentário de nossa parte: o poeta relata algo importante sobre a transitoriedade da vida e toca em algo fundamental, que é o amor, razão de aprendizagem da nossa vinda ao planeta, mas peca ao dizer que "viver é a desventura de nada ser". Na verdade, isso é apenas um linguajar próprio de poeta, pois ele bem sabe que somos centelhas Divinas e, pois, como Filhos do Criador, somos muito importantes, pois participamos da Criação e temos uma missão especial no planeta Terra.
  2. Maria Luiza
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO