BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 14 de abril de 2016

CONVIVÊNCIA



 Conviver não é nada fácil. E, no entanto, é a única maneira de nos realizarmos como seres humanos, de nos encontrarmos e sermos felizes.
Talvez seja essa a ciência e a arte mais difícil, mas a principal da vida, pois se não convivermos atrofiaremos.
Por que, então, é tão difícil? Porque requer desprendimento, coração aberto, humildade, altruísmo, saber ouvir e falar na hora certa e o saber sentir. É preciso, sobretudo, saber amar e somente somos capazes de amar quando já percorremos o longo e difícil caminho do autoconhecimento e nos amamos e nos aceitamos como somos, conscientes de nossas qualidades e defeitos.
Para aprender a viver bem com o outro necessário se faz, pois, que nos eduquemos e nos aprimoremos em todos os sentidos.
Se aprendermos a conviver, entender e respeitar nosso semelhante, tudo passará a ser mais fácil e o caminho nos trará felicidade e paz.
Esse tempo de aprendizagem, transformação e crescimento é a nossa travessia. Lembrando Fernando Pessoa, “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma de nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-lo, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.
Vivemos tempos estranhos. Quanto mais o homem evolui em ciência e tecnologia mais se materializa, mais se torna violento, mais se anestesia.
As relações se tornam descartáveis, o sexo se banaliza completamente. Na sua busca desenfreada de prazer, o homem se vê cada vez mais vazio e solitário.
Tantas vezes duas pessoas vivem juntas e não têm absolutamente nada a dizer uma à outra: parece que um abismo as separa. Por quê? Os sentimentos não expressos, as mágoas recalcadas, pequenos ressentimentos que foram se avolumando, a direção diferente que cada uma delas toma, tudo isso vai separando-as pouco a pouco.
Enquanto as nações guerreiam, conflitos e batalhas maiores se dão dentro de nós, quando a Bondade de nosso ser divino luta contra a selvageria de nosso ser profano e primitivo.
Só lutando contra os “monstros” que vivem dentro de nós e derrotando-os, poderemos deixar florescer a beleza do projeto divino que somos.
Mas, que monstros são esses? O monstro do egoísmo, da vaidade, do orgulho, do desamor, da mágoa, da inveja, da raiva. Se esses não morrerem, jamais o projeto divino poderá se cumprir.
Jesus afirmou: “Vós sois deuses”. O que ele quis dizer com isto? Que em todos nós existem características do Pai e que essas só poderão se desenvolver na dependência de vários fatores, dentre os quais o maior é a lei que ele nos deu: ”Amai o teu próximo como a ti mesmo”.


Maria Luiza Silveira Teles (presidente da Academia Montes-clarense de Letras)

O AMOR NOS TRAZ A CURA


Podemos ver muitos irmãos de jornada passando por sérias dificuldades físicas, como doenças aparentemente incuráveis, dores físicas e emocionais, e nos perguntamos o porquê de tudo isso.
Se pudermos observar veremos que a doença sempre começa no emocional de uma pessoa. Geralmente nasce da culpa, da falta do perdão, do orgulho, da vaidade, da inveja, do ciúme e de tantos outros defeitos mais. Raros são os casos em que a doença é provação para o espirito. Na maior parte dos casos, o doente foi o causador da doença, com pensamentos negativos, sentimentos que não são bons, falta de confiança e falta de fé em Deus.
Mas existe um meio de nos imunizarmos e de curarmos certas feridas, ou seja, usando do perdão e acima de tudo amando a tudo e a todos. Não podemos nos esquecer de que somos filhos de Deus e que todos somos irmãos. Temos que buscar viver da melhor maneira possível, sem rancor, sem mágoa, sem ressentimento, sem o ódio de que tantos de encontram possuídos.  Só o amor nos salvará, porque Deus é Amor. Somente esse sentimento tão grandioso é capaz de curar todos os males que afligem a humanidade, o Amor.  Ainda não conseguimos amar incondicionalmente como Jesus nos ama, como Deus nos ama, mas em meio a muita luta, chegará o dia em que o homem finalmente descobrirá que toda a felicidade que buscou por tantos séculos, sem êxito, sempre esteve dentro dele mesmo, ou seja, a semente do amor que Deus deixou dentro de cada um de nós.

do site Gotas de Paz

TUDO PASSA


 Todas as coisas, na Terra,
passam...
Os dias de dificuldades,
passarão...
Passarão também
os dias de amargura
e solidão...
As dores e as lágrimas
passarão.
As frustrações
que nos fazem chorar...
um dia passarão.
A saudade do ser querido
que está longe, passará.

Dias de tristeza...
Dias de felicidade...
São lições necessárias que,
na Terra, passam,
deixando no espírito imortal
as experiências acumuladas.

Se hoje, para nós,
é um desses dias
repletos de amargura,
paremos um instante.

Elevemos
o pensamento ao Alto,
e busquemos a voz suave
da Mãe amorosa
a nos dizer carinhosamente:
isso também passará...

E guardemos a certeza,
pelas próprias dificuldades
já superadas,
que não há mal
que dure para sempre.

O planeta Terra,
semelhante
a enorme embarcação,
às vezes parece
que vai soçobrar
diante das turbulências
de gigantescas ondas.

Mas isso também passará,
porque Jesus está
no leme dessa Nau,
e segue com o olhar sereno
de quem guarda a certeza
de que a agitação
faz parte do roteiro
evolutivo da humanidade,
e que um dia também passará...

Ele sabe que a Terra
chegará a porto seguro,
porque essa é a sua destinação.

Assim,
façamos a nossa parte
o melhor que pudermos,
sem esmorecimento,
e confiemos em Deus,
aproveitando cada segundo,
cada minuto que, por certo...
também passarão..."

" Tudo passa..........exceto DEUS!"
Deus é o suficiente!

Chico Xavier - Emmanuel
 

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO