BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

HOJE ESTOU MUITO FELIZ


Hoje acordei feliz. Parece que passou um anjo ao meu lado. Me deu uma imensa vontade de compartilhar minha felicidade com o resto do mundo. Tenho ideias que se pudesse compartilhar com o resto do mundo as pessoas trocariam armas pelas mais belas flores, trocariam canhões por amor. Como o mundo seria mais lindo se houvesse mais amor no coração das pessoas. As pessoas de hoje em dia se autodestroem, veem o mundo acabando e só fazem ele acabar mais rápido, que porcaria de mundo é esse que as pessoas estão deixando para seus filhos, seus netos? Meu sonho sempre foi ter filhos, mas por amor a eles não penso mais nisso. Ter filhos para quê? Para nascerem em um mundo que as pessoas se matam por drogas, dinheiro ou territórios? Esse não é o planeta Terra, é o planeta humano, burro. No planeta terra as praias, os rios, as águas, as terras são de todos. No mundo “homem” temos que pagar pela água que usamos, pelas praias em que vamos, até pelas cachoeiras em que nos banhamos… As pessoas destroem as árvores que lhes dão ar para respirar e vida por dinheiro, se dinheiro traz felicidade ele também tira vidas. Admiro muito mais os índios que caçam, e dividem tudo que conseguem do que esses grandes empresários que ganham milhões e sequer dão o que comer a quem precisa. O mundo é tão lindo, tão belo, porque querer destruí-lo? Será que as pessoas não veem que essas enchentes, desastres, tudo isso de ruim está acontecendo por nossa culpa? As pessoas só sabem destruir, destruir e destruir, e quando acontece algo de ruim com elas ou com quem elas amam só sabem colocar a culpa em Deus, mas é Deus quem destrói as matas? É Deus que polui o mundo? É Deus que usa água como se elas fossem estar ali para sempre? É, realmente… Deus só é culpado por dar um planeta tão lindo para seres tão inferiores, porque seres que se autodestroem para mim realmente são inferiores. Quando é que as pessoas vão parar de se matar? Quando não houver mais o que destruir ou o que matar? Talvez seja um pouco tarde… Pare e pense.

Paloma Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO