BOAS VINDAS

Seja bem vindo! Espero que aqui encontre alento, beleza, amor e paz! E que possa espalhar isto para o mundo, que vive tão sedento de tudo isto.



Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 3 de fevereiro de 2018

PRECE SE EU OFENDER OU MAGOAR


Senhor

Se eu magoar, ofender com minhas palavras,
Ensina-me o valor do silêncio.
Se eu mentir, enganar, lembra-me de que tudo o Senhor vê e sabe.
Se eu cobiçar, invejar, que essa inveja se transforme em perseverança para que eu alcance meus próprios méritos.
Se eu desejar o mal,
Lembra-me, que o mesmo, a mim retornará.
Se houver sofrimento hoje,
Que ele se torne o aprendizado de amanhã.
E se eu desanimar, e pensar em desistir,
Lembra-me, de que estamos longe de sermos perfeitos, e que mesmo assim,
O Senhor nos ama e jamais nos abandona

Amém.


Sol Vessoni

"A ESCOLHA COM QUEM SE REENCARNAR."



"'Antes de encarnar, todos nós obrigatoriamente escolhemos nossos pais e irmãos? Ou podemos nascer em uma família com integrantes com os quais nunca convivemos, em vida alguma?'-

A reencarnação é um processo complexo. Suas variáveis decorrem do nível espiritual de cada um, levando em conta as necessidades de aprendizagem não só do espírito que volta, mas também das pessoas com as quais ele irá conviver nesse período. Quando o espírito possui mais conhecimento, pode ajudar a programar sua próxima encarnação – mas sempre com a  supervisão dos espíritos superiores.
Algumas vezes, ele pretende desenvolver algum lado seu que esteja dificultando seu progresso. Então, lhe é facultado reencarnar no meio de pessoas comas quais nunca tenha se relacionado antes, a fim de trocar conhecimento. Ao reencarnar, o espírito sabe que esquecerá do passado e sente-se inseguro com isso. Natural que queira ter, como pais, pessoas amigas de outras vidas, figuras nas quais confia. Mas é bom saber que isso só será possível se elas aceitarem a responsabilidade e se essa união favorecer o processo.
Reencarnar com pessoas com as quais o espírito tem afinidade é sempre muito bom, pois permite que, juntos, eles possam apoiar-se mutuamente e progredir. Tal oportunidade não é concedida a espírito que tenha prejudicado pessoas ou criado inimizades em outras vidas. Em casos assim, a reencarnação é compulsória e quase sempre ele terá de conviver na mesma família, exatamente em meio às pessoas com as quais se desentendeu.
É uma chance que a vida oferece para que ele conheça um pouco melhor seus desafetos e modifique sua maneira de se relacionar com eles. Então, os laços de parentesco servem, a princípio, para suavizar o confronto. A mesma oportunidade é dada aos espíritos que, apesar de terem feito muitos inimigos no passado, se arrependem.
Sentem remorso e necessidade de reparar seus erros. Aí, recebem a chance de programar, com o auxílio dos mentores, a reencarnação junto dos seus inimigos. Portanto, há, ainda no astral, um trabalho de aproximação entre eles, feito pelos por espíritos superiores, para que se entendam e concordem em se relacionar de novo na Terra.
Às vezes, leva muito tempo para que eles aceitem e estejam prontos para essa nova encarnação. E, ainda assim, quando tudo está bem entre eles, podem surgir dificuldades práticas na concretização do projeto.
Em certos casos, a rejeição energética da futura mãe é tão grande que acaba se tornando uma gravidez de risco, que não chega a bom termo, sendo necessárias várias tentativas. Nesse caso, atuam também as energias do espírito reencarnante que, embora queira aproximar-se daquelas pessoas, reage instintivamente ao contato energético, que se torna insuportável para ele.
Pode acontecer que as pessoas com as quais o espírito se desentendeu no passado já a tenham perdoado - e aí elas estão livres, podendo seguir adiante sem precisar recebê-lo na família. Numa situação assim, pode reencarnar em meio a desconhecidos que precisem de ajuda. Ao ajudá-las, ele irá se libertar do remorso.
Quando o espírito progride, a noção da própria maldade lhe faz mal. Só poderá seguir adiante se conseguir livrar-se dela. Pois ninguém é vítima. Todos somos responsáveis pelas nossas escolhas. O respeito às leis cósmicas é fundamental para que nosso espírito prossiga na conquista do bem. Agir com inteligência é evitar sofrimento.

Por: "Zibia Gasparetto."

PENSAMENTO DE HOJE

Quando eu sou capaz de abrandar e "tocar o momento", como diz Thay, eu simplesmente me sinto melhor, mais leve e mais viva. Percebo o que está acontecendo ao meu redor. Eu vejo as ameixeiras. Sinto o cheiro da relva molhada. Sinto rajadas de ar frio no meu rosto. É estranho pensar que a maior parte do tempo eu realmente não vejo, cheiro, ouço ou sinto as coisas ao meu redor, e não como eu faço aqui. E talvez isso seja parte da vida em uma cidade grande. Talvez a gente não queira admitir que vivemos em ruas de cimento com fios elétricos sobre nossas cabeças. Talvez por isso tenhamos a sensação de entorpecimento nos dirigir.

Mary Patterson (do livro "The monks and me" relatando a experiência dela em um retiro de 40 dias em Plum Village)

A VONTADE DO PAI


Quando fazemos o Pai Nosso nos dirigimos a Deus humildemente e direcionamos nossa oração com fé e fervor e nesta oração falamos ao Pai “Que Seja Feita a Tua Vontade”, falamos para Deus que a sua vontade prevaleça confiamos isso a Ele, mas num primeiro momento de dificuldade muitas vezes questionamos o Pai e até duvidamos de sua força, lembremos que a vontade do Pai muitas vezes não é a nossa vontade e o que achamos ser o 
melhor para nós muitas vezes não é. Deus em sua infinita misericórdia e bondade sabe de nossas necessidades, sabe de nossas virtudes, mas também sabe melhor que ninguém de nossas imperfeições e o que devemos passar para nos melhorarmos e nos tornarmos criaturas melhores. Tudo está correto e em seu devido lugar, porque bem sabemos que tudo que fazemos tem consequências e todas as nossas ações vão ter reações, este é o grande mistério, quando nos propormos a mudanças positivas e a boas ações podemos perceber que as energias do bem nos acolhe e nos 
encaminha para o melhor, mas não é porque estamos mudando que não vamos ter dificuldades, as dificuldades são aprendizado e crescimento do espirito, afinal é para crescer e evoluir que estamos todos reunidos como irmãos numa grande família universal, todos filhos de um mesmo Pai. É assim que Ele nos cria, com alegrias, tristezas, conquistas e derrotas cabe a nós a escolha de seguir a sua vontade,  tenhamos certeza de que Deus nosso Pai Maior sabe do que precisamos. Pensemos Nisso!

do site gotas de Paz

ALGUMAS DE MINHAS OBRAS

MEU MAIS NOVO LIVRO

MEU MAIS NOVO LIVRO