BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 1 de agosto de 2017

"SINAIS QUE NORMALMENTE AS PESSOAS SENTEM ANTES DE MORRER."


Todo mundo já ouviu aquela velha frase clichê, “a única certeza que temos na vida é a morte’, e por mais repetitiva que ela seja, não podemos negar a sua óbvia razão. E é por isso também, que uma série de crenças e especulações são feitas sobre esse momento, afinal, o que exatamente podemos sentir quando a morte é iminente?
Um estudo realizado com 150 pessoas que passaram pela experiência de quase morte, tentou definir quais situações eram mais recorrentes, e nós aqui da Fatos, criamos uma listinha para vocês, mas vamos aproveitar que o assunto é esse, e também descobrir o que exatamente acontece com o nosso corpo quando entramos em estado de coma.  
Claro que estes sinais só valem para doentes terminais.  
1- Paz, serenidade e bem estar
Um estudo realizado pela Universidade do Arizona, EUA, que estudou cerca 150 pessoas que passaram pela experiência de EQM, conhecida popularmente como experiência de quase morte, registrou que apenas 3% dos indivíduos categorizavam a experiência como negativa, já o resto dos participantes, incluindo aqueles que alegavam possuir certo medo de “irem para o inferno” narraram que sentiram uma sensação de paz, serenidade e bem estar inigualável, sensação a qual, nunca mais sentiram em toda a sua vida.
2- Alucinações:
Uma média entre 6% e 23% dos indivíduos que passaram pela experiência de quase morte relataram ter vivido experiências místicas, que variavam entre: túneis que terminavam em luzes, encontros com seres igualmente luminosos e memórias de uma consciências descoladas do corpo físico. Pois bem, segundo os olhos da ciência, essas alucinações acontecem devido o estado de perturbação do cérebro, mas para muitas pessoas, inclusive as que vivenciaram a situação, a experiência é mística e espiritual.
3- Retrospectiva:
Provavelmente você já escutou por ai que um pouco antes de morrer é comum que algumas pessoas consigam “ver um espécie de filme” de suas próprias vidas, e de fato, algumas pessoas narraram ter passado por tal experiência, mas isso só tem chances de acontecer com pessoas que não estão morrendo de doenças que causam dor por exemplo, visto que nesse caso, o paciente é 100% dopado, e muitas das vezes falece sem nem mesmo se dar conta do que aconteceu. Além disso o conceito de “filme retrospectivo” é relativo, mas obviamente quando se está a beira da divida entre a vida e a morte, e você tem ciência disso, é natural mentalizar e pensar em seus familiares e momentos mais especial por exemplo.
4- Espontaneamente pedir perdão por equívocos do passado
Mais uma vez vale a pena ressaltar que esse tipo de sentimento pode acarretar pessoas que realmente passam pelo “processo da morte”, como aquelas que chegam a ficar um certo tempo internadas em hospitais ou sobre cuidados em casa, visto que elas estão cientes do que está próximo e pode ocorrer.
5- Sonhar com entes já falecidos:
Algumas pessoas que passaram pela experiência de quase morte relataram ter visualizado ou sonhado com entes que já se foram, para os médicos esses sonhos se enquadram dentro dos efeitos das alucinações, e ocorrem principalmente porque o individuo está abalado.
6- Frio
Por consequência da fragilidade do corpo, que já está bastante enfraquecido, pode ocorrer a sensação de frio, visto que o seu corpo já não possui energia o suficiente para te manter aquecido, e a temperatura natural interna tende a cair.
7- Perda drástica de apetite:
Semanas ou dias antes de falecer, é comum que as pessoas percam o apetite ou o interesse total por comida e bebidas, isso também ocorre pela fragilidade do corpo, e o próprio movimento de deglutição se torna desagradável, assim como a boca tende a ficar bastante seca.

Fonte: Fatos desconhecidos

SEJA UMA INSPIRAÇÃO


Quando tocamos em algo,  deixamos as nossas  impressões digitais.
Quando tocamos as vidas das pessoas, deixamos nossa identidade.
A vida é boa quando você está feliz, mas a vida é muito melhor quando os outros estão felizes por causa de você.
Seja fiel ao tocar os corações dos outros, seja uma inspiração.
Nada é mais importante e digno de  praticar do que ser um canal das bênçãos de Deus.


do site Gotas de Paz

“VOCÊ ALGUMA VEZ JÁ SONHOU E FICOU TRISTE POR TER ACORDADO? É POSSIVEL QUE VOCÊ ESTIVESSE JUNTO AOS SEUS ESPÍRITOS QUERIDOS!”


Enquanto você dormia, à noite passada, é possível que você estivesse matando a saudade de antigos amores fraternos. De vez em quando somos chamados junto aos nossos espíritos queridos.
Você alguma vez já sonhou e ficou triste por ter acordado? Queria ficar dormindo, sonhando, vivendo o que estava vivendo, sentindo o que estava sentindo?
Durante as horas de sono, enquanto o corpo físico repousa, nós ficamos relativamente livres, temporariamente libertos do peso da matéria. O que cada um de nós faz nessas horas? Depende da vontade, do que se passa em nosso íntimo, depende do nosso grau de adiantamento moral, da nossa força mental, depende de uma série de fatores que pouca gente conhece. Isso é estudado profundamente na Projeciologia, do Waldo Vieira.
Mas há ocasiões em que vamos para lugares muito melhores do que os lugares em que vivemos hoje. Fazemos coisas mais agradáveis do que as coisas que costumamos fazer e, o mais importante, convivemos com pessoas de quem sentimos muita falta.
Por mais que você ame quem está ao seu lado, sua família, seus parentes e amigos, nós vivemos em pleno laboratório de pesquisas. A matéria é mais ou menos isso, um laboratório onde testamos nossos conhecimentos e experiências adquiridos através de incontáveis reencarnações e durante os intervalos entre uma reencarnação e outra.
E na turbulência do dia-a-dia, no mundo competitivo e agitado, é raro termos tempo e oportunidade para simplesmente viver. Temos inúmeras responsabilidades aqui. E nem sempre estamos bem certos do que fazemos. Quando reencarnamos, não trazemos um roteiro que possa ser consultado a qualquer hora. É tudo intuitivo…
Quando estamos temporariamente livres da matéria por ocasião do sono, temos a oportunidade de conviver com pessoas a quem muito amamos e que muito nos amam. Cada um de nós tem sua parentela espiritual. Cada um de nós tem laços de amor e amizade com espíritos muito superiores a nós, que zelam por nossa passagem pela matéria. São esses espíritos que muitas vezes nos socorrem em momentos de maior dificuldade, nos incutindo ideias de bom ânimo, de esperança e de certeza de que no final tudo dá certo.
Enquanto o corpo físico está atirado sobre a cama, você pode estar matando a saudade de antigos amores fraternos, ouvindo bons conselhos, assistindo palestras, participando de cursos, relembrando experiências agradáveis de outras vidas como forma de recobrar forças e ânimo pra continuar a tarefa.
Então, quando você acorda, não sabe onde estava, com quem estava ou o quê estava fazendo. Mas sabe que estava num lugar extremamente agradável e calmo, com pessoas amadas, boas e pacíficas, fazendo algo de útil e instrutivo. Você desperta com a convicção de que esteve num lugar que você conhece, esteve com pessoas muito íntimas, e estava tratando de assuntos que você conhece muito bem, você sabe perfeitamente do que se trata, embora seu cérebro físico não tenha essa lembrança.
Quando você acorda e percebe que era um sonho, que a sua realidade é outra, talvez a sua primeira impressão seja de decepção. Você gostaria de ficar por lá, você preferiria que a sua realidade fosse aquela e não esta. Mas logo você se conforma, você sabe, intuitivamente, que voltar pra lá é uma questão de tempo. De tempo e de merecimento.
A sua realidade, hoje, agora, é aqui. Você tem uma enorme responsabilidade aqui. A sua responsabilidade não se restringe às pessoas que você conhece. A sua família não é composta só pelas pessoas que estão encarnadas aqui, com você. Há espíritos desencarnados que fazem parte do seu grupo, que estão inseridos no contexto da sua experiência terrena.
O processo reencarnatório passa por um grande e complexo planejamento, que nós estamos longe de apreender. Mas é muito provável que alguns espíritos contam com você, esperam que você faça o que foi planejado, dependem de você, até certo ponto, para poderem colocar em prática o que foi planejado para eles. Tudo está interligado.
Por isso, de vez em quando, somos chamados junto aos nossos espíritos queridos. Para relembrar o planejamento, para retificar pontos que fugiram do controle, para modificar estratégias. A sensação que guardamos conosco, as lembranças vagas que ficam, quando despertamos, nos afiançam de que vale a pena se esforçar, vale a pena cumprir com a nossa parte.

Autor: Morel Felipe Wilkon
Fonte: http://www.espiritoimortal.com.br

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO