BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

PREPARA HOJE O TEU AMANHÃ


"Reconhecei que a árvore é boa e o seu fruto é bom, ou que a árvore é má e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore". (Dos Evangelhos) 
Olha homem, para dentro de ti; examina ao fim de cada dia o que disseste e fizeste. Pondera bem sobre isso e traça teu programa para o novo dia que te espera. 
Se consegues diminuir, dia a dia, o teu acervo de erros, dá graças a Deus e enfeita o coração com a alegria mais pura, porque, assim, poderás vir a ser ainda como a árvore boa que dá bons frutos. 
Ninguém tem o direito de ser mau; todos temos o dever de ser bons. Não te envaideças de algum bem que praticares, porque o muito que deres será insignificante em face do que deverás dar. 
Confronta o teu débito com o teu crédito. Se chegares à conclusão de que é lento o teu progresso moral, não esmoreças e dá maior atenção ainda a ti mesmo, para que possas ressarcir teus erros e tuas deficiências nos dias mais próximos. 
Não deve entristecer-se aquele que, fazendo pouco, faz o que pode, mas aquele outro que, podendo fazer muito, nada faz. Para este, a caminhada será mais árdua, o tempo mais longo e o fardo mais pesado. 
Se os frutos do teu esforço são mirrados, aduba o teu Espírito com o estudo, a compreensão e a exemplificação dos Evangelhos e lança em tua vida novas sementes de trabalho, de caridade, de fé e de autodeterminação para o bem. Não tardará que floresçam em tua alma as boas ações e o teu Espírito sorrirá, satisfeito, por encontrar a Primavera das alegrias santas. 
Alarma-te, porém, se tuas faltas continuam maiores do que as tuas virtudes, porque, então, te semelhas à árvore má, cujos frutos são maus. Não se pode esperar que uma árvore má dê bons frutos. Por conseguinte, amigo, para um instante na corrida louca em que vais. 
Para, e pensa. Olha para o passado, analisa o presente e reflete um pouco sobre o que farás no futuro que desconheces. O "ontem" não tem segredos para ti, porque já o viveste; o "hoje" não te revela mistérios, porque vives em sua intimidade. Mas... E o "amanhã"? Podes traçar belos planos, arquitetar grandes projetos; tudo, porém, sobre hipóteses... 
À noite, na solidão do teu quarto, leva o pensamento a Jesus e faz tua prece com sinceridade e simpleza. Medita alguns minutos sobre o que tens feito de útil aos teus semelhantes e o que poderias fazer e não fizeste. 
Lembra-te, irmão, que não pode colher flores quem semeia espinhos. O passado está morto; o presente morre a todo instante, enquanto o futuro está por nascer... A vida do homem é como o ciclo do Sol: nasce, cresce, esplende; depois, esmaece, declina e desaparece... 
Demais, os Evangelhos ensinam: "Tudo o que quiseres que os homens te façam, faze assim também a eles; pois é nisto o que consistem a Lei e os Profetas." 
Olha, companheiro de trajetória terrena, para dentro de ti; examina ao fim de cada dia o que disseste e fizeste. Pondera bem sobre isso e traça teu programa para o novo dia que te espera.
Conversa contigo mesmo e sê sincero nos teus pensamentos mais íntimos. VAI... PREPARA HOJE O TEU AMANHÃ...

José Brígido /(Indalício Mendes)
Reformador (FEB) Novembro 1947

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO