BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

EM TRÂNSITO PELA TERRA


Este é o mundo-escola onde ingressamos, por vontade divina e a curto prazo, para, através das duras lições que se nos deparam, aperfeiçoar nossas almas e fazer jus a moradas em esferas mais felizes, que turbilhonam, incalculáveis, na imensidão dos espaços que o Pai Celestial, amoravelmente, destinou a todas as suas criaturas.
Daí, os obstáculos sem conta e os sofrimentos acerbos que muita vez se nos defrontam nesta nossa caminhada terrena, como recursos necessários à purificação de nossos espíritos ensandecidos pela caudal de crimes e erros clamorosos consumados em existências transatas .
Felizes aqueles que, compreendendo a realidade espiritual e o nada das vaidades humanas, buscam praticar o bem para com os seus semelhantes, com amor e sem esmorecimentos, e vão expungindo de si, uma a uma, todas as imperfeições que os adstringem a planos inferiores. Estes, já estão a caminho da Perfeição, finalidade da nossa estada neste planeta de lágrimas.
Mas, ai dos que se demoram nos vãos prazeres e dos que se constituem em espíritos de cizânia, obstando, assim, o progresso de outros. Certamente se verão na contingência de retornarem à Terra ou a outros mundos menos evoluídos, em existências dolorosas.
Alijemos de nós, portanto, as taras milenárias que acumulamos em as nossas inúmeras descidas à carne e que nos têm distanciado de Deus, algemando-nos, ainda, a sofrimentos atrozes. Está em nós o desprendermo-nos de seus tentáculos e alçarmo-nos às regiões alcandoradas da espiritualidade onde a beleza, a paz, o amor e o trabalho nobilitante imperam em toda a sua magnitude, sem mesclas das impurezas e dos vis interesses peculiares ao mundículo em que ora habitamos.

Demetri Abrão Nami
Reformador (FEB) Fevereiro 1970

A OUTRA FACE

Esta é a face do egoísmo, que engendra paixões demolidoras da paz e promove a guerra, açulando os instintos primitivos que dormem na grande multidão humana. 
Aquela é a face da ingratidão, que reflete os sentimentos inferiores em torno dos quais muitos gravitam entre alucinações e equívocos.
Essa é a face da ira, que fermenta a loucura encarregada de atear fogo devastador por onde passa, deixando escombros e desditas onde se agasalha.
Estoutra é a face do ódio, que envenena impiedosamente os que lhe caem nas malhas, vencendo-os inexoravelmente.
Aqueloutra é a face da vindita calculada e fria, encarregada de surpreender os que se lhe fazem vítimas, vitimando em justo tempo até mesmo os que se elegeram algozes.
Essoutra é a face da agressão inesperada, na variada manifestação do atentado físico, mental ou moral, buscando coarctar a nobreza do agredido, pela impossibilidade de elevar-se além e acima dele.
“Se alguém te bater na face direita ...” - disse Jesus.
A outra é a face do amor que desculpa e ensina, perdoa e esclarece, esquece a ofensa e ajuda o ofensor.
Talvez se encontrem homens que oferecem o outro lado da face para receberem a estridula bofetada do ofensor alucinado e envenenado pela própria desídia. E muitos o farão por covardia, por timidez, por irreflexão, deixando-se consumir, desde então, pelo ácido desgastador do ódio surdo ou arrastando-se vencidos pela suprema revolta da desesperação interior.
Ferido - não ferir; agredido - não agredir; humilhado - não humilhar; desprezado - não desprezar eis a importante face do 'ensinamento: ... “apresenta também, a outra face.”
No jogo violento dos interesses subalternos, ao qual se atiram os aficionados da ilusão, a vitória para eles representa dominação, jugo, prepotência; violência produzindo violência, ódio fomentando ódio. Para esses, o discípulo do Cristo é um fraco, vencido, inferior... Todavia é muito fácil vencer, dominar, esmagar ... os outros, quando se têm as rédeas da força nas mãos.
Assim considerando, e sob qualquer aspecto examinada, avulta-se e agiganta a mensagem cristã - perfeitamente renascida na revelação dos Espíritos, que proclamam o período novo que se avizinha: o do homem integral!
- por oferecer resistência ao mal através da força do bem, preservando a ética otimista do amor e do direito acima de toda conjuntura negativa e infeliz, estimulando a supremacia do espírito estoico que é capaz de se vencer a si mesmo, antes que disputar o triunfo sobre as demais criaturas.
*
... E Jesus apresentou, também, Ele mesmo, a outra face, não se permitindo o revide ao mal que lhe fizeram, depositando, porém na estrada incomensurável dos tempos as sementes da esperança e da caridade, que fulguram nos céus da hora presente quais estrelas de pujante beleza, norteando os rumos do porvir da Humanidade melhor.

Joanna de Ângelis (por Divaldo Franco)
C. E. Caminho da Redenção (Salvador, BA) em 08 Dezembro 1969
Reformador Fevereiro 1970

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO